Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Encanto (Rio Grande do Norte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o município potiguar. Para outros significados, veja Encanto.
Município de Encanto
A cidade vista parcialmente do mirante do Santuário de São Batista.

A cidade vista parcialmente do mirante do Santuário de São Batista.
Bandeira de Encanto
Brasão de Encanto
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 20 de março de 1963 (53 anos)
Gentílico encantense
Padroeiro(a) São Sebastião
Prefeito(a) Alberone Néri de Oliveira Lima (DEM)
(2013–2016)
Localização
Localização de Encanto
Localização de Encanto no Rio Grande do Norte
Encanto está localizado em: Brasil
Encanto
Localização de Encanto no Brasil
06° 06' 39" S 38° 18' 21" O06° 06' 39" S 38° 18' 21" O
Unidade federativa  Rio Grande do Norte
Mesorregião Oeste Potiguar IBGE/2008[1]
Microrregião Serra de São Miguel IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Ererê/CE (a norte); Água Nova, Rafael Fernandes (a sul); Pau dos Ferros (a leste); Doutor Severiano, São Miguel e Coronel João Pessoa (a oeste).
Distância até a capital 403 km
Características geográficas
Área 125,749 km² (RN: 128º)[2]
População 5 593 hab. (RN: 110º) –  IBGE/2015[3]
Densidade 44,48 hab./km²
Altitude 212 m (RN: 52º) - Embrapa 2000[4]
Clima Semiárido Bsh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,629 (RN: 40º) – médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 21 985 mil IBGE/2012[6]
PIB per capita R$ 5 869,13 IBGE/2012[6]
Página oficial
Prefeitura www.encanto.rn.gov.br

Encanto é um município brasileiro no interior do estado do Rio Grande do Norte. Pertencente à Microrregião da Serra de São Miguel e Mesorregião do Oeste Potiguar, localiza-se a oeste da capital do estado, distando desta 403 quilômetros. Ocupa uma área de aproximadamente 126 km², e sua população no censo de 2010 era de 5 231 habitantes, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sendo então o 112º mais populoso do estado, com uma densidade demográfica de 42 hab./km².

Antes de ser elevado à categoria de município, era um distrito pertencente ao município de Pau dos Ferros, com o nome de Joaquim Correia. Somente em março de 1963 esse distrito foi emancipado, tornando-se novo município do estado do Rio Grande do Norte com o nome de Encanto. Atualmente, Encanto é formado apenas pelo distrito sede e abriga o Santuário São João Batista, uma das maiores obras de engenharia civil do Rio Grande do Norte.

História[editar | editar código-fonte]

No século XVII, começou a ocorrer a criação de gado e o desenvolvimento da agropecuária em uma pequena propriedade pertencente a Manoel Negrão. A agropecuária teria se desenvolvido devido à fertilidade dos solos daquela região. Em 1877, assim como ocorreu no Brasil, aquele local foi atingido pela chamada "Grande Seca de 1877-78", que causou mais de um milhão de mortes, além de uma grande epidemia de cólera.[7][8]

Em meados do século XIX, foi construída uma pequena capela em devoção à São Sebastião, em um terreno com área de aproximadamente 980 m², doado pelos senhores José Miguel da Silva, João Antonio da Silva e outras famílias que o habitavam. No início do século XX (1905), foi sendo construída, ao lado pequena capela, uma capela maior, pelo senhor Joaquim Jerônimo da Silva, sob licença do Tertuliano Fernandes, vigário da paróquia de Pau dos Ferros. Com a passar, a nova capela passou por algumas reformas, com a construção de uma das torres em 1921, o altar e as arcadas maiores em 1938 e a sacristia em 1949.[8]

O progresso do povoado, na época pertencente ao município de Pau dos Ferros, desde a construção da capela, ocorreu de forma lenta. Segundo o historiador Alberto Mendes de Freitas, na década de 1950, a população do local era de apenas 273 moradores, que habitavam 71 residências, sendo 46 de alvenaria e 25 de taipa. Em 21 de dezembro de 1953, a lei estadual n° 55 elevou o povoado à categoria de distrito, subordinado a Pau dos Ferros.[7]

Finalmente, em 20 de março de 1963, a lei estadual n° 2833 altera o distrito de "Joaquim Correia" para "Encanto" e, ao mesmo tempo, desmembra aquele distrito do município de Pau dos Ferros e o torna novo município do estado do Rio Grande do Norte. Uma das versões sobre o nome "Encanto" faz referência a um tipo de formação de rochosa, o "Pico do Encanto", que cerca o município.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Mapa político de Encanto com os limites municipais.

O município do Encanto está localizado no Alto Oeste do estado do Rio Grande do Norte, na Mesorregião do Oeste Potiguar e Microrregião da Serra de São Miguel,[1] distante 403 km (quilômetros) de Natal, capital estadual,[9] e 1 929 km de Brasília, capital federal.[10] Com uma área de 125,749 km²,[2] limita-se com os municípios de Ererê (no estado de Ceará) a norte, Água Nova e Rafael Fernandes a sul, Pau dos Ferros a leste, São Miguel e Doutor Severiano a oeste.[11]

O relevo do município, com altitudes entre 200 e 400 metros, é constituído pelo Planalto da Borborema, que compreende terrenos rochosos antigos formados durante o período Pré-Cambriano, com as serras do Cantinho, do Castelo, Croata e das Melancias. Encanto se situa em uma área de abrangência das rochas metamórficas que compõem o embasamento cristalino, com idades entre 1 bilhão e 2,5 bilhões de anos, oriundas da idade Pré-Cambriana média. Geomorfologicamente predominam formas tabulares de relevos, de topo plano, com diferentes ordens de grandeza e de aprofundamento de drenagem, separados geralmente por vales de fundo plano.[11]

O tipo de solo predominante é o podzólico, do tipo "vermelho amarelo equivalente eutrófico", que possui alta fertilidade, média textura, drenagem acentuada, relevo suave e ondulado ondulado, além dos luvissolos ou solos bruno não cálcicos e dos neossolos litólicos.[11][12] O município possui todo o seu território na bacia hidrográfica do Rio Apodi/Mossoró, sendo cortado pelos riachos do Cabelo, Carnaúba, do Castelo, Encanto e Sanharão. O principal reservatório é o Açude Encanto/São Gonçalo, com capacidade para 5 625 000 metros cúbicos de água (m³).[11]

Açude São Gonçalo, reservatório que abastece a zona urbana.

A cobertura vegetal é formada pela caatinga hiperxerófila, típica do Sertão nordestino, sem folhas na estação seca e com a abundância de cactáceas. Entre as espécies encontradas estão o facheiro (Pilosocereus pachycladus), o faveleiro (Cnidoscolus quercifolius), a jurema-preta (Mimosa hostilis), o marmeleiro (Cydonia oblonga), o mufumbo (Combretum leprosum) e o xique-xique (Pilosocereus polygonus).[11]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima do Encanto é caracterizado como semiárido quente (do tipo Bsh na classificação climática de Köppen-Geiger),[11][13] com temperatura média anual de 26,7 °C e precipitação média de 866 milímetros (mm) anuais, concentrados entre os meses de fevereiro e maio, sendo março o mês de maior precipitação (236 mm).[14] O tempo médio de insolação é de aproximadamente 2 700 horas anuais, com umidade relativa do ar de 66%.[11]

Segundo dados da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte, desde 2005 o maior acumulado de precipitação em 24 horas registrado no município, pela prefeitura, foi de 120,1 mm em 23 de janeiro de 2009.[15] Outros grandes acumulados foram 110 mm em 10 de maio de 2013,[16] 100,5 mm em 14 de fevereiro de 2007[17] e 100,2 mm em 19 de janeiro de 2010.[18] Os maiores acumulados mensais, registrados no mesmo período, foram de 504,6 mm em março de 2008[19] e 432,2 mm em abril de 2009.[20]

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Encanto Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 32,8 31,8 30,8 30,4 30,2 30,4 30,8 31,9 32,9 33,5 33,5 33,4 31,9
Temperatura média (°C) 27,6 27 26,4 26,2 25,8 25,6 25,6 26,2 27 27,6 27,8 27,9 26,7
Temperatura mínima média (°C) 22,4 22,3 22,1 22 21,5 20,8 20,4 20,5 21,2 21,7 22,1 22,5 21,6
Precipitação (mm) 73 125 236 204 114 42 25 6 5 5 7 24 866
Fonte: Climate Data[14]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Crescimento populacional
Censo Pop.
1970 3 433
1980 4 178 21,7%
1991 4 720 13,0%
2000 4 798 1,7%
2010 5 231 9,0%
Est. 2015 5 593 [3] 16,6%
Censos demográficos do
IBGE (1970-2010)[21][22]

A população do Encanto no censo demográfico de 2010 era de 5 231 habitantes, sendo o 112º município em população do Rio Grande do Norte, apresentando uma densidade populacional de 41,6 km².[22] Desse total, 3 101 habitantes viviam na zona rural (59,28%) e 2 130 na zona urbana (40,72%). Ao mesmo tempo, 2 666 eram do sexo feminino (50,97%) e 2 565 do sexo masculino (49,03%), tendo uma razão de sexo de 96,21.[23][24] Quanto à faixa etária, 3 382 tinham entre 15 e 64 anos (64,65%), 1 335 menos de 15 anos (25,52%) e 514 acima de 65 anos (9,83%).[25] Ainda segundo o mesmo censo, a população era formada por 2 691 brancos (51,44%), 2 421 pardos (46,29%), 95 pretos (1,82%) e 24 amarelos (0,45%).[26]

Levando-se em conta a nacionalidade da população, todos os habitantes eram brasileiros natos.[27] Em relação à região de nascimento, 5 114 eram nascidos na Região Nordeste (97,76%), 84 no Sudeste (1,61%), 22 no Centro-Oeste (0,43%), sete no Norte (0,13%) e quatro na Sul (0,07%). 4 682 habitantes eram naturais do Rio Grande do Norte (89,51%) e, desse total, 3 710 nascidos no Encanto (70,92%). Entre os naturais de outras unidades da federação, havia 325 cearenses (6,21%), 87 paraibanos (1,66%), 84 paulistas (1,61%), dezenove brasilienses (0,36%), dez baianos (0,19%), seis maranhenses (0,12%), quatro rondonianos (0,07%), quatro pernambucanos (0,07%), quatro paranaenses (0,07%), quatro goianos (0,07%) e três paraenses (0,06%).[28][29] Para 2015, a estimativa populacional é de 5 593 habitantes.[3]

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M) do município é considerado médio, de acordo com dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Segundo dados do relatório de 2010, divulgados em 2013, seu valor era de 0,629, sendo o quadragésimo maior do Rio Grande do Norte (PNUD) e o 3 501 ° do Brasil. Considerando-se apenas o índice de longevidade, seu valor é de 0,787, o valor do índice de renda é de 0,589 e o de educação de 0,536.[5] De 2000 a 2010, reduziu em 49% a proporção de pessoas com renda domiciliar per capita de até R$ 140, de 62,2% para 31,7%. Em 2010, 68,3% da população vivia acima da linha de pobreza, 17,8% entre as linhas de indigência e de pobreza e 13,9% abaixo da linha de indigência. No mesmo ano, o índice de Gini era 0,47 os 20% mais ricos eram responsáveis por 51% do rendimento total municipal, valor quinze vezes superior à dos 20% mais pobres, que era de apenas 3,4%.[25][30]

Religião[editar | editar código-fonte]

Igreja Matriz de São Sebastião, sede da paróquia do Encanto.

Conforme divisão oficial da Igreja Católica, o município está inserido na Diocese de Mossoró, Zonal Alto Oeste. A paróquia do Encanto, que também abrange o município de Doutor Severiano, tem como padroeiro São Sebastião e foi criada em 20 de janeiro de 2009, desmembrada das paróquias de Pau dos Ferros e São Miguel, tendo como sede a Igreja Matriz de São Sebastião.[31] No censo de 2010, o catolicismo romano era a religião da maioria da população, com 4 831 seguidores, ou 92,36% dos habitantes.[32]

Encanto também possui alguns credos protestantes ou reformados. Em 2010, 334 habitantes se declararam evangélicos (6,38%), sendo que 287 pertenciam às evangélicas de origem pentecostal (5,49%), 32 às de missão (0,6%) e 15 a evangélicas não determinadas (0,28%). Das igrejas evangélicas pentecostais, 211 pertenciam à Assembleia de Deus (4,03%), 42 à Congregação Cristã do Brasil (0,81%), dezoito à Igreja Universal do Reino de Deus (0,19%) e oito à Igreja Deus é Amor (0,15%), além de dezesseis em outras categorias (0,32%). Em relação às evangélicas de missão, 21 eram presbiterianos (0,4%) e onze batistas (0,21%).[32]

Além do catolicismo romano e do protestantismo, também existiam seis espíritas (0,11%) e três esotéricos (0,05%). Outros 55 não tinham religião (1,05%), entre os quais quatro ateus (0,07%), e três tinham religião indeterminada e múltiplo pertencimento (0,05%).[32]

Política[editar | editar código-fonte]

Prefeitura do Encanto, sede do poder executivo municipal.

O poder executivo do município do Encanto é exercido pelo prefeito, auxiliado pelo seu gabinete de secretários e eleito pelo voto direto para um mandato de quatro anos.[33] O atual chefe do executivo municipal é Alberone Néri de Oliveira Lima (DEM), eleito nas eleições municipais de 2008[34] e reeleito em 2012,[35] tendo como vice-prefeito Alex Adnauer (DEM).[36]

O poder legislativo é exercido pela Câmara Municipal, formada por nove vereadores eleitos para mandatos quadrienais.[33] Na atual legislatura, iniciada em 2013, a casa legislativa é constituída por cinco cadeiras do Democratas (DEM), duas do Partido Socialista Brasileiro (PSB), uma do Partido dos Trabalhadores (PT) e uma do Partido Progressista (PP).[37] Cabe à casa elaborar e votar leis fundamentais à administração e ao executivo, especialmente o orçamento municipal (conhecido como Lei de Diretrizes Orçamentárias).[33]

Existem também alguns conselhos municipais em atividade: Alimentação, Assistência Social, Direito da Criança e do Adolescente e Saúde.[11] Encanto se rege por sua lei orgânica, promulgada em 8 de abril de 1990,[11] e é um dos termos da Comarca de Pau dos Ferros, de terceira entrância, além de Água Nova, Francisco Dantas, Rafael Fernandes, Riacho de Santana e São Francisco do Oeste.[38][39] De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, o município possuía, em dezembro de 2014, 3 914 eleitores, o que representa 0,168% do eleitorado do Rio Grande do Norte.[40]

Economia[editar | editar código-fonte]

Em 2012, segundo o IBGE, o Produto Interno Bruto (PIB) do município de Encanto era de R$ 31 089 mil, dos quais 21 895 mil do setor terciário, R$ 3 362 mil do setor primário, R$ 2 928 mil de impostos sobre produtos líquidos de subsídios a preços correntes e R$ 2 904 mil do setor secundário. O PIB per capita era de R$ 5 869,13.[6]

Segundo o IBGE, em 2013 o município possuía um rebanho de 10 546 galináceos (frangos, galinhas, galos e pintinhos), 4 027 bovinos, 1 273 ovinos, 1 040 suínos, 402 caprinos e 118 equinos.[41] Na lavoura temporária de 2013 foram produzidos cana-de-açúcar (252 t), mandioca (43 t), batata-doce (14 t) e feijão (4 t) ,[42] e na lavoura permanente coco-da-baía (20 000 frutos), banana (88 t), manga (51 t) e goiaba (12 t).[43] Ainda no mesmo ano o município também produziu 586 mil litros de leite de 837 vacas ordenhadas; dezenove mil dúzias de ovos de galinha e 2 550 quilos de mel de abelha.[41]

Em 2010, considerando-se a população municipal com idade igual ou superior a dezoito anos, 58,3% eram economicamente ativas ocupadas, 31,4% economicamente inativa e 10,3% ativa desocupada. Ainda no mesmo ano, levando-se em conta a população ativa ocupada na mesma faixa etária, 43,94% trabalhavam no setor de serviços, 32,83% na agropecuária, 8,74% na construção civil, 5,94% no comércio, 4,91% em indústrias de transformação, 0,27% em indústrias de extração e 0,19% na utilidade pública.[25] Conforme a Estatística do Cadastral de Empresas de 2013, Encanto possuía 45 unidades (empresas) locais, todas atuantes e 666 trabalhadores, dos quais 350 do tipo "pessoal ocupado total" e 316 do tipo "ocupado assalariado". Salários juntamente com outras remunerações somavam 4 508 mil reais e o salário médio mensal de todo o município era de 1,5 salários mínimos.[44]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Escritório local e estação elevatória de tratamento de água da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN), empresa responsável pelo serviço de abastecimento de água do município.

Encanto possuía, em 2010, 1 481 domicílios, 861 na zona rural (58,14%) e 620 na zona rural (41,86%). Desse total, 1 071 eram próprios (72,32%), dos quais 1 052 quitados (71,03%) e dezenove em processo de aquisição (1,28%); 208 cedidos (14,04%), 48 por empregador (3,24%) e 160 de outra(s) maneira(s) (10,8%); 198 alugados (13,37%) e quatro ocupados de outra(s) condição(ões) (0,27%).[45]

O serviço de abastecimento de água é feito pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN).[46] Em 2010 1 081 domicílios eram abastecidos pela rede geral (72,99%); 231 através de poços (15,59%); 142 por meio de rio(s), açude(s), lago(s) ou igarapé(s) (9,59%) e oito pela água da chuva (0,54%), além de dezenove de outra(s) forma(s) (1,28%).[47] A empresa responsável pelo abastecimento de energia elétrica é a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (COSERN).[48] A voltagem da rede é de 220 volts.[49] Do total de domicílios, 1 474 tinham eletricidade (99,53%), sendo 1 472 da companhia distribuidora (99,39%) e apenas dois de outra(s) fonte(s) (0,14%).[50] O lixo era coletado em 975 domicílios (65,83%), 754 por serviço de limpeza (50,91%) e 221 por caçamba (14,92%).[51]

Rodovia estadual RN-177 na zona urbana do município.

O código de área (DDD) do Encanto é 084[52] e o Código de Endereçamento Postal (CEP) é 59905-000.[53] Desde 10 de novembro de 2008 o município é servido pela portabilidade, juntamente com outras cidades de DDDs 33 e 38, em Minas Gerais; 44, no Paraná; 49, em Santa Catarina; além de outros municípios com código 84, no Rio Grande do Norte.[54]

A frota municipal em 2014 era de 769 motocicletas, 234 automóveis, 76 motonetas, 53 caminhonetes, treze camionetas, treze caminhões, oito micro-ônibus, um caminhão trator e um em outra(s) categoria(s), totalizando 1 177 veículos.[55] O município é cortado pela RN-177, que liga Encanto a Pau dos Ferros, São Miguel e outras localidades próximas.[56]

Saúde[editar | editar código-fonte]

A rede de saúde do Encanto dispunha, em 2009, de três estabelecimentos, todos públicos e municipais e prestando atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS), com um total de 23 leitos para internação[57] entre os quais o Hospital Municipal Erika Emmanuelle Soares Arquileu, unidade mista de saúde, situada no bairro Novo Encanto, que possui serviços de atendimento ambulatorial, internação, SADT (Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia) e urgência, além de leitos nas especialidades de cirurgia geral, clínica geral, obstetrícia clínica e pediatria clínica.[58] Neste hospital, em 2014, foram registrados doze óbitos (sete em mulheres e cinco em homens), nove deles por doença, duas por tumor (neoplasia) e um na gravidez.[59]

Em 2010, a expectativa de vida ao nascer do município era de 72,21 anos, com um índice de longevidade de 0,787, e a taxa de mortalidade infantil era de 20,5 por mil nascidos vivos.[25] No mesmo ano, a rede profissional de saúde era constituída por 29 profissionais, sendo onze médicos, oito técnicos de enfermagem, seis auxiliares de enfermagem, quatro enfermeiros, dois cirurgiões-dentistas, um farmacêuticos e um assistente social.[60] Segundo dados do Ministério da Saúde, cinco casos de AIDS foram registrados em Encanto entre 1990 e 2012 e, entre 2001 e 2011, foram notificados 295 casos de dengue e três de leishmaniose.[61] Em 2012, 98,4% das crianças menores de um ano de idade estavam com a carteira de vacinação em dia[62] e, entre as crianças menores de dois anos pesadas pelo Programa Saúde da Família (PSF), 0,2% estavam desnutridas.[30] Encanto pertence à VI Unidade Regional de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (URSAP-RN), sediada em Pau dos Ferros.[63]

Educação[editar | editar código-fonte]

IDEB de Encanto[64]
Ano Anos
iniciais
Anos
finais
2005 2,6 2,6
2007 3,4 3,4
2009 3,4 2,4
2011 3,8 2,7
2013 4,7 3,1

O fator "educação" do IDH no município atingiu em 2010 a marca de 0,536,[25] ao passo que a taxa de alfabetização da população acima dos dez anos indicada pelo último censo demográfico do mesmo ano foi de 78,1% (83,3% para as mulheres e 72,6% para os homens).[65] Ainda em 2010, Encanto possuía uma expectativa de anos de estudos de 9,33 anos, valor abaixo da média estadual (9,54 anos).[25] A taxa de conclusão do ensino fundamental, entre jovens de 15 a 17 anos, era de 43,6%, enquanto o percentual de conclusão do ensino médio (18 a 24 anos) era de 43,3%. Em 2014, a distorção idade-série entre alunos do ensino fundamental, ou seja, com com idade superior à recomendada, era de 23,3% para os anos iniciais, 45% nos anos finais e 36% no ensino médio.[64]

No censo de 2010, da população total, 1 779 frequentavam creches ou escolas, sendo 1 644 na rede pública de ensino (92,43%) e 135 em redes particulares (7,57%). Desse total, 923 cursavam o regular do ensino fundamental (51,89%), 203 o regular do ensino médio (11,42%), 143 o ensino pré-escolar (8,06%), 112 a educação de jovens e adultos do ensino fundamental (6,31%), cem cursos superiores de graduação (5,6%), 87 a alfabetização de jovens e adultos (4,91%), cinquenta classes de alfabetização (2,83%), 41 a educação de jovens e adultos do ensino médio (2,3%) e quatro cursos de mestrado (0,21%).[66] Levando-se em conta o nível de instrução da população com idade superior a dez anos, 3 005 não possuíam instrução e fundamental incompleto (68,19%), 673 tinham ensino médio completo e superior incompleto (15,27%), 539 fundamental completo e médio incompleto (12,23%) e 190 superior completo (4,02%).[67] Em 2012 Encanto possuía uma rede de dezenove escolas de ensino fundamental (com 47 docentes), nove do pré-escolar (nove docentes) e quatro de ensino médio (nove docentes), com 1 247 alunos matriculados.[68]

Cultura[editar | editar código-fonte]

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura[69] é o órgão da prefeitura responsável pela educação e pela área cultural e esportiva do município de Encanto, que organiza atividades e projetos culturais, além do setor de educação.

Complexo de Lazer "Valdir Félix da Silva", onde estão situados a Praça de Eventos, o parque infantil e o complexo esportivo de mesmo nome.

Encanto realiza vários eventos durante o ano, entre os quais destaca-se a festa de São Sebastião, realizada anualmente entre os dias 10 e 20 de janeiro em comemoração ao padroeiro municipal, com novenas, missas e terminando com a procissão, atraindo turistas de diversos lugares;[70][71] a festa de emancipação política do município, no dia 20 de março;[70][72] e as festas juninas, no mês de junho, em diversas comunidades.[70] Também são realizados eventos com ênfase no setor esportivo, como a Copa Municipal de Futebol Minicampo,[73] a Jornada Municipal Encanto de Futsal[74] e a Copa Regional de Futsal.[75]

Os pontos turísticos do município são o Açude São Gonçalo, que abastece a população municipal e é cercado por restaurantes que servem pratos típicos regionais; o Complexo de Lazer "Valdir Félix da Silva", onde estão situados a Praça de Eventos (a segunda maior praça do Alto Oeste, inaugurada em 2015 com o show do padre Antônio Maria e projetada para receber os principais eventos culturais), o Complexo Esportivo Waldir Félix da Silva (que abriga diversos eventos esportivos) e o parque infantil; a Igreja Matriz de São Sebastião, que foi construída como capela no início do século XX e hoje abriga sede da paróquia; a Praça da Matriz, tida como a segunda praça de eventos do município; a Praça do Cruzeiro, cuja arte trata da história do Encanto; e o Santuário São João Batista, uma das maiores obras de engenharia civil do Rio Grande do Norte, localizado no serrote homônimo e formado pela capela de São João Batista e espaços de culturais e lazer, inaugurada em 20 de junho de 2015 com uma missa celebrada pelo bispo da diocese, Dom Mariano Manzana.[76][77]

No artesanato, as principais atividades são o barro e o bordado, além de materiais recicláveis.[78] Além de grupos de artesanato, o município também possui grupos de desenho e pintura, manifestação tradicional popular, música e teatro.[79]

Santuário de São João Batista, no topo do serrote homônimo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. a b «Área territorial oficial». Arquivado desde o original em 15 de setembro de 2015. Consultado em 15 de setembro de 2015. 
  3. a b c «ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NO BRASIL E UNIDADES DA FEDERAÇÃO COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2015» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 1º de julho de 2014. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  4. Embrapa Monitoramento por Satélite. «Rio Grande do Norte». Arquivado desde o original em 27 de fevereiro de 2011. Consultado em 18 de julho de 2011. 
  5. a b «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de agosto de 2013. 
  6. a b c «Rio Grande do Norte » Encanto » produto interno bruto dos municípios - 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2012. Arquivado desde o original em 25 de agosto de 2015. Consultado em 25 de agosto de 2015. 
  7. a b c «Histórico». IBGE. Arquivado desde o original (PDF) em 26 de janeiro de 2012. Consultado em 18 de julho de 2011. 
  8. a b «História religiosa». Portal Encanto. Arquivado desde o original em 26 de janeiro de 2012. Consultado em 18 de julho de 2011. 
  9. «Distância entre Natal e Encanto». Consultado em 15 de setembro de 2015. 
  10. «Distância entre Brasília e Encanto». Consultado em 15 de setembro de 2015. 
  11. a b c d e f g h i «ENCANTO». IDEMA/RN. 2008. Arquivado desde o original (PDF) em 9 de novembro de 2011. Consultado em 9 de novembro de 2011. 
  12. «Mapa Exploratório-Reconhecimento de solos do município de Encanto, RN». Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Arquivado desde o original (PDF) em 25 de fevereiro de 2015. Consultado em 25 de fevereiro de 2014. 
  13. «Municípios localizados no Semi-árido». Banco do Brasil. Consultado em 22 de junho de 2014. 
  14. a b «Clima: Encanto». Climate Data. Arquivado desde o original em 27 de março de 2014. Consultado em 26 de março de 2014. 
  15. «Posto: ENCANTO (PREFEITURA)». Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. 2009. Arquivado desde o original em 23 de fevereiro de 2014. Consultado em 23 de fevereiro de 2014. 
  16. «Posto: ENCANTO (PREFEITURA)». Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. 2013. Arquivado desde o original em 23 de fevereiro de 2014. Consultado em 23 de fevereiro de 2014. 
  17. «Posto: ENCANTO (PREFEITURA)». Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. 2007. Arquivado desde o original em 23 de fevereiro de 2014. Consultado em 23 de fevereiro de 2014. 
  18. «Posto: ENCANTO (PREFEITURA)». Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. 2010. Arquivado desde o original em 23 de fevereiro de 2014. Consultado em 23 de fevereiro de 2014. 
  19. «Análise de precipitação acumulada por mês - Ano: 2008». Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. 2008. Consultado em 23 de fevereiro de 2014. 
  20. «Análise de precipitação acumulada por mês - Ano: 2009». Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. 2009. Consultado em 23 de fevereiro de 2014. 
  21. Portal Encanto. «Demografia - População Total». Arquivado desde o original em 14 de janeiro de 2012. Consultado em 19 de julho de 2011. 
  22. a b «Tabela 2.1 - População residente, total, urbana total e urbana na sede municipal, em números absolutos e relativos, com indicação da área total e densidade demográfica, segundo as Unidades da Federação e os municípios – 2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  23. «Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo - Sinopse». 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  24. «Razão de sexo, população de homens e mulheres, segundo os municípios – 2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  25. a b c d e f «Encanto, RN». Atlas Brasil. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  26. «Tabela 2093 - População residente por cor ou raça, sexo, situação do domicílio e grupos de idade - Amostra - Características Gerais da População». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  27. «Tabela 1497 - População residente, por nacionalidade - Resultados Gerais da Amostra». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  28. «Tabela 631 - População residente, por sexo e lugar de nascimento». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  29. «Tabela 1505 - População residente, por naturalidade em relação ao município e à unidade da federação - Resultados Gerais da Amostra». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  30. a b «1 - acabar com a fome e a miséria». Portal ODM. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  31. «Decreto 01/2009». 20 de janeiro de 2009. Arquivado desde o original em 8 de julho de 2015. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  32. a b c «Tabela 2094 - População residente por cor ou raça e religião». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  33. a b c «Como funcionam os poderes». Consultado em 25 de fevereiro de 2015. 
  34. «Prefeito». Terra. 2008. Arquivado desde o original em 14 de janeiro de 2012. Consultado em 14 de janeiro de 2012. 
  35. «ALBERONE NERI - 25». Eleições UOL. 2012. Consultado em 24 de fevereiro de 2014. 
  36. «Alex Adnauer 25». Portal Eleições 2012. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  37. «Raio X das eleições 2012: vereadores». Consultado em 25 de fevereiro de 2015. 
  38. Wendell de Oliveira Costa (10 de maio de 2010). «Mapa do RN Dividido por Comarcas». Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Arquivado desde o original em 30 de outubro de 2011. Consultado em 30 de outubro de 2011. 
  39. Poder Judiciário do Rio Grande do Norte (TJRN). «Comarca: Pau dos Ferros». Arquivado desde o original em 27 de fevereiro de 2011. Consultado em 30 de outubro de 2011. 
  40. «Eleitorado WEB». TSE. Consultado em 30 de outubro de 2011. 
  41. a b «Rio Grande do Norte » Encanto » produção agrícola municipal - pecuária - 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2013. Arquivado desde o original em 25 de agosto de 2015. Consultado em 25 de agosto de 2015. 
  42. «Rio Grande do Norte » Encanto » produção agrícola municipal - lavoura temporária - 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2013. Arquivado desde o original em 25 de agosto de 2015. Consultado em 25 de agosto de 2015. 
  43. «Rio Grande do Norte » Encanto » produção agrícola municipal - lavoura permanente - 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2013. Arquivado desde o original em 25 de agosto de 2015. Consultado em 25 de agosto de 2015. 
  44. «Rio Grande do Norte » Encanto » estatísticas do cadastro central de empresas - 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2013. Arquivado desde o original em 25 de agosto de 2015. Consultado em 25 de agosto de 2015. 
  45. «Tabela 3219 - Domicílios particulares permanentes, por número de moradores, segundo a situação do domicílio, o tipo de domicílio, a condição de ocupação e a existência de banheiro ou sanitário e esgotamento sanitário». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  46. «Resumo dos Custos Totais de Poços Para Atender a Demanda Humana Concentrada no Ano 2020». Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Arquivado desde o original em 15 de agosto de 2011. Consultado em 26 de janeiro de 2012. 
  47. «Tabela 3217 - Domicílios particulares permanentes e Moradores em domicílios particulares permanentes, por situação do domicílio, segundo a forma de abastecimento de água, o destino do lixo e a existência de energia elétrica». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  48. «Quem somos». Arquivado desde o original em 9 de agosto de 2014. Consultado em 15 de outubro de 2011. 
  49. «Tensões Nominais». Agência Nacional de Energia Elétrica. Consultado em 15 de agosto de 2015. 
  50. «Tabela 1398 - Domicílios particulares permanentes e Moradores em domicílios particulares permanentes, cuja condição no domicílio não era pensionista, nem empregado(a) doméstico(a) ou seu parente, por classes de rendimento nominal mensal domiciliar, a situação do domicílio, a existência e número de banheiros de uso exclusivo do domicílio, a principal forma de abastecimento de água, o destino do lixo e a existência de energia elétrica». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  51. «Tabela 3341 - Domicílios particulares permanentes, total e com rendimento domiciliar, e valor do rendimento nominal médio e mediano mensal dos domicílios particulares permanentes, total e com rendimento domiciliar, segundo a situação do domicílio, o tipo de domicílio e o destino do lixo». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  52. Guiatel. «Rio Grande do Norte». Arquivado desde o original em 1° de março de 2011. Consultado em 19 de julho de 2011. 
  53. «Sobre Encanto». CityBrazil. Arquivado desde o original em 26 de janeiro de 2012. Consultado em 19 de julho de 2011. 
  54. «Portabilidade numérica chega a mais 8 milhões na 2ªf». Estadão. 7 de novembro de 2008. Arquivado desde o original em 1° de março de 2011. Consultado em 19 de julho de 2011. 
  55. «Rio Grande do Norte » Encanto » frota - 2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2014. Arquivado desde o original em 23 de agosto de 2015. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  56. «PROGRAMA DE TRABALHO PARA 2007 – 1ª alteração» (PDF). Ministério dos Transportes. Arquivado desde o original (PDF) em 10 de julho de 2015. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  57. «Serviços de saúde - 2009». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2009. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  58. «HOSPITAL MUNICIPAL ERIKA EMMANUELLE SOARES ARQUILEU». DATASUS. Arquivado desde o original em 8 de julho de 2015. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  59. «Rio Grande do Norte » Encanto » morbidades hospitalares - 2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2014. Arquivado desde o original em 15 de setembro de 2015. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  60. «Caderno de Informações de Saúde - Município: Encanto - RN». DATASUS. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  61. «6 - combater a AIDS, a malária e outras doenças». Portal ODM. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  62. «4 - reduzir a mortalidade infantil». Portal ODM. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  63. «Municípios - VI URSAP». Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária do Rio Grande do Norte (SUVISA/RN). Arquivado desde o original em 14 de março de 2014. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  64. a b «4 - oferecer educação básica de qualidade para todos». Portal ODM. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  65. «Tabela 1383 - Taxa de alfabetização das pessoas de 10 anos ou mais de idade por sexo». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  66. «Tabela 1972 - Pessoas que frequentavam creche ou escola por nível e rede de ensino». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  67. «Tabela 3540 - Pessoas de 10 anos ou mais de idade, por nível de instrução, segundo a situação do domicílio, o sexo, a cor ou raça e os grupos de idade». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  68. «Ensino - matrículas, docentes e rede escolar - 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2012. Arquivado desde o original em 8 de julho de 2015. Consultado em 8 de julho de 2015. 
  69. «Secretarias». Prefeitura do Encanto. Arquivado desde o original em 31 de maio de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  70. a b c «Festas e Eventos». Prefeitura do Encanto. Arquivado desde o original em 31 de maio de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  71. «Oh Mártir de Cristo meu Santo varão, livrai-nos da peste, São Sebastião». Portal Rafael Fernandes. 20 de janeiro de 2015. Arquivado desde o original em 13 de junho de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  72. «ALBERONE VAI ENTREGAR NOVAS OBRAS NESTA SEXTA FEIRA EM COMEMORAÇÃO AOS 52 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE ENCANTO». Prefeitura do Encanto. 16 de março de 2015. Arquivado desde o original em 13 de junho de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  73. «III COPA MINI CAMPO DE ENCANTO FOI ABERTA COM AMPLA PARTICIPAÇÃO POPULAR». Prefeitura do Encanto. 24 de novembro de 2014. Arquivado desde o original em 13 de junho de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  74. «Divulgada as tabelas da II Jornada Municipal Encanto de Futsal». Confederação Nacional de Municípios. 27 de maio de 2014. Arquivado desde o original em 13 de junho de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  75. «Começa dia 20 a IV Copa Regional de Futsal de Encanto». Confederação Nacional de Municípios. 4 de dezembro de 2013. Arquivado desde o original em 13 de junho de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  76. «Pontos Turísticos». Prefeitura do Encanto. Arquivado desde o original em 31 de maio de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  77. «PREFEITO, ALBERONE NERI, FAZ DISCURSO HISTÓRICO NA INAUGURAÇÃO DO SANTUÁRIO DE SÃO JOÃO BATISTA». Prefeitura do Encanto. 20 de junho de 2015. Arquivado desde o original em 22 de junho de 2015. Consultado em 22 de junho e 2015. 
  78. «6.4. Atividades artesanais». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2012. Arquivado desde o original em 13 de junho de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 
  79. «6.5. Grupos artísticos». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2012. Arquivado desde o original em 13 de junho de 2015. Consultado em 13 de junho de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Wikisource Textos originais no Wikisource
Commons Categoria no Commons