Grande Prêmio da Alemanha de 1989 (Fórmula 1)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1 de 1989
Circuit Hockenheimring-1982.svg
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 30 de julho de 1989
Nome oficial LI Grosser Mobil 1 Preis von Deutschland
Local Hockenheimring
Percurso 6,797 km
Total 45 voltas / 305,865 km
Condições do tempo Quente, nublado
Pole
Piloto
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Tempo 1:42.300
Volta mais rápida
Piloto
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Tempo 1:45.884 (na volta 43)
Pódio
Primeiro
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Segundo
França Alain Prost McLaren-Honda
Terceiro
Reino Unido Nigel Mansell Ferrari

O Grande Prêmio da Alemanha de 1989 foi a temporada de 1989 da Fórmula 1 e a 51ª edição da corrida. A prova foi disputada em 30 de julho no circuito de Hockenheimring. O vencedor foi o braileiro Ayrton Senna.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pré-qualificação[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Equipe Tempo Dif.
1 37 Bélgica Bertrand Gachot Onyx-Ford 1:47.283
2 36 Suécia Stefan Johansson Onyx-Ford 1:47.700 +0.417
3 30 França Philippe Alliot Lola-Lamborghini 1:47.746 +0.463
4 29 Itália Michele Alboreto Lola-Lamborghini 1:47.919 +0.636
5 41 França Yannick Dalmas AGS-Ford 1:47.920 +0.637
6 17 Itália Nicola Larini Osella-Ford 1.48.301 +1.018
7 40 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford 1:48.558 +1.275
8 18 Itália Piercarlo Ghinzani Osella-Ford 1:48.564 +1.281
9 31 Brasil Roberto Moreno Coloni-Ford 1:48.567 +1.284
10 32 França Pierre-Henri Raphanel Coloni-Ford 1:48.780 +1.457
11 33 Suíça Gregor Foitek Euro Brun-Judd 1:49.458 +2.175
12 35 Japão Aguri Suzuki Zakspeed-Yamaha 1:49.527 +2.244
13 34 Alemanha Ocidental Bernd Schneider Zakspeed-Yamaha 1:50.455 +3.172

Treino classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Equipe Tempo Q1 Tempo Q2 Dif.
1 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 1:42.300 1:42.790
2 2 França Alain Prost McLaren-Honda 1:43.306 1:43.295 +0.995
3 27 Reino Unido Nigel Mansell Ferrari 1:44.020 1:44.076 +1.720
4 28 Áustria Gerhard Berger Ferrari 1:44.467 1:44.509 +2.167
5 6 Itália Riccardo Patrese Williams-Renault 1:45.062 1:44.511 +2.211
6 5 Bélgica Thierry Boutsen Williams-Renault 1:45.520 1:44.702 +2.402
7 19 Itália Alessandro Nannini Benetton-Ford 1:45.033 1:45.040 +2.733
8 11 Brasil Nelson Piquet Lotus-Judd 1:47.316 1:45.475 +3.175
9 20 Itália Emanuele Pirro Benetton-Ford 1:46.521 1:45.845 +3.545
10 4 França Jean Alesi Tyrrell-Ford 1:47.551 1:46.888 +4.588
11 26 França Olivier Grouillard Ligier-Ford 1:47.408 1:46.893 +4.593
12 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Judd 1:47.216 1:47.796 +4.916
13 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ford 1:48.222 1:47.380 +5.080
14 15 Brasil Maurício Gugelmin March-Judd 1:47.387 1:47.578 +5.087
15 30 França Philippe Alliot Lola-Lamborghini 1:47.486 1:47.566 +5.186
16 8 Itália Stefano Modena Brabham-Judd 1:47.511 1:47.552 +5.211
17 9 Reino Unido Derek Warwick Arrows-Ford 1:47.756 1:47.533 +5.233
18 12 Japão Satoru Nakajima Lotus-Judd 1:48.782 1:47.663 +5.363
19 3 Reino Unido Jonathan Palmer Tyrrell-Ford 1:47.836 1:47.676 +5.376
20 21 Itália Alex Caffi Dallara-Ford 1:48.671 1:47.679 +5.379
21 22 Itália Andrea de Cesaris Dallara-Ford 1:47.879 1:48.005 +5.579
22 16 Itália Ivan Capelli March-Judd 1:48.239 1:48.078 +5.778
23 25 França René Arnoux Ligier-Ford 1:48.266 1:48.598 +5.966
24 36 Suécia Stefan Johansson Onyx-Ford 1:49.935 1:48.348 +6.048
25 10 Estados Unidos Eddie Cheever Arrows-Ford 1:48.396 1:48.553 +6.096
26 29 Itália Michele Alboreto Lola-Lamborghini 1:48.670 1:48.726 +6.370
27 24 Espanha Luis Pérez-Sala Minardi-Ford 1:49.587 1:48.686 +6.386
28 37 Bélgica Bertrand Gachot Onyx-Ford 1:49.252 1:49.004 +6.704
29 38 Alemanha Ocidental Christian Danner Rial-Ford 1:50.679 1:49.767 +7.467
DSQ 39 Alemanha Ocidental Volker Weidler Rial-Ford

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Equipa Voltas Tempo Grid Pts
1 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 45 1:21:43.3 1 9
2 2 França Alain Prost McLaren-Honda 45 + 18.151 2 6
3 27 Reino Unido Nigel Mansell Ferrari 45 + 1:23.254 3 4
4 6 Itália Riccardo Patrese Williams-Renault 44 + 1 Volta 5 3
5 11 Brasil Nelson Piquet Lotus-Judd 44 + 1 Volta 8 2
6 9 Reino Unido Derek Warwick Arrows-Ford 44 + 1 Volta 17 1
7 22 Itália Andrea de Cesaris Dallara-Ford 44 + 1 Volta 21  
8 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Judd 44 + 1 Volta 12  
9 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ford 44 + 1 Volta 13  
10 4 França Jean Alesi Tyrrell-Ford 43 + 2 Voltas 10  
11 25 França Rene Arnoux Ligier-Ford 42 + 3 Voltas 23  
12 10 Estados Unidos Eddie Cheever Arrows-Ford 40 Fuel System 25  
13 8 Itália Stefano Modena Brabham-Judd 37 Motor 16  
14 12 Japão Satoru Nakajima Lotus-Judd 36 Spun Off 18  
15 16 Itália Ivan Capelli March-Judd 32 Eléctrico 22  
16 15 Brasil Mauricio Gugelmin March-Judd 28 Caixa de Vel. 14 ;
17 20 Itália Emanuele Pirro Benetton-Ford 26 Spun Off 9  
18 30 França Philippe Alliot Lola-Lamborghini 20 Fuga de óleo 15  
19 3 Reino Unido Jonathan Palmer Tyrrell-Ford 16 Motor 19  
20 28 Áustria Gerhard Berger Ferrari 13 Spun Off 4  
21 36 Suécia Stefan Johansson Onyx-Ford 8 Superaquecimento 24  
22 19 Itália Alessandro Nannini Benetton-Ford 6 Eléctrico 7  
23 5 Bélgica Thierry Boutsen Williams-Renault 4 Colisão 6  
24 21 Itália Alex Caffi Dallara-Ford 2 Motor 20  
25 29 Itália Michele Alboreto Lola-Lamborghini 1 Eléctrico 26  
26 26 França Olivier Grouillard Ligier-Ford 0 Caixa de Vel. 11  
DNQ 24 Espanha Luis Perez-Sala Minardi-Ford    
DNQ 37 Bélgica Bertrand Gachot Onyx-Ford    
DNQ 38 Alemanha Ocidental Christian Danner Rial-Ford    
DSQ 39 Alemanha Ocidental Volker Weidler Rial-Ford    
DNPQ 41 França Yannick Dalmas AGS-Ford    
DNPQ 17 Itália Nicola Larini Osella-Ford    
DNPQ 40 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford    
DNPQ 18 Itália Piercarlo Ghinzani Osella-Ford    
DNPQ 31 Brasil Roberto Moreno Coloni-Ford    
DNPQ 32 França Pierre Henri Raphanel Coloni-Ford    
DNPQ 33 Suíça Gregor Foitek Euro Brun-Judd    
DNPQ 35 Japão Aguri Suzuki Zakspeed-Yamaha    

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Ayrton Senna chegou a Hockenheim muito alegre. Até soava estranho aquele bom humor para o piloto que não havia terminado as últimas quatro corridas. O seu McLarem MP4-5 tinha quebrado nos GPs dos EUA, Canadá e França e ele rodou na Inglaterra, permitindo a Alain Prost uma recuperação excepcional na briga pelo título. Mas ele não parecia sob pressão. Ao contrário, exibia um ar maroto.

Mal o treino iniciou e Senna cravou a pole provisória e depois ratificou com a definitiva. Liderou por 19 voltas mas quando parou para o pit stop de pneus, sua equipe atrapalhou-se, gastou oito segundos a mais do que com o francês, possibilitando a este abrir vantagem na liderança. Senna voltou à pista possesso. Pisou fundo e foi à caça do francês até que, na penúltima volta, fez a ultrapassagem.

Depois do pódio, quando recebia as honras da vitória completa, com pole e volta mais rápida, não parecia tão feliz como na véspera. Inquirido sobre a mudança ironizou: "Foi um passarinho que me disse que eu ia vencer. Só espero que ele venha cantar de novo".

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Observe que somente as cinco primeiras posições estão incluídas nas tabelas.

Referências

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 1989
Campeonato do Mundo da FIA
Fórmula 1, Temporada 1989
Próxima Prova:
Grande Prêmio da Hungria de 1989

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Alemanha de 1988
Grande Prêmio da Alemanha Próxima Prova:
Grande Prêmio da Alemanha de 1990