Economia ecológica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Economia ecológica ou bioeconomia é um campo de pesquisa acadêmico transdisciplinar que busca a interdependência e coevolução das economias humanas e dos ecossistemas naturais ao longo do espaço e do tempo. Ela se distingue de economia ambiental, que é a análise econômica do meio ambiente. [1]

A disciplina surge a partir dos trabalhos fundadores de Nicholas Georgescu-Roegen e Kenneth E. Boulding. Mais recentemente, foram agregadas contribuições de Herman Daly, Robert Costanza, entre outros. A área de economia verde é, em geral, uma forma mais politicamente aplicada da disciplina. [2] [3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Costanza R. (1989). What is ecological economics? Ecological Economics 1:1-7. Texto completo.
  2. Paehlke R. (1995). Conservation and Environmentalism: An Encyclopedia, p. 315. Taylor & Francis.
  3. Scott Cato, M. (2009). Green Economics. Earthscan, London. ISBN 978-1-84407-571-3.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal
A Wikipédia possui o
Portal da economia.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]