Jacó

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jacó (patriarca))
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Jacó (desambiguação).
Jacó
Jacó lutando com o anjo, por Doré, 1855 (Granger Collection, New York).
Nome hebraico ou grego יעקב
Pais Isaque e Rebeca
Filhos Descendência
Anos de vida 147 anos
Livros Gênesis
Portal Bíblia

Jacó ou Jacob (em hebraico: יעקב, transl. Yaʿaqov, em árabe: يعقوب, transl. Yaʿqūb), também conhecido como Israel (em hebraico: יִשְׂרָאֵל, transl. Yisraʾel; em árabe: اسرائيل, transl. Isrāʾīl), foi o terceiro patriarca da bíblia. Entretanto, arquelogistas não encontraram nenhuma evidência significativa da existência de Jacó.[1]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Jacó - no texto grego da Septuaginta, Ἰακώβ - é traduzido como "aquele que segura pelo calcanhar". Tomando como referência a mesma fonte, Israel - no grego, Ἰσραήλ - é traduzido como "aquele que lutou com Deus".

História[editar | editar código-fonte]

A partida de Jacó, pintura de Rodolfo Amoedo, 1884

Jacó era filho de Isaac (ou Isaque) e Rebeca, irmão gêmeo de Esaú e neto de Abraão. Sua história ocupa vinte e cinco capítulos do livro de Gênesis.[2]

Feita a profecia de Deus a Rebeca sobre as duas nações que nasceriam do seu ventre[3] é que nascem Esaú e Jacó. Seus descendentes seriam os edomitas e os israelitas, respectivamente. O último, com suas esposas Lea e Raquel, e suas duas concubinas, Bila e Zilpa, teria doze filhos - os futuros líderes das famosas Doze (12) Tribos de Israel: Rúben, Simeão, Levi, Judá, , Naftali, Gade, Aser, Issacar, Zebulom, José e Benjamim[nota 1] . Sua filha era Diná. José não entra na composição direta do futuro estado de Israel, mas sim os seus dois (02) filhos - Manasses e Efraim -, os quais seriam adotados por Jacó. Levi é outro filho de Jacó que não recebe herança na Terra Prometida, porque o Senhor é a sua herança.

Após se passar pelo irmão para obter a bênção do pai, Isaque (já em leito de morte), Jacó entra em pé de guerra com Esaú. Sua mãe aconselha-o a sair de casa, prometendo-o chamar de volta quando o irmão se acalmasse. Neste ponto a idade de Jacó é de 40 anos. Isso pode ser atestado pelo casamento de Esaú, aos 40 anos, com mulheres que trouxeram problemas para a família (Gênesis 26:34,35). Raquel usou esse argumento para Isaque abençoar a ida de Jacó para Padã-Arã. A de Isaque era de 100 anos. Jacó com idade de 40 anos sai da casa de seu pai e vai para Padã-Arã. (região da atual Siria) Lá casa-se com duas jovens, Léia e Raquel. Após trabalhar 14 anos pelas esposas e mais 6 anos pela familia, (Gênesis 31.41) Deus diz para retornar a sua Terra. (Gênesis 31.3) Ele parte com suas duas esposas, duas criadas, onze filhos e uma filha, seus criados e respectivos rebanhos[4] . Após fazer um pacto com Deus, que o ajudaria a voltar para a Terra Prometida são e salvo, já em viagem e rumando sul ao longo de uma rota que ficaria a leste do rio Jordão, a caravana chega ao Jaboque, um afluente do rio maior, e Jacó toma ciência de que o irmão estaria a caminho com um exército de 400 homens[5] . Ele resolve então mandar a família atravessar o rio para ali ficar em comunhão com Deus e passar a noite à margem norte do afluente. Diz o Gênesis: "Ficando ele só (...) lutava com ele um homem, até o romper do dia. Vendo a este que não podia com ele, tocou-lhe a articulação da coxa; deslocou-se a junta da coxa de Jacó, na luta com o homem. Disse este: 'não te deixarei ir, se não me abençoares'. Perguntou-lhe, pois: 'Como te chamas?'. Ele respondeu: 'Jacó'. Então disse: 'Já não te chamarás Jacó, e, sim, Israel: pois como príncipe lutaste com Deus e os homens, e prevaleceste'. Tornou Jacó: 'Dize, rogo-te, como te chamas?'. Respondeu ele: 'Por que perguntas pelo meu nome?'. E o abençoou ali." (Gênesis 32:24:9)

Jacó retorna a Terra de seus pais com 60 anos (40 anos na ida mais 20 em Padã-Arã) e ainda vê seu pai durante mais 60 anos, que morre com 180 anos de idade, 10 anos antes de Jacó ir para o Egipto encontrar seu filho José. (Gênesis 35.28. Jacó viveu 17 anos no Egipto (Gênesis 47.28) e morreu com 147 anos.

Notas

  1. Durante o Êxodo do Egito, a tribo de José foi dividida em duas, as tribos de Manassés e Efraim (os dois filhos de José com a sua esposa egipicia Azenate, que José elevou ao estado de tribos).

Referências

  1. «The Palace of King David (Or Not)» (em inglês). Slate. 15 de janeiro de 2008. Consultado em 22 de agosto de 2011. «Archaeologists have discovered no significant evidence for Noah's flood, Sodom and Gomorrah, Abraham, Isaac, or Jacob. They don't believe Jews were enslaved in Egypt, wandered in the desert, or conquered the Promised Land. Plenty of evidence has survived about later parts of the Hebrew Bible—the cut-rate monarchs and latecomer generals in the books of Kings—but the great Bible heroes remain stuck in the world of myth.)» 
  2. Seu nascimento é descrito em Gênesis 25:19 e sua morte em Gênesis 50:13.
  3. Gênesis 25:23.
  4. Gênesis 32:22.
  5. Gênesis 32:6.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jacó