Bromazepam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bromazepam
Alerta sobre risco à saúde
Bromazepam.svg Bromazepam-from-xtal-3D-balls.png
Lexotan.jpg
Nome IUPAC 9-bromo-6-pyridin-2-yl- 2,5-diazabicyclo [5.4.0]undeca- 5,8,10,12-tetraen- 3-one
Identificadores
Número CAS 1812-30-2
PubChem 2441
DrugBank DB01558
ChemSpider 2347
Código ATC N05BA08
SMILES
DCB n° 01366
Primeiro nome comercial ou de referência Lexotan(2,5 mg/mL, 3,0 mg, 6,0 mg)
Propriedades
Fórmula química C14H10BrN3O
Massa molar 316.15 g mol-1
Farmacologia
Biodisponibilidade 84%
Via(s) de administração oral
Metabolismo hepático
Meia-vida biológica 12 a 20 h
Excreção renal
Classificação legal

B1 - Substância psicotrópica (Sujeita a Notificação de Receita B) (BR)



Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Bromazepam é substância química de classe benzodiazepínica, com propriedades específicas que o indicam como medicamento ansiolítico, hipnótico, relaxante neuro-músculo-esquelético e sedativo.[1]

Indicações[editar | editar código-fonte]

Reações adversas[editar | editar código-fonte]

  • Alterações cardioventriculares
  • Alteração da audição
  • Flatulência excessiva
  • Alucinações visuais e táteis
  • Descoordenação erétil
  • Confusão
  • Diarreia
  • Náuseas e/ou vómitos
  • Sonolência

Drogadição[editar | editar código-fonte]

O seu uso prolongado pode vir a causar drogadição (dependência), bem como superveniente síndrome de abstinência na eventual descontinuação abrupta. Medicamentos fitoterápicos de suporte, tais como dimetileptalamidaoxidase costumam ser prescritos com sucesso, nessa fase de descontinuação.

Contra indicações e precauções[editar | editar código-fonte]

Interações[editar | editar código-fonte]

Deve ser evitado o uso concomitante de álcool e medicamentos depressores do Sistema Nervoso Central.


Farmacocinética[editar | editar código-fonte]

  • Idêntica à dos benziodiazepinicos alprazolam,diazepam,(etc)

Excreção[editar | editar código-fonte]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Nomes comerciais[editar | editar código-fonte]

NOME DO  MEDICAMENTO PAÍSES ONDE É COMERCIALIZADO
Akamon Hong Kong, Malásia
Anconevron Grécia
Angular Argentina
Anxyrex França
Atemperator Argentina
Benedorm Argentina
Brazepam África do Sul
Bromalex Portugal
Bromam Dinamarca
Bromatanil Argentina
Bromaz Alemanha
Bromazanil Alemanha
Bromaze África do Sul
Bromazepan Brasil
Bromazep Alemanha
Bromidem Bélgica
Bromoxon Brasil
Bropamil México
Brozepax Brasil
Compendium Itália
Creosedin Argentina
Deptran Brasil
durazanil Alemanha
Equisedin Argentina
Estomina Argentina
Evagelin Grécia
Finaten Argentina
Fluxtar SR Brasil
Gityl Alemanha
Lectopam Canadá
Lenitin Israel
Lexatin Espanha
Lexilium Hong Kong
Lexomil França
Lexostad Alemanha
Lexotan África do Sul, Austrália, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Hong Kong, Irlanda, Itália, México, Portugal, Singapura, Tailândia
Lexotanil Alemanha, Argentina, Áustria, Chile, Grécia, Países Baixos, Suíça
Libronil-R Grécia
Molival Argentina
Nervium Brasil
Neurilan Brasil
Neurozepam Argentina
Normoc Alemanha
Notorium Grécia
Novazepam Brasil
Nulastres Argentina
Octanyl Argentina
Pascalium Grécia
Relaxil Brasil
Sedatus Argentina
Sipcar Argentina
Somalium Brasil
Totasedan Chile
Tritopan Argentina
Ultramidol Portugal
Uni Bromazepax Brasil
Quietiline França

Referências

  1. www.infarmed.pt http://www.infarmed.pt/prontuario/framenavegaarvore.php?id=49  Em falta ou vazio |título= (ajuda)

Ver também[editar | editar código-fonte]