Trash - A Esperança Vem do Lixo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Trash (filme))
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo gênero cinematográfico, veja Filme trash.


Trash
Trash - A Esperança vem do Lixo (BR)
 Brasil
 Reino Unido

2014 •  cor •  123 min 
Direção Stephen Daldry
Produção Eric Fellner
Kris Thykier
Tim Bevan
Roteiro Richard Curtis
Baseado em Trash
por Andy Mulligan
Elenco Rooney Mara
Martin Sheen
Wagner Moura
Selton Mello
Stepan Nercessian
Gênero drama, suspense
Música Antônio Pinto
Direção de arte Pedro Equi
Cinematografia Adriano Goldman
Edição Elliot Graham
Companhia(s) produtora(s) O2 Filmes
Working Title Films
PeaPie Films
Distribuição Universal Pictures
Idioma Inglês

Trash (Trash - A Esperança vem do Lixo (título no Brasil) ) é um filme de suspense e drama britânico e brasileiro, dirigido por Stephen Daldry e escrito por Richard Curtis, ele é baseado em um romance homónimo de 2010 por Andy Mulligan. O longa é estrelado por Rooney Mara, Wagner Moura, Martin Sheen e Selton Mello.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A trama de Trash nos apresenta aos garotos Gabriel, Rafael e Gardo, três meninos que vivem rodeados pela pobreza e miséria em um lixão do Rio de Janeiro. Porém, após um deles encontrar uma carteira em meio aos despejos do aterro sanitário, os garotos entram na mira do policial Frederico e do político corrupto Santos. A carteira em questão pertencia a José Angelo, que deixou um código capaz de levar a uma fortuna de R$ 10 milhões. Os únicos que apoiam os meninos são o padre Ricardo , que atua no lixão, e a professora Olivia , que tenta contar a história deles para o mundo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Para o jornalista Rubens Ewald Filho: O espectador que terá que perder sua desconfiança e deixar-se conquistar pelo filme, que se não é excepcional resulta bem feito e satisfatório.[2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. «Trash». AdoroCinema. AlloCiné. Consultado em 13 de novembro de 2013 
  2. «RESENHA CRÍTICA: Trash, a Esperança Vem do Lixo (Trash)». DVD Magazine. 8 de outubro de 2014