Dança do cavalo-marinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A dança do cavalo-marinho é uma denominação atribuída ao folguedo popular que se caracteriza como teatro, incluindo música, dança e poesia, representando por 73 personagens. Sua apresentação pode durar até 8 horas. Sendo executado por instrumentos como rabeca, pandeiro, reco-reco e ganzá. A encenação é executada em uma roda, tradicionalmente composta por homens. Atualmente as mulheres também participam da brincadeira cavalo-marinho através da dança, de vestimentas coloridas, com gestos e cacoetes, sem a utilização de métodos convencionais da gramática.

Esse folguedo utiliza apenas do próprio trabalho corporal, emite mensagens que possibilitam interpretações diversas das representações do cotidiano dos integrantes do grupo. A dança do cavalo-marinho geralmente é passada de pai para filho e como se fosse uma herança de família. Onde os filhos aprendem com os pais observando como eles fazem, durante o cotidiano. E de fato que os brincantes do cavalo-marinho, desde de criança tem contado com a cultura da sua cidade ou bairro, como o coco-de-roda, maracatu, ciranda, desenvolvendo em si, o seu próprio estilo de dançar o folguedo.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Dança é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.