São Gabriel Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
São Gabriel
SaoGabrielFC.png
Nome São Gabriel Futebol Clube
Fundação 2000
Estádio Sílvio de Faria Corrêa
Capacidade 8.500
Competição Licenciado
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O São Gabriel Futebol Clube foi um clube brasileiro de futebol, sediado na cidade de São Gabriel, no Estado do Rio Grande do Sul.

História[editar | editar código-fonte]

O São Gabriel foi fundado no ano de 2000, resultante da fusão da Sociedade Esportiva e Recreativa São Gabriel com o Grêmio Esportivo Gabrielense.

A melhor colocação do clube no campeonato estadual foi o 4º lugar dois anos consecutivos (2002, 2003). Em 2002, o clube participou da Série C, mas foi eliminado logo na 1ª fase após ficar atrás de Ulbra-RS e Brasil de Pelotas no grupo 16. A colocação no campeonato estadual de 2003 deu ao time uma vaga na Copa do Brasil de 2004. Na primeira fase do mata-mata nacional, o clube eliminou o Figueirense depois de empatar por 2x2 jogando em casa e vencer por 1x0 em Santa Catarina, classificando-se para a segunda fase onde iria enfrentar o gigante Palmeiras, que tinha jogadores consagrados como o goleiro Marcos, os meias Magrão, Pedrinho e o jovem atacante Vágner Love. Na partida de ida, jogando num Sílvio de Faria Corrêa lotado, o São Gabriel venceu o então campeão da Série B por 2 a 1, com direito a pênalti perdido pela equipe paulista aos 52 minutos do segundo tempo, mas no jogo da volta, em São Paulo, perdeu por 4 a 0 e foi eliminado da competição pelo clube alviverde. Em 2005, o São Gabriel foi rebaixado para a 2ª divisão do Campeonato Gaúcho e não conseguiu mais voltar para a Série A do campeonato estadual. Em 2009 se licenciou[1] e em 2013 foi extinto.

No mesmo ano em que o São Gabriel Futebol Clube deixou de existir oficialmente, um novo clube foi fundado na cidade: o Esporte Clube São Gabriel, que também manda seus jogos no Estádio Sílvio de Faria Corrêa, mas possui cores diferentes e é presidido por Roque Hermes. Em 2014, no seu primeiro ano de atividade no futebol profissional, o Sanga ficou em 3º lugar na Terceirona e subiu para a Divisão de Acesso do ano seguinte, onde se estabeleceu desde então.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Torneios municipais[editar | editar código-fonte]

  • Torneio Cidade de São Gabriel: 2 (2004 e 2006)

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Ano Pos Pontos Campeonato
2000 70 Rio Grande do Sul Terceira Divisão
2001 41 Rio Grande do Sul Segunda Divisão
2002 52 Rio Grande do Sul Primeira Divisão
2002 53° 3 Brasil Terceira Divisão
2003 44 Rio Grande do Sul Primeira Divisão
2004 21° 7 Brasil Copa do Brasil
2004 41 Rio Grande do Sul Primeira Divisão
2005 12° 12 Rio Grande do Sul Primeira Divisão
2006 38 Rio Grande do Sul Segunda Divisão
2007 10° 37 Rio Grande do Sul Segunda Divisão
2008 15° 19 Rio Grande do Sul Segunda Divisão
2009 23º 8 Rio Grande do Sul Segunda Divisão

Torcidas Organizadas[editar | editar código-fonte]

    • Torcida Organizada Fúria Jovem
    • Torcida Organizada Garra do Trevo
    • Movimento Popular Bafo na Nuca
    • Terror dos Pampas

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.arazao.com.br. Consultado em 29 de novembro de 2013. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.