Anosmia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Anosmia é a perda total do olfato e hiposmia é a diminuição do olfato, ocorrida por lesão no nervo olfativo, obstrução das fossas nasais ou outras doenças.

Sintomas[editar | editar código-fonte]

Além da incapacidade se sentir odores, a anosmia também prejudica o paladar. O motivo é que a língua tem capacidade de identificar as seguintes características: doce, salgado, azedo, amargo e glutamato. Como não é possível diferenciar uma substância da outra (uma bala doce e açúcar, por exemplo) através do olfato, o portador de anosmia vai identificar as duas substâncias como iguais.

Tipos de anosmia[editar | editar código-fonte]

Existem dois tipos de anosmia: a parcial e a permanente.

  • Parcial: Pode ser tratada e tem cura. É causada, às vezes, por obstrução nas fossas nasais devido a uma doença alérgica ou inflamação na língua. O paciente perde o olfato por determinado período e depois o recupera. Uma causa comum da anosmia parcial é a gripe, que causa leve lesão nos nervos olfativos.
  • Permanente: Não possui cura atualmente. Geralmente é causada por lesão grave dos nervos olfativos, resultada de acidentes automobilísticos, infecções sérias nos nervos da face ou ainda por radioterapia durante o tratamento de câncer.

Pode ser praticamente fatal para postadores experimentar comidas alérgicas como escargol entre outros.

Precauções[editar | editar código-fonte]

Para pessoas que não portam a doença é sempre bom evitar acidentes que possam afetar a região da cabeça. O portador da doença deve ter cuidado principalmente com gás de cozinha, alimentos estragados, depressão devido a sentimento de inferioridade e outros.

Vídeo[editar | editar código-fonte]

www.youtube.com/watch?v=3rvX_V8-0aQ

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.