Maracatu Nação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2014).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bloco de maracatu em Olinda. A calunga (boneca negra) vai na frente com a dama do paço.

O Maracatu Nação ou Maracatu de Baque Virado é uma manifestação folclórica afro-brasileira com origem no estado de Pernambuco.[1]

É formado por um conjunto musical percussivo que acompanha um cortejo real. Os grupos apresentam um espetáculo repleto de simbologias e marcado pela riqueza estética e pela musicalidade. O momento de maior destaque consiste na saída às ruas para desfiles e apresentações no período carnavalesco.[2]

Dentre os dois tipos de maracatu existentes — sendo o outro o Maracatu Rural —, o Maracatu Nação é o mais antigo.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O registro mais antigo que se tem sobre o Maracatu Nação data de 1711, mas o ano de sua origem é incerto. O que se sabe é que ele surgiu em Pernambuco e vem se transformando desde então.[1]

Cortejo[editar | editar código-fonte]

Maracatu Nação

Os cortejos de maracatu são uma tentativa de refletir as antigas cortes africanas, que ao serem conquistados e vendidos como escravos trouxeram suas raízes e mantiveram seus títulos de nobreza, para o Brasil.

O cortejo é composto por uma bandeira ou estandarte abrindo as alas. Logo atrás, segue a dama de paço[3][4], que carrega a mística calunga, representando todas as entidades espirituais do grupo.

Atrás dela, seguem as Yabás (popularmente chamadas de baianas) e, pouco depois, a corte e o rei e a rainha dos maracatus. Os títulos de rei e rainha são passados de forma hereditária. Essa ala representa a nobreza da Nação.

De cada lado seguem as escravas ou catirinas, normalmente jovens, que usam vestimentas de chitão.

Mantendo o ritmo do desfile, seguem os batuqueiros. Os instrumentos são diversos: alfaias, que são tambores, caixas ou taróis, ganzás e ABs, esses conduzidos por mulheres que vão à frente desse grupo e que fazem, do seu toque, um show" a parte.

Personagens[editar | editar código-fonte]

As personagens que compõem o cortejo são os seguintes:

  1. Porta-estandarte, que leva o estandarte; este contém, basicamente, o nome da agremiação, uma figura que o represente e o ano que foi criada.
  2. Dama do paço, mulher que leva, em uma das mãos, a calunga (boneca de madeira, ricamente vestida, que simboliza uma entidade ou rainha já morta).
  3. Rei e rainha, as figuras mais importantes do cortejo. É por sua coroação que tudo é feito.
  4. Vassalo, um escravo que leva o pálio (guarda-sol que protege os reis).
  5. Figuras da corte: príncipes, ministros, embaixadores etc.
  6. Damas da corte, senhoras ricas que não possuem título nobiliárquicos.
  7. Yabás, mais conhecidas como baianas, que são escravas.
  8. Batuqueiros, que animam o cortejo, tocando vários instrumentos, como caixas de guerra, alfaias (tambores), gonguê, xequerês, maracás etc.

Nações e Grupos de Pernambuco[editar | editar código-fonte]

Nações de Maracatu de Baque Virado[editar | editar código-fonte]

  • Nação do Maracatu de Baque Virado Cambinda African
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Almirante do Forte ( Fundado em 07/09/1931)
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Aurora Africana
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Axé da Lua
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Nação de Luanda
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Elefante [Fundado em 1800]
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Encanto da Alegria
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Encanto do Dendê
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Erê
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Estrela de Olinda
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Gato Preto
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Leão da Campina
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Leão de Judá
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Linda Flor
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Oxum Mirim
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Raízes de Pai Adão
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Sol Nascente
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Cambinda Estrela
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Engenho
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Encanto do Pina
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Estrela Brilhante de Igarassu [Fundado em 1824](Igarassu - PE)
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Estrela Brilhante do Recife [Fundado em 16/07/1906] (Recife - PE)
  • Maracatu Baque Virado Nação Salgueirense [Fundado em 10/01/2010] (Salgueiro-PE)
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Estrela Dalva
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Leão Coroado [Fundado em 1863]
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Porto Rico [Fundado em 1916]
  • Nação Matingueiros (único do sertão pernambucano - Petrolina)
  • Nação do Maracatu de Baque Virado Cambinda Velha
  • Maracatu de Baque Virado Nação Camaleão (Olinda-1990)
  • Maracatu Nação Maracambuco (Olinda-1993). Regido por iemanja calunga Isabel

Grupos de Percussão de Maracatu de Baque Virado[editar | editar código-fonte]

  • Baque de Bamba (Toronto -ON)
  • Baque dos Bugres (Caxias do Sul-RS)
  • Baque Forte (Recife - PE)
  • Baque Nambuco (Recife - PE)
  • Baque Opará (Petrolina - PE)
  • Batuque Estrelado
  • Batuque na Praça (Recife - PE)
  • Batuque Usina
  • Corpos Percussivos
  • Grupo Cultural Baque das Ondas(Recife-PE)
  • Grupo Folclórico Elizabete Freire(Sertânia- PE)
  • Grupo Paranambuca (Recife-Pe)
  • Grupo de Percussão Maracatu Quebra Baque
  • Grupo Yalu
  • Maracaatômico (Recife-PE)
  • Maracagrande Grupo de Percussão (Campina Grande-PB)
  • Maracatu A Cabralada
  • Maracatu Amantes da Mão
  • Maracatu Maria Das Dores (Recife-PE)
  • Maracatu Estrela na Mata (Juiz de fora - MG)
  • Maracatu Famiguê (Montes Claros- MG)
  • Maracatu Afrobatuque (Floresta-PE)
  • Maracatu Flor do Cajueiro
  • Maracatu Jundiaí
  • Maracatu MarAberto (Toronto -ON)
  • Maracatu Nação do Barro(Caruaru -PE)
  • Maracatu Nação Luar do Sertão (Custódia-PE)
  • Maracatu Nação Peixinhos
  • Maracatu Suburbaque (Mogi das cruzes- SP)
  • Maracatu Tambores Dumundo (Recife-PE)
  • Maracatu Vila Nova
  • Nação de Oxalá (Recife - PE)
  • Nação Mandú (Recife -PE)
  • Nação Pernambuco
  • Nação Zamberacatu (Natal - RN)
  • Tamaracá (Paris -FR)
  • Tambores Dumundo (Recife-Pe)
  • Toque da Foice
  • Toque na Rua (Recife - PE)
  • Traga a Vasilha(Recife -PE)
  • Várzea do Capibaribe
  • www.maracatucolonia.de (Colonia - Alemanha)

Grupos pelo Brasil[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «O maracatu». Nova Escola. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  2. «Maracatus e Cavalo-Marinho recebem título de Patrimônio Cultural Imaterial». G1. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  3. *Dama do paço
  4. *A boneca sagrada dos maracatus
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Maracatu Nação

Ligações externas[editar | editar código-fonte]