Mortal Kombat X

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mortal Kombat X
Produtora(s) NetherRealm Studios[nota 1]
Editora(s) Warner Bros. Interactive Entertainment
Diretor(es) Ed Boon[3]
Produtor(es) Hans Lo[4]
Adam Urbano[5]
Shaun Himmerick[6]
Designer(s) John Edwards[7]
Paulo Garcia[8]
Escritor(es) Brian Chard
Dominic Cianciolo
John Vogel
Jon Greenberg
Artista(s) Steve Beran[9]
Compositor(es) Dynamedion
Tilman Sillescu
Motor Unreal Engine 3[10]
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 4
Xbox One
Android
iOS
Série Mortal Kombat
Data(s) de lançamento iOS
7 de Abril de 2015[11]

Microsoft Windows, PlayStation 4 & Xbox One
14 de Abril de 2015[12]

Android
AS23 de Abril de 2015[13]
  • WW 4 de Maio de 2015[14]
Género(s) Luta
Modos de jogo Um jogador, multijogador
Classificação Inadequado para menores de 18 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
OFLC R 18 classification tag.svg i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 18 anos i PEGI (Europa)
Inadequado para menores de 18 anos i USK (Alemanha)

Mortal Kombat X[nota 2] é um videojogo de luta da série Mortal Kombat. Foi produzido pelo estúdio NetherRealm Studios e publicado pela Warner Bros. Home Entertainment. Realizado por Ed Boon, um dos criadores da série, é o décimo titulo principal da série, e serve como sequela para Mortal Kombat de 2011. Foi lançado a 14 de Abril de 2015 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One. Foi criada uma versão para os sistemas iOS e Android por uma equipa da NetherRealm Studios, lançadas a 7 de Abril de 2015 e 4 de Maio de 2015, respectivamente. Inicialmente também previsto para PlayStation 3 e Xbox 360. Em 28 de Agosto de 2015 a Warner Bros. anunciou o cancelamento de ambas as versões.

Mortal Kombat X‍ é um jogo de luta em que dois jogadores lutam um contra o outro, usando uma enorme variedade de ataques. Para além de incluir várias mecânicas usadas em capítulos anteriores, em Mortal Kombat X‍ cada lutador tem três ‘variações’, cada uma com o seu próprio estilo e lista de movimentos. Mortal Kombat X‍ tem vários modos, como o modo história que tem lugar vinte anos depois dos acontecimentos ocorridos no jogo anterior, numerosos modos online, e a 'Kripta', em que o jogador usa uma perspectiva na primeira pessoa e tem de explorar áreas para desbloquear várias recompensas.

De acordo com o site de pontuações agregadas Metacritic, todas as versões de Mortal Kombat X receberam análises "geralmente favoráveis". Os elogios foram sobretudo dirigidos aos aspectos visuais, às mecânicas e à jogabilidade, incluindo as novas variações de cada um dos personagens. Enquanto que a história teve uma recepção polarizada, o grande foco das criticas foi direccionado principalmente para com a adição das microtransações e do conteúdo adicional pago. Particularmente, a versão para Windows foi muito criticada devido aos vários problemas técnicos que prejudicam a experiência. Um sucesso comercial, foram vendidas mais de 5 milhões de cópias de Mortal Kombat X, com Boon a referir que o jogo foi "o maior lançamento da história da série". Ganhou diversos prémios de “Melhor Jogo de Luta”, incluindo os atribuídos pelo IGN, Game Informer, D.I.C.E. Awards e The Game Awards 2015.

Uma versão actualizada de Mortal Kombat X, a Mortal Kombat XL, foi lançada em março de 2016 para as consolas. Entre outras melhorias, a nova versão inclui todos os personagens extra dos dois Kombat Packs e grande parte dos fatos alternativos.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Cada lutador tem três variações, cada uma com os seus próprios movimentos. Aqui, Sub-Zero utiliza a ‘Cryomancer’ enquanto que Ferra/Torr está a utilizar a ‘Vicious’.
Jacqui Briggs vs Quan Chi. Mortal Kombat X tem os “movimentos Raio-X”, introduzidos em Mortal Kombat (2011).

Assim como nos jogos anteriores da série, Mortal Kombat X é um jogo eletrônico de combate/luta em que dois jogadores lutam um contra o outro (ou contra uma AI) numa variedade de ataques, movimentos especiais e finalizações que marcam a série. A “barra especial”, incluída pela primeira vez no título antecessor, permite de novo aos jogadores fazer várias técnicas, tais como: quebrar golpes, golpear com mais força e executar os ataques Raio-X.[17] Semelhantemente a Injustice: Gods Among Us, o jogo anterior da NetherRealm Studios, os lutadores podem interagir com o cenário, como por exemplo, usar partes do cenário como armas.[17][18][19] O jogo também introduz a “barra de resistência” ou "estâmina" usada pela última vez em Mortal Kombat 4. Localizada por baixo da "barra de vida", a barra está dividida em duas partes que são usadas quando o jogador faz certas ações (no entanto, nem todas as ações consomem uma parte por inteiro). Correr, que já foi usado também noutros jogos da série, ou interagir com o cenário, consome “resistência”. A barra volta a ser restabelecer quando o jogador não fizer nenhuma ação por alguns segundos.[20]

Mortal Kombat X inclui os "Brutalities", um movimento de finalização que não era usado desde Mortal Kombat Trilogy e nas versões SNES e Sega Genesis de Ultimate Mortal Kombat 3. Há mais de 100, e ao contrário dos jogos anteriores, os Brutalities não são executadas depois de uma longa sequência de botões, mas sim ativados em certas condições, como ganhar uma ronda com um lançamento ou não usar o bloqueio durante o combate.[21][22] Uma nova finalização faz a estreia neste jogo; o "Quitality", que mata instantaneamente o jogador se este desistir de um combate no modo online, explodindo sua cabeça.[23] Em adição, existe o novo Brutality de Cenário, similar ao Brutality, mas o oponente é morto usando partes do cenário.[24][25]

Em Mortal Kombat X cada um dos lutadores tem três variações, cada uma com a sua própria lista de movimentos.[17] Por exemplo, Scorpion pode usar a variação ‘Ninjutsu’, em que usa duas espadas, a variação ‘Fogo do Inferno’, que se baseia em movimentos especiais com fogo e a ‘Inferno’ que faz aparecer um asseda demoníaco que o ajuda no combate.[16][26]Raiden tem a variação ‘Deslocador’, que se foca na teleportação, a ‘Deus do Trovão’, que dá mais poder às combinações de movimentos eléctricos e a ‘Mestre das Tempestades’ que permite criar pelo cenário armadilhas feitas de raios.[27]

O jogo inclui os modos "1 vs. 1 Ranked", "King of the Hill", "Survivor", "Test Your Luck" e "Kustom Kombat".[28][29][30] Outros modos já conhecidos de jogos anteriores também estão presentes, a "Krypta" utiliza um tema sombrio e possibilita que o jogador destrava conteúdos extras por meio de uma moeda fictícia obtida ao longo das lutas.[17][30] Mortal Kombat X introduz um novo modo online persistente na série: "Faction Wars" (Guerra de Facções).[31] Neste modo, que suporta "multiplataforma", são formados grupos por jogadores em que estes juram aliança a uma de cinco facções (clãs): Black Dragon, the Brotherhood of Shadow, Lin Kuei, Special Forces e White Lotus.[17] Assim que os jogadores se aliam a uma facção, recebem desafios e objetivos para completar a solo ou nos modos online. Cada facção tem um conjunto único de desbloqueáveis e o vencedor semanal tem direito a itens e recompensas especiais (incluindo a possibilidade de alternar os "Fatalities" de uma personagem). Semanalmente surgem competições entre os diferentes grupos e cada ação dos jogadores contribui para aumentar o progresso da facção. No modo online, derrotar jogadores de facções rivais ajuda, mais do que o normal, a ganhar mais reputação para a facção.[31] Outra nova adição chama-se "Living Towers" (Torres Vivas), uma forma evoluída da "Torre dos Desafios" (Challenge Tower) de Mortal Kombat 9 (2011). Está divido em três partes: De Hora em Hora, que é atualizada depois de algumas horas com novo conteúdo e desafios; Diariamente, que oferece mais experiência, mas aumenta consideravelmente a dificuldade; e semanalmente, que está ligada a eventos especiais e dependentes da ocasião ao longo do ano.[32]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Mortal Kombat X tem um novo enredo original, não-linear,[16] "apresentando alguns dos personagens mais prolíficos do jogo, incluindo Scorpion e Sub-Zero, enquanto introduz novos desafios que representam as forças do bem e do mal, amarrando o conto como um todo".[33] A história começa no final do jogo anterior e, eventualmente, avança 20 anos para o futuro, dando ênfase a veteranos idosos, novos personagens e aos filhos da antiga geração de lutadores.[34]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Os novos personagens estão listados em negrito:[35]

↑a : Conteúdo adicional.[36][37][38]
↑b : Personagem convidado.
↑c : Exclusivo para consola.[39][40][41]
↑d : Exclusivo para versão mobile.

Juntamente com os incumbentes, como Scorpion e Sub-Zero, foram revelados vários lutadores novos: D'Vorah, uma mulher que controla insetos; Ferra/Torr, uma dupla que consiste numa anã armada e num bruto gigante mascarado; Cassandra "Cassie" Cage, filha de Johnny Cage e Sonya Blade; e Kotal Kahn, um "deus do sangue" inspirado em aztecas, descrito por Ed Boon como o novo imperador do Outworld;[42][43] Nos meses seguintes foram revelados também Takahashi Takeda, filho de Kenshi; e Jacqui Briggs, filha de Jax. Outros personagens novos para a série incluem Kung Jin, um arqueiro primo de Kung Lao; e Erron Black, um personagem de estilo pistoleiro Western.[44][45][34] A batalha final do modo história de Mortal Kombat X é contra Corrupted Shinnok, uma personagem não jogável que é a versão demoníaca de Shinnok.[46] No modo história aparecem ainda Rain, Baraka e Sindel como oponentes. Kabal, Sektor, Smoke, Nightwolf, Stryker, Fujin, Jade, Shao Kahn, Shang Tsung, Li Mei, Sareena, Frost, Shujinko, Daegon e Taven aparecem muito brevemente nos vídeos do modo história ou então durante os créditos finais dos personagens jogáveis.[47][48]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Depois da derrota de Shao Kahn, Shinnok ataca a Terra com o exército do Netherrealm,[nota 3] incluindo os guerreiros do Earthrealm ressuscitados que foram mortos durante a invasão de Kahn e agora sobre o controle de Quan Chi. Depois de lutarem e libertarem alguns companheiros, uma equipe liderada por Johnny Cage, Sonya Blade e Kenshi abrem um portal para a Câmara Jin Sei, a fonte da força de vida do Earthrealm, onde Raiden e Fujin combatem Shinnok. Conseguem distrair Shinnok o tempo suficiente para Raiden lhe roubar um amuleto e aprisioná-lo dentro dele, mas Quan Chi consegue escapar.[49] Cinco anos depois, Johnny Cage e Sonya Blade infiltram-se nos aposentos de Quan Chi e derrotam-no, conseguindo restaurar Scorpion, Sub-Zero e Jax, que estavam na forma de espectro.[50]

Vinte anos depois, Cage reúne uma equipa de lutadores composta pela sua filha, Cassie; a filha de Jax, Jacqui; o filho de Kenshi, Takahashi Takeda e Kung Jin, primo de Kung Lao. A equipe treina com Sub-Zero antes de se aventurar no Outworld, para tentar resolver uma guerra civil entre Mileena e Kotal Kahn. A equipe de Cassie ajuda Kahn a recuperar o amuleto de Shinnok, matando Mileena. A equipe é traída por Kahn pois este acha que o amuleto está mais seguro no OutWorld. No entanto, D'Vorah revela ser uma traidora, que na verdade está trabalhando junto de Quan Chi, rouba o amuleto, e inadvertidamente passa a culpa para a equipe de Cassie.[50]

Com a ajuda de Sareena, Jax e Kenshi invadem Netherrealm para capturarem Quan Chi, mas acabam falhando. Scorpion, depois de descobrir a verdade por trás das mentiras de Quan Chi sobre a morte de seu clã, infiltra-se na Base de Operações Especiais com a intenção de matar Quan Chi, derrotando Kenshi, Johnny e Sonya no processo. Scorpion decapita Quan Chi, mas já era tarde, Quan Chi tinha acabado de criar um feitiço que havia libertado Shinnok do cativeiro. Enfraquecido por um ataque do Shirai Ryu, Johnny é feito prisioneiro por Shinnok e D'Vorah. Com a ajuda dos espectros controlados por Quan Chi, Liu Kang, Kung Lao, Smoke, Sindel e Kitana; Shinnok e D'Vorah assaltam o Templo do Céu, onde subjugam Raiden. Shinnok entra então no Jin Sei e corrompe-o, transformando-se a si próprio num poderoso demónio.[50]

Cassie persegue Shinnok, mas é interceptada por Kotal Kahn e o seu exército, mas Sub-Zero e os seus "irmãos" do Lin Kuei aparecem a tempo de repelir as forças do Outworld. Enquanto Jacqui e Takeda estão ocupados com os espectros, Cassie e Jin entram na Câmara, onde Cassie derrota D'Vorah e Shinnok. Raiden, gravemente ferido, purifica o Jin Sei, retirando os poderes de Shinnok, forçando os espectros a desistirem. Sonya e os seus soldados chegam, reunindo a família Cage.[50]

Algum tempo depois, as assombrações de Liu Kang e Kitana assumiram a liderança do Netherrealm, mas Raiden, que parece estar corrompido pelas forças malignas que haviam contaminado o Jin Sei, avisa-os de que o destino deles será "pior que a morte" se eles ameaçarem o EarthRealm, apresentando a cabeça decapitada, ainda viva, de Shinnok.[50]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

A NetherRealm Studios começou a contratar para a oitava geração de consolas em Abril de 2012.[52] Em Julho de 2013, foi anunciado que um novo jogo Mortal Kombat estava em produção e que iria ser editado em Setembro de 2015, juntamente com um novo filme da série.[53][54] Na San Diego Comic-Con de 2013, Lance Sloan, produtor da série de Internet Mortal Kombat: Legacy, confirmou que o próximo jogo Mortal Kombat estava em produção, e que havia intenções de um lançamento em simultâneo com o novo filme Mortal Kombat.[55]

Em Fevereiro de 2014, o actor Kiefer Sutherland revelou o seu envolvimento num "grande jogo",[56] algo que foi mais tarde negado por Ed Boon.[57] De acordo com o currículo de Karen Strassman (a voz de Kitana e Mileena no jogo Mortal Kombat de 2011), o titulo de produção do jogo era Mortal Kombat 2.[58] O poster do jogo "escapou" para a Internet e o novo logótipo foi revelado a 28 de Maio de 2014, e Boon com pequenas frases diárias na sua conta do Twitter, dava pequenos enigmas naquilo que podia ser uma contagem decrescente até um anuncio a 2 de Junho,[59][60] especulando que o titulo poderia ser Mortal Kombat X.[61][62] Uma das pistas que Ed Boon deu no Twitter, era uma fotografia do logótipo de Lincoln MKX que indicava um novo lançamento, afirmando "Que será que significa o X?"[63]

A 2 de Junho de 2014, o titulo foi oficialmente revelado como Mortal Kombat X,[64] juntamente com um video que mostrava um combate entre os icónicos personagens Scorpion e Sub-Zero.[65][66] O jogo fez sua primeira aparição pública durante a Electronic Entertainment Expo em Junho de 2014,[67] onde quatro novos personagens foram mostrados, para além dos dois já mostrados no video inicial.[68] Com mais de 11 milhões de visualizações, foi o terceiro trailer mais visto no YouTube no segundo quarto de 2014.[69]

A NetherRealm Studios apenas trabalhou nas versões PS4 e Xbox One.[16] A versão para Microsoft Windows foi produzida pelo estúdio High Voltage Software.[1][2] O jogo tem uma resolução de 1080p com 60fps de cadência,[10] assim como "tem as mais brutais Fatalidades de toda a série”. Boon disse: "Tivemos algumas reuniões e muita gente trouxe ideias para as Fatalidades. Aquelas em que diziam ‘nunca poderemos fazer isso’ – são aquelas que estamos a criar."[70] Boon também já informou que o jogo não tem nenhuma versão de demonstração.[71]

Devido às enormes criticas em relação à versão para PC, quase todas as referencias a Mortal Kombat X foram removidas da página oficial da High Voltage Software no Facebook.[72] A 28 de Agosto de 2015, a Warner Bros. anunciou o cancelamento das versões PlayStation 3 e Xbox 360, devido à impossibilidade de obter a qualidade estabelecida pelas versões da actual geração do jogo.[73][74]

Tyler Lansdown da NetherRealm Studios referiu que o "Kombat Pack 2", Mortal Kombat XL e o respectivo código online, não estarão disponíveis para a versão PC.[39]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Conteúdo da ‘Mortal Kombat X Kollector's Edition’.

Mortal Kombat X foi lançado no dia 14 de Abril de 2015 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.[12] A 28 de Agosto de 2015, as versões PlayStation 3 e Xbox 360 foram canceladas.[74] A 2 de Fevereiro de 2015 a Warner Bros. Interactive Entertainment revelou as várias edições especiais disponíveis para Mortal Kombat X:

A ‘Mortal Kombat X: Kollector's Edition by Coarse’ disponível para PS4 e Xbox One, contém uma figura exclusiva de Scorpion desenhada pela Coarse com certificado de autenticidade e assinado pelos artistas Sven Waschk e Mark Landwehr, uma "pele" dourada de Scorpion inspirada na figura e o The Kombat Pack, que inclui acesso a quatro lutadores adicionais, e "peles" para diversos lutadores; a ‘Mortal Kombat X Kollector's Edition’, disponível para PS4 e Xbox One, contém uma figura exclusiva de Scorpion pintada à mão, uma carta e uma caixa metálica exclusiva, a caixa de coleccionador, o volume de banda desenhada Mortal Kombat X: Blood Ties Volume 1, uma "pele" dourada de Scorpion e o The Kombat Pack; a ‘Mortal Kombat X Limited Edition’, disponível para PS4 e Xbox One, contém uma "pele" exclusiva de Scorpion inspirada na Guerra Fria juntamente com o The Kombat Pack; a ‘Mortal Kombat X Premium Edition’, em formato digital e disponível para todas as plataformas, inclui apenas o The Kombat Pack.[75][76]

Versão Android/iOS[editar | editar código-fonte]

A 2 de Março de 2015, a NetherRealm Studios anunciou que a sua secção de jogos móveis lançaria uma versão iOS/Android de Mortal Kombat X em Abril de 2015. A versão é descrita como "luta free-to-play/híbrido de luta de cartas" em que os jogadores podem desbloquear conteúdo para a versão das consolas ao jogarem a versão móvel (e vice-versa).[77][78] A versão iOS foi lançada a 7 de Abril de 2015,[11] enquanto que o sistema operativo Android teve inicialmente um lançamento limitado (soft launch) a 23 de Abril de 2015 para alguns países asiáticos,[79] e lançada oficialmente a 4 de Maio de 2015.[13][14]

Conteúdo adicional[editar | editar código-fonte]

A 13 de Março de 2015, Jason Voorhees da série de filmes Friday the 13th, foi anunciado como o primeiro personagem bónus adicional incluído no pacote "Kombat Pack".[80] Uma semana depois, Predator, da série homónima, foi o segundo revelado, depois de acidentalmente ter aparecido na Xbox Games Store.[81] Mais tarde, Tremor de Mortal Kombat: Special Forces e Tanya de Mortal Kombat 4, completaram o conjunto de lutadores adicionais.[37] O pacote tem ainda quinze fatos alternativos para os combatentes, incluindo um de Jax baseado no actor Carl Weathers, do primeiro filme Predator.[82] Goro é oferecido aos jogadores que fizeram a pré-reserva do jogo, no entanto os produtores têm planos para que o personagem fique disponível para aquisição.[36] Em janeiro de 2016 foi anunciado o "Kombat Pack 2", o segundo pacote de lutadores adicionais e inclui Leatherface (The Texas Chain Saw Massacre), Xenomorfo (Alien), Bo' Rai Cho (Mortal Kombat: Deadly Alliance) e Tri-Borg (combinação de Cyrax, Sektor, Smoke e Cyber Sub-Zero) o único das personagens com quatro variações.[38][83][84] Segundo a NetherRealm Studios, o "Kombat Pack 2" não está disponível para PC.[39][40][41]

Vários fatos alternativos ficaram disponíveis para alguns personagens, incluindo os pacotes “Brazil Costume Pack”, inspirado nesse pais sul-americano, o pacote inclui um fato "Soccer" para Johnny Cage, outro "Capoeira" para Liu Kang e um outro de nome "Gaúcho" para Kung Lao;[85] o “Kold War Pack” que é inspirado na Guerra Fria e inclui o fato “Motherland” para Sonya Blade, “Revolution” para Kano e “Tundra” para Sub Zero;[86] o “Klassic Fatality” inclui o fato Kold War de Scorpion e quatro fatalidades clássicas do jogo original para Scorpion, Sub-Zero, Sonya e Johnny Cage;[87] e o "Klassic Skins Pack 2" que dá um fato para Kung Lao e Jax de Mortal Kombat 3 e um para Quan Chi de Mortal Kombat 4.[88] Os jogadores que pré-reservaram o "Kombat Pack 2" e a edição Mortal Kombat XL receberam o pacote "Cosplay", que inclui dois fatos que permitem vestir Cassie Cage e Jacqui Briggs como Sub-Zero e Scorpion, respectivamente.[89] A 1 de Março ficou disponível gratuitamente para as consolas o pacote “Medieval” que inclui fatos para Kotal Kahn, Kung Jin e Ferra & Torr.[90]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Em Outubro de 2014, durante a New York Comic Con, foi revelado que Mortal Kombat X seria adaptado pela DC Comics para uma série de livros de banda desenhada. Escrita por Shawn Kittelsen, com desenhos de Dexter Soy e de Ivan Reis, a história inclui personagens novas e clássicas e segue os eventos após o jogo Mortal Kombat (2011) servindo como prólogo para Mortal Kombat X. O primeiro capitulo foi editado em Janeiro de 2015.[91][92][93]

A Mezco Toyz, uma empresa norte-americana fabricante de brinquedos, criou uma colecção de figuras referente às personagens Scorpion, Kotal Kahn, Kitana, Quan Chi, Sub-Zero e Raiden.[94][95] A PDP - Performance Designed Products, uma companhia que produz acessórios para videojogos, anunciou um comando/controlador inspirado em Mortal Kombat X, especialmente desenhado para Xbox One e PlayStation 4.[96]

O video de estreia usa a canção "Can't Be Stopped", original de Wiz Khalifa.[97] A publicidade televisiva para Mortal Kombat X foi estreada a 27 de Março de 2015 com a canção "Chop Suey!" de System of a Down e foi realizado por Shavo Odadjian, um dos membros da banda.[98] O logótipo de Mortal Kombat X foi usado no carro NASCAR #20 Xfinity Series do condutor Erik Jones (patrocinado pela GameStop) que ganhou o O'Reilly Auto Parts 300 em Abril de 2015.[99]

Mortal Kombat X tem sido usado em competições e-sports, com torneios internacionais na Europa, Ásia, e América do Norte. Os prémios semanais têm o valor de US$1,000, e começaram a 19 de Abril de 2015. A final, a 11 de Julho de 2015, vale pelo menos US$50,000.[100]

Mortal Kombat XL[editar | editar código-fonte]

A 20 de Janeiro de 2016, a NetherRealm Studios anunciou Mortal Kombat XL, que inclui todo o conteúdo adicional lançado anteriormente, incluindo o pacote Kombat Pack 2. Tem lançamento previsto para Xbox One e PlayStation 4 a 1 de Março de 2016 na América do Norte e a 4 de Março na Europa. Não está prevista nenhuma versão para PC.[39][40][41]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Criticas profissionais[editar | editar código-fonte]

 Análises
Resenha crítica
Publicação Nota
Destructoid 8/10[101]
Digital Trends 4.5 de 5 estrelas.[102]
Electronic Gaming Monthly 7.5/10[103]
Game Informer 9.25/10[104]
Game Revolution 4/5[105]
GamesRadar + 3.5 de 5 estrelas.[106]
GameSpot 8/10[107]
GameTrailers 8.4/10[108]
Gaming Age B+[109]
Hardcore Gamer 4.5/5[110]
IGN 8.4/10[111]
Polygon 8.5/10[112]
PC Gamer 69/100[113]
USGamer 4 de 5 estrelas.[114]
Pontuação global
Publicação Nota média
GameRankings (PS4) 84.18%[115]
(XONE) 85.97%[116]
(PC) 75.20%[117]
Metacritic (PS4) 83/100[118]
(XONE) 86/100[119]
(PC) 76/100[120]
OpenCritic 84/1000[121]

Mortal Kombat X foi bem recebido pela critica especializada. Nos sites de análises agregadas Metacritic e GameRankings, a versão para PlayStation 4 tem uma média de 83/100 e de 84.18% e a versão Xbox One 86/100 e 85.97%, respectivamente.[115][116][118][119] Os elogios foram sobretudo dirigidos aos aspectos visuais, às mecânicas e à jogabilidade, incluindo as novas variações de cada um dos personagens. Enquanto que a história teve uma recepção variada, o grande foco das criticas foi direccionado para com a adição das micro-transacções. Em particular, a versão para Microsoft Windows foi muito criticada devido aos vários problemas técnicos.[113][117][120]

Brian Shea da Game Informer chamou a Mortal Kombat X "mais de que uma continuação da visão bem sucedida da NetherRealm sobre a série; é um dos melhores jogos de combate em anos", referindo que a jogabilidade é variada e complexa ao mesmo tempo que gostou as opções do multijogador.[104] Peter Brown do GameSpot gostou da jogabilidade ao dizer que é "as melhores mecânicas de combate da série" mas criticou os conteúdos adicionais ao afirmar que "existe muito amor neste novo Mortal Kombat que é uma pena ver tanta prática de monetização ao invés da tua experiência".[107] Lucas Sullivan do GamesRadar descreveu o modo história como "incessantemente divertido" com "bons actores de voz e um enredo surpreendentemente agradável". Criticou os outros modos de um jogador para além da história bem como as opções de aprendizagem.[106] Michael Huber do GameTrailers chamou-o de "excelente entrada na série", destacando a jogabilidade, o modo história e as componentes online.[108] Vince Ingenito do IGN deu a pontuação de 8.4/10. Refere que Mortal Kombat X é o melhor Mortal Kombat da história da série, louvando-o como um jogo mais profundo, mais rico e mais mecanicamente caracterizado que o anterior Mortal Kombat. Também elogiou a presença dos novos personagens, que fazem o jogo sentir-se novo e excitante tanto para os fãs de longa data, como para os fãs casuais.[111] Michael McWhertor do Polygon disse que o jogo "é um dos melhores da série", elogiando a jogabilidade, os novos sistemas e a sua apresentação.[112]

Stephen Kleckner do VentureBeat foi mais critico em relação ao jogo, referindo que as novas animações são confusas, com um sistema que favorece combos de curta distancia, ter de usar o botão de bloqueio para correr, o fraco jogo online e o conteúdo adicional referente às ‘Fatalidades Fáceis’. No entanto elogiou o modo história, a direcção de arte e o som. Kleckner deu a pontuação de 65/100 a Mortal Kombat X.[122] Ray Carsillo da Electronic Gaming Monthly deu ao jogo 7.5/10 e diz que tem como pontos fortes o combate fluido, e o modo Living Towers, que mantém o jogo fresco quando acaba o modo história. Criticou a falta de profundidade no enredo referindo que tem muitos "sub-enredos" e que as variações de cada personagem não são assim muito interessantes como ele próprio desejaria.[103]

Vendas[editar | editar código-fonte]

Segundo Ed Boon, Mortal Kombat X tornou-se o maior lançamento de sempre na história da série.[123] De acordo com o Chart-Track, Mortal Kombat X estreou-se na #1 posição nas tabelas de vendas de software no Reino Unido.[124] A 12 de Outubro de 2015, foi relatado pelo The Wall Street Journal que Mortal Kombat X já tinha vendido mundialmente mais de cinco milhões de cópias.[125] A versão para PC vendeu mais de 500,000 cópias.[126]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Lista de prémios e nomeações relevantes para Mortal Kombat X
Prémio Categoria Resultado Ref.
The Game Awards 2015 Melhor Jogo de Luta Venceu [127]
IGN Best of 2015 Melhor Jogo de Luta Venceu [128]
Game Informer Best Of 2015 Awards Melhor Jogo de Luta Venceu [129]
Golden Joystick Awards 2015 Melhor Jogo Multijogador Indicado [130][131]
D.I.C.E. Awards Melhor Jogo de Luta Venceu [132]

Notas

  1. A High Voltage Software produziu a versão para PC, e as versões canceladas para Xbox 360 e Playstation 3.[1][2]
  2. Pronuncia-se como ecks/ex, e não 10.[15][16]
  3. O universo fictício de Mortal Kombat está dividido em ‘Realms’ (Reinos), que é o nome dado a uma dimensão ocupada por um único mundo, onde se inclui por exemplo o Netherrealm (comparado ao Inferno), o Earthrealm (comparado à Terra) ou o Outworld que é habitado por monstros, entidades malignas, etc.

Referências

  1. a b shavo addjain data=6-2-2015. «High Voltage is developing the Xbox 360/PS3 versions of Mortal Kombat X». Videomer. Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  2. a b «High Voltage Software: Games». High Voltage Software Inc. Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  3. «TRMK Features - Interview Mortal Kombat X Ed Boon E3 2014». Trmk.org. Consultado em 27 de junho de 2014 
  4. «Mortal Kombat X producer discusses environmental attacks». Shacknews.com. 8 de setembro de 2014. Consultado em 6 de abril de 2015 
  5. «Mortal Kombat X Interview With Senior Producer Adam Urbano - The Roster, DLC and Creating Fatalities». PlayStationlifestyle.net. Consultado em 6 de abril de 2015 
  6. Hoffmann, Reinhold (6 de dezembro de 2014). «An Interview With Mortal Kombat X's Shaun Himmerick - Mortal Kombat X - PlayStation 4». GameInformer.com. Consultado em 6 de abril de 2015 
  7. Gerardi, Matt. «Mortal Kombat X's lead designer mulls a dedicated "summon Kitana" button · The Gameological Questionnaire · The A.V. Club». Avclub.com. Consultado em 22 de junho de 2014 
  8. «Ermac Returns For 'Mortal Kombat X'». Au.ibtimes.com. Consultado em 6 de abril de 2015 
  9. «"Mortal Kombat X Preview - Brutality and Fatality"». The Escapist. 11 de junho de 2014. Consultado em 21 de janeiro de 2016 
  10. a b Cavalli, Earnest. «Ed Boon: Mortal Kombat X will run at 1080p, 60fps». Joystiq. Consultado em 27 de junho de 2014 
  11. a b Phillip Martinez (8 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Mobile Android Release Date: iOS Version Is Live But When Will Fighting Game Appear In Google Play Store? [VIDEO]». IDigitalTimes. Consultado em 15 de abril de 2015 
  12. a b Gonçalves, Aníbal (5 de setembro de 2014). «MORTAL KOMBAT X JÁ TEM DATA». IGN Portugal. Consultado em 5 de setembro de 2014 
  13. a b Cosmin Vasile (23 de abril de 2015). «"Mortal Kombat X for Android Released in Google Play Store, but It's Not Available to All"». Softpedia. Consultado em 23 de abril de 2015 
  14. a b «"Mortal Kombat X - Android Apps on Google Play"». Google. Google Play. Consultado em 28 de abril de 2015 
  15. Makuch, Eddie (5 de junho de 2014). «"Ed Boon Explains How To Say Mortal Kombat X"» (em inglês). GameSpot. Consultado em 12 de setembro de de 2015. Cópia arquivada em 12 de julho de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  16. a b c d Vinny Caravella (11 de junho de 2014). «"E3 2014: Ed Boon Talks Mortal Kombat X"». Giant Bomb. Consultado em 22 de junho de 2014 
  17. a b c d e Thiago Barros (25 de abril de 2015). «Mortal Kombat X: confira dicas para mandar bem no jogo de luta». TechTudo. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2016 
  18. Mike Fahey. «The Battle For Earthrealm Continues In Mortal Kombat X [Update]» (em inglês). Kotaku. Consultado em 4 de junho de 2014. Cópia arquivada em 2 de junho de 2014 
  19. Mike Futter (11 de junho de 2014). «Mortal Kombat X Will Have A New, Persistent Online Mode» (em inglês). Game Informer. Consultado em 13 de janeiro de 2015. Cópia arquivada em 14 de janeiro de 2015 
  20. Maxwell McGee (11 de junho de 2014). «E3 2014: How Mortal Kombat X Is Improving the MK Formula» (em inglês). GameSpot. Consultado em 13 de março de 2015. Cópia arquivada em 12 de julho de 2014 
  21. Brian Albert (26 de fevereiro de 2015). «BRUTALITIES RETURN TO MORTAL KOMBAT X» (em inglês). IGN. Consultado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2015 
  22. Michael McWhertor (26 de fevereiro de 2015). «Mortal Kombat X brings back Brutalities for some old-school humiliation» (em inglês). Polygon. Consultado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2015 
  23. Cassidee Moser (19 de março de 2015). «MORTAL KOMBAT X WILL PUNISH YOU FOR RAGE QUITTING» (em inglês). IGN. Consultado em 20 de março de 2015. Cópia arquivada em 20 de março de 2015 
  24. Steven 'Dreamking23' Chavez (15 de maio de 2015). «Mortal Kombat X gets another stage Brutality, and yes, it involves Blanche» (em inglês). eventhubs. Consultado em 19 de maio de 2015. Cópia arquivada em 20 de maio de 2015 
  25. Jorge Loureiro (19 de maio de 2015). «Velhinha do cenário de Mortal Kombat X ganha Brutality». Eurogamer. Consultado em 19 de maio de 2015. Cópia arquivada em 20 de maio de 2015 
  26. Phillip Martinez (11 de maio de 2014). «Mortal Kombat X Characters: Scorpion's Fatality And Sub-Zero Variations Shown In Twitch Stream». iDigitalTimes (em inglês). IBT Media Inc. Consultado em 4 de maio de 2015. Cópia arquivada em 19 de dezembro de 2014 
  27. Ben Kendrick (2014). «'Mortal Kombat X': Raiden Variation Gameplay Video; Kano Confirmed» (em inglês). Gamerant. Consultado em 27 de março de 2015. Cópia arquivada em 27 de março de 2015 
  28. Vince Ingenito (6 de fevereiro de 2015). «EVERYTHING WE KNOW ABOUT MORTAL KOMBAT X'S NEW MODES» (em inglês). IGN. Consultado em 9 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2015 
  29. Chloi Rad (19 de março de 2015). «MORTAL KOMBAT X 'KUSTOM KOMBAT' MODE REVEALED» (em inglês). IGN. Consultado em 20 de março de 2015. Cópia arquivada em 20 de março de 2015 
  30. a b Felipe Vinha (15 de março de 2015). «REVIEW MORTAL KOMBAT X». TechTudo. Consultado em 3 de setembro de 2016. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2016 
  31. a b Jorge Loureiro (6- de fevereiro de 2015). «Trailer de Mortal Kombat X apresenta as Factions Wars». Eurogamer. Consultado em 6 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 6 de fevereiro de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  32. Nick Rego (6 de fevereiro de 2015). «MORTAL KOMBAT X: COMBATE PARA ATRAVESSAR AS LIVING TOWERS». IGN. Consultado em 9 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2015 
  33. Mike Fahey (2 de junho de 2014). «The Battle For Earthrealm Continues In Mortal Kombat X [Update]». Kotaku. Consultado em 16 de junho de 2014 
  34. a b Ian "iantothemax" Walker (10 de junho de 2014). «Ed Boon Discusses Mortal Kombat X Gameplay, Reveals Cassie Cage». Shoryuken.com. Consultado em 31 de julho de 2014 
  35. Fontes que referem os personagens confirmados para Mortal Kombat X:
  36. a b Henriques, André (30 de março de 2015). «GORO SERÁ LANÇADO EVENTUALMENTE COMO DLC DE MORTAL KOMBAT X». IGN. Consultado em 30 de março de 2015 
  37. a b Luís Alves (21 de março de 2015). «Jason, Predator, Tanya e Tremor são os primeiros personagens descarregáveis de Mortal Kombat X». Eurogamer. Consultado em 23 de março de 2015 
  38. a b Eddie Makuch (11 de janeiro de 2016). «"Mortal Kombat X Kombat Pack 2 Gameplay Trailer Coming Tomorrow [UPDATE]"». GameSpot. Consultado em 12 de janeiro de 2016 
  39. a b c d Walker, Ian. «"Mortal Kombat X on PC Won't Receive Kombat Pack 2 Content"». shoryuken.com. Shoryuken. Consultado em 20 de janeiro de 2016 
  40. a b c Bruno Galvão (20 de janeiro de 2016). «"Mortal Kombat XL e Kombat Pack 2 fora do PC"». Eurogamer. Consultado em 21 de janeiro de 2016 
  41. a b c Kato, Matthew (20 de janeiro de 2016). «[Update] Mortal Kombat XL Includes Every Fighter, Skin & Fatality, No Kombat Pack 2 For PC». Game Informer. Consultado em 20 de janeiro de 2016 
  42. «Introducing Kotal Kahn - Mortal Kombat X Loading Screen». Mortal Kombat Online. 19 de junho de 2014. Consultado em 19 de junho de 2014 
  43. «NetherRealm Studios Creative Director Talks Through Official Raiden Trailer». Mortal Kombat Online. 4 de agosto de 2014. Consultado em 5 de agosto de 2014 
  44. Martinez, Philip (19 de março de 2015). «Mortal Kombat X Twitch Stream Reveals Mileena And Takeda Fighting Variations». iDigitalTimes 
  45. «Cassie Cage, Kotal Kahn revealed for Mortal Kombat X, former character is daughter of Johnny Cage and Sonya Blade». EventHub. Consultado em 11 de junho de 2014 
  46. Bill Lavoy (10 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Story Mode Guide - Unlock Shinnok». USGamer. Consultado em 15 de abril de 2015 
  47. Damian Seeto (19 de abril de 2015). «Will Rain, Sindel And Baraka Be Added As Mortal Kombat DLC?». Attack of the Fanboy. Consultado em 29 de abril de 2015 
  48. Karmali, Luke (21 de abril de 2015). «MORTAL KOMBAT X: ED BOON HINTS AT STORY DLC». IGN. Consultado em 29 de abril de 2015 
  49. Legarie, Destin (30 de março de 2015). «Mortal Kombat X's Fatalities, Story, Sassy Intros, and More...». IGN.com. Consultado em 6 de abril de 2015 
  50. a b c d e «"IGN Mortal Kombat X Wiki: Story Mode"». IGN. Consultado em 21 de janeiro de 2016 
  51. Jorge Loureiro (4 de fevereiro de 2015). «Requisitos mínimos e recomendados para Mortal Kombat X PC». Eurogamer. Consultado em 5 de fevereiro de 2015 
  52. «Mortal Kombat movie producer mentions new fighting game». GameSpot.com. 19 de abril de 2012. Consultado em 6 de setembro de 2013 
  53. «New 'Mortal Kombat' movie coming via partnership of Warner units». Los Angeles Times 
  54. Sheridan, Connor (30 de julho de 2013). «New Mortal Kombat game in the works, producer says». GamesRadar. Consultado em 6 de setembro de 2013 
  55. «Next Mortal Kombat "confirmed" in development; will release alongside feature film». TestYourMight.com. 25 de julho de 2013. Consultado em 17 de setembro de 2013 
  56. «24 STAR KIEFER SUTHERLAND INVOLVED IN MORTAL KOMBAT GAME». IGN. Consultado em 21 de fevereiro de 2014 
  57. Caulfield, Luke (17 de junho de 2014). «'Mortal Kombat X' News: Boon Denies Kiefer Sutherland Involvement, Promises 1080p & 60 FPS [VIDEO]». Game & Guide. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  58. Um ficheiro PDF da página oficial de Strassman's.
  59. Karmali, Luke (6 de maio de 2014). «Mortal Kombat Creator Ed Boon Counting Down To Something». IGN. Consultado em 4 de junho de 2014 
  60. «[Update] The Mortal Kombat X Posters Are Real, Ed Boon Updates Twitter Profile Pic - News». www.GameInformer.com. Consultado em 29 de maio de 2014 
  61. Samit Sarkar. «Rumor: Mortal Kombat poster heralds franchise's return». Polygon. Consultado em 29 de maio de 2014 
  62. Prell, Sam (29 de maio de 2014). «'Mortal Kombat X' listed by Amazon UK». Joystiq. Consultado em 3 de junho de 2014 
  63. «Mysterious Mortal Kombat Poster Suggest Franchise's Return». Arcadesushi.com. Consultado em 4 de junho de 2014 
  64. «NetherRealm Studios Officially Announces Mortal Kombat X, Scheduled for 2015». Shoryuken. Consultado em 4 de junho de 2014 
  65. Eddie Makuch (2 de junho de 2014). «Next Mortal Kombat Launching in 2015 for Xbox 360, Xbox One, PS3, PS4, and PC». GameSpot. Consultado em 4 de junho de 2014 
  66. Karmali, Luke. «Mortal Kombat X Officially Announced With Trailer - IGN». Uk.ign.com. Consultado em 2 de junho de 2014 
  67. Sliwinski, Alexander (2 de junho de 2014). «Mortal Kombat X announced [update: trailer, platforms]». Joystiq. Consultado em 4 de junho de 2014 
  68. Steve Barton (11 de junho de 2014). «E3 2014: Mortal Kombat X - New Screens, Fighters, and Info!». Dread Central. Consultado em 11 de junho de 2014 
  69. Todd Spangler (30 de junho de 2014). «'Call of Duty,' 'X-Men,' 'Mortal Kombat' and 'Orange Is the New Black' Top YouTube Trailer Views in Q2». Variety. Consultado em 31 de julho de 2014 
  70. «5 things we learned about Mortal Kombat X at E3 2014 - PlayStation.Blog.Europe». Blog.eu.playstation.com. Consultado em 27 de junho de 2014 
  71. Jorge Loureiro (17 de fevereiro de 2015). «Não contem com uma demo de Mortal Kombat X». Eurogamer. Consultado em 18 de fevereiro de 2015 
  72. Klepek, Patrick (1 de julho de 2015). «Sources: Warner Bros. Knew That Arkham Knight PC Was A Mess For Months». Kotaku. Gawker Media. Consultado em 1 de julho de 2015 
  73. Moser, Cassidee. «Mortal Kombat X PlayStation 3, Xbox 360 Versions Cancelled». IGN. Consultado em 28 de agosto de 2015 
  74. a b Luís Alves (28 de agosto de 2015). «"Mortal Kombat X foi cancelado na PS3 e Xbox 360"». Eurogamer. Consultado em 31 de agosto de 2015 
  75. Jorge Loureiro (3 de fevereiro de 2015). «Várias edições especiais de Mortal Kombat X anunciadas». Eurogamer. Consultado em 3 de fevereiro de 2015 
  76. Luke Karmali (3 de fevereiro de 2015). «MORTAL KOMBAT X KOLLECTOR'S EDITIONS REVEALED». IGN. Consultado em 3 de fevereiro de 2015 
  77. Chris Priestman (2 de março de 2015). «Mortal Kombat X is bringing gory fatalities to iOS and Android in April». Pocket Gamer. Consultado em 2 de março de 2015 
  78. «A mobile version of Mortal Kombat X is also in development». Warp Zoned. 2 de março de 2015 
  79. «Mortal Kombat X Mobile released in select countries». Softpedia. 22 de abril de 2015 
  80. «Jason Voorhees Revealed For Mortal Kombat X Kombat Pass». Mortal Kombat Online. 13 de março de 2015 
  81. Michael Martin (19 de março de 2015). «Predator DLC Character Outed for Mortal Kombat X». IGN. Consultado em 20 de março de 2015 
  82. «What you get with the Kombat Pack!». WBGames Community. 27 de março de 2015. Consultado em 6 de abril de 2015 
  83. Jorge Loureiro (12 de janeiro de 2016). «"Mortal Kombat X - Kombat Pack 2 ganha trailer gameplay"». Eurogamer. Consultado em 12 de janeiro de 2016 
  84. Michael McWhertor (25 de janeiro de 2016). «"Mortal Kombat X's Triborg hides a fourth cyber ninja: Cyber Sub-Zero"». Polygon. Consultado em 26 de janeiro de 2016 
  85. Samit Sarkar (18 de maio de 2015). «Mortal Kombat X getting more costume packs, including a Brazil-themed one». Polygon. Consultado em 19 de maio de 2015 
  86. Mike Futter (18 de maio de 2015). «In Soviet Russia, Mortal Kombat X Kold War Skin Pack Buys You». Game Informer. Consultado em 20 de maio de 2015 
  87. Eddie Makuch (6 de julho de 2015). «Mortal Kombat X Adds Predator This Week, Free DLC Revealed». GameSpot. Consultado em 6 de julho de 2015 
  88. Erick Tay (22 de julho de 2015). «Mortal Kombat X - Klassic Skins Pack 2». GameSpot. Consultado em 23 de julho de 2015 
  89. «"Pre-order Mortal Kombat XL and Dress Cassie as Sub-Zero for Free"». DualShockers. 26 de janeiro de 2016. Consultado em 27 de janeiro de 2016 
  90. Mat Paget (24 de fevereiro de 2016). «Free Mortal Kombat X Skin Pack Coming in March». GameSpot. Consultado em 25 de fevereiro de 2016 
  91. Grey, Melissa (15 de outubro de 2014). «NYCC: MORTAL KOMBAT X COMIC WRITER TEASES PLOT & CHARACTERS». IGN. Consultado em 15 de outubro de 2014 
  92. Daniel Silvestre (14 de outubro de 2014). «Mortal Kombat X vai receber banda desenhada que funciona como prequela». PróximoNível. Consultado em 15 de outubro de 2014 
  93. «DC Comics se inspira no game "Mortal Kombat X" para criar um novo HQ». PureBreak. 14 de outubro de 2014. Consultado em 16 de outubro de 2014 
  94. «Mezco Toyz: Mortal Kombat X». Mezco Toyz, LLC. Consultado em 16 de fevereiro de 2015 
  95. Collura, Scott (15 de fevereiro de 2015). «MORTAL KOMBAT FIGURES PREPARE FATALITY AT TOY FAIR». IGN. Consultado em 16 de fevereiro de 2015 
  96. Christopher Gates (Janeiro de 2015). «PDP's Custom 'Mortal Kombat X' Controller Revealed». GameRant. Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  97. Esther Jang (3 de junho de 2014). «Wiz Khalifa Hot New Song 2014: Rapper Premieres 'Can't Be Stopped' in 'Mortal Kombat X' Trailer [Watch]». LatinPost. Consultado em 13 de abril de 2015 
  98. Makuch, Eddie (27 de março de 2015). «Mortal Kombat X Uses System of a Down Track for New Live-Action Trailer». GameSpot.com. Consultado em 31 de março de 2015 
  99. Bianchi, Jordan (10 de abril de 2015). «18-year-old Erik Jones wins Xfinity Series race over Brad Keselowski, Dale Earnhardt Jr.». SBNation.com. Consultado em 12 de abril de 2015 
  100. «ESL MKX ProLeague - the first international tournament for Mortal Kombat X». Consultado em 14 de maio de 2015 
  101. Chris Carter (14 de abril de 2015). «Review: Mortal Kombat X - Still not ready for a series Fatality.». Destructoid. Consultado em 15 de abril de 2015 
  102. Sam Prell (13 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Review: Gorgeous and grotesque in all the right ways, Mortal Kombat X is a flawless victory.». Digital Trends. Consultado em 14 de abril de 2015 
  103. a b Ray Carsillo (13 de abril de 2015). «Mortal Kombat X review: Not a Flawless Victory.». Electronic Gaming Monthly. Consultado em 14 de abril de 2015 
  104. a b Brian Shea (13 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Review: A Deadly Alliance Of Old And New.». Game Informer. Consultado em 14 de abril de 2015 
  105. Nick Tan (13 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Review: Shuffle off this mortal koil.». Game Revolution. Consultado em 13 de abril de 2015 
  106. a b Lucas Sullivan (13 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Review.». GamesRadar +. Consultado em 13 de abril de 2015 
  107. a b Peter Brown (17 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Review: It's komplicated.». GameSpot. Consultado em 20 de abril de 2015 
  108. a b Michael Huber (15 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Review». GameTrailers. Consultado em 16 de abril de 2015 
  109. Jim Cordeira (14 de abril de 2015). «Mortal Kombat X review for PS4, Xbox One, PC». Gaming Age. Consultado em 15 de abril de 2015 
  110. Kevin Dunsmore (13 de abril de 2015). «Review: Mortal Kombat X.». Hardcore Gamer. Consultado em 13 de abril de 2015 
  111. a b Ingenito, Vince (13 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Review: New Blood By The Gallon». IGN. Consultado em 16 de abril de 2015 
  112. a b Michael McWhertor (13 de abril de 2015). «Mortal Kombat X Review: New Blood». Polygon. Consultado em 5 de maio de 2015 
  113. a b Matt Elliott (21 de abril de 2015). «"Mortal Kombat X review"». Future PLC. PC Gamer. Consultado em 22 de abril de 2015 
  114. Bryan Dawson (13 de abril de 2015). «Mortal Kombat X PlayStation 4 Review: Fatality Attraction.». USGamer. Consultado em 13 de abril de 2015 
  115. a b «Mortal Kombat X for PlayStation 4». GameRankings. Consultado em 14 de abril de 2015 
  116. a b «Mortal Kombat X for Xbox One». GameRankings. Consultado em 14 de abril de 2015 
  117. a b «Mortal Kombat X for PC». GameRankings. Consultado em 14 de abril de 2015 
  118. a b «Mortal Kombat X for PlayStation 4 Reviews». Metacritic. Consultado em 14 de abril de 2015 
  119. a b «Mortal Kombat X for Xbox One Reviews». Metacritic. Consultado em 14 de abril de 2015 
  120. a b «Mortal Kombat X for PC Reviews». Metacritic. Consultado em 14 de abril de 2015 
  121. «Mortal Kombat X Reviews». OpenCritic. Consultado em 21 de janeiro de 2016 
  122. Kleckner, Stephen (16 de abril de 2015). «Mortal Kombat X, I love you...but I hate you. Look, it's komplicated». VentureBeat. Consultado em 16 de abril de 2015 
  123. Jorge Loureiro (16 de abril de 2015). «Mortal Kombat X é o maior lançamento de sempre na série». Eurogamer. Consultado em 22 de abril de 2015 
  124. Rob Crossley (20 de abril de 2015). «UK Games Chart: Mortal Kombat X Breaks Series Record». GameSpot. Consultado em 22 de abril de 2015 
  125. Tamoor Hussain (12 de outubro de 2015). «"Batman: Arkham Knight, Mortal Kombat X Sell 5 Million Each Worldwide, Report Says"». GameSpot. Consultado em 12 de outubro de 2015 
  126. Boon, Ed (29 de março de 2016). «Ed Boon on Twitter: "@gordonfreez @noobde 500k copies of MKX sold on PC EB: Why would BISON celebrate that?  ;)». Twitter. Consultado em 30 de março de 2016  line feed character character in |título= at position 73 (ajuda)
  127. «Nominees | The Game Awards 2015». The Game Awards. Ola Balola. 12 de novembro de 2015. Consultado em 13 de novembro de 2015 
  128. «"Best of 2015: Best Fighting Game"». IGN. Consultado em 21 de janeiro de 2016 
  129. Jeff Marchiafava (6 de janeiro de 2016). «"Game Informer Best Of 2015 Awards"». Game Informer. 2 páginas. Consultado em 25 de janeiro de 2016 
  130. «"Golden Joystick Awards 2015 voting now open to the public"». Digital Spy. 1 de setembro de 2015. Consultado em 25 de janeiro de 2016 
  131. Leon Hurley (30 de outubro de 2015). «"The Golden Joystick Awards: all the winners this year"». GamesRadar. Consultado em 25 de janeiro de 2016 
  132. Chris Pereira (18 de fevereiro de 2016). «The 2016 DICE Award Winners [UPDATED]». GameSpot. Consultado em 19 de fevereiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Outra media
Outras adaptações
Jogos de cartas
Música