Igreja do Nazareno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Igreja do Nazareno
{{{imagealttext}}}
Um dos templos da Igreja do Nazareno em Kansas City
Classificação Protestante
Orientação Evangélica, Metodista
Política Congregacional, Presbiteriana
Associações AMIR
CMI
Fundador Phineas F. Bresee
Origem 13 de outubro de 1908 (105 anos)
Pilot Point, TX
Separado de Igreja Católica
Unida a(o) Igrejas do Movimento de Santidade
Congregações 24.285 (2009)
Membros 1.945.542 membros (2009)

A Igreja do Nazareno (em inglês:Church of the Nazarene) é uma denominação cristã protestante surgida durante o Movimento de Santidade, na Europa e América do Norte ao longo do século XIX.

A denominação tem como base os princípios do Wesleyanismo e do Metodismo, sendo que em algumas regiões seus membros são referidos como Nazarenos. A principal missão da Igreja do Nazareno é a pregação do Evangelho de Jesus Cristo através do envio de missionários a várias regiões do mundo.

Desde Setembro de 2008, a sede mundial da denominação é a cidade de Lenexa, Kansas, sendo que a Casa de Publicação Nazarena localiza-se na cidade de Kansas City, no estado do Missouri desde 1912.

O atual Superintendente Geral é o pastor Stan Toler.

História[editar | editar código-fonte]

A Igreja do Nazareno é o resultado das fusões de várias igrejas wesleyanas. A mais proeminente destas fusões teve lugar nas chamadas Assembleias Gerais ocorridas em Chicago e em Pilot Point entre 1907 e 1908, que resultaram na criação da Igreja Pentecostal do Nazareno.

Primeira Assembleia Geral[editar | editar código-fonte]

A primeira Assembleia Geral da Igreja do Nazareno ocorreu em Chicago entre 10 e 17 de outubro de 1907 e consistia em duas congregações distintas: a do Leste e a do Oeste americano. O grupo do Oeste constituía a igreja fundada em 1895 em Los Angeles por Phineas F. Bresee, um presbítero metodista e por Joseph Widney, um médico e dirigente da University of Southern California. O grupo do Leste estava associado às Igrejas Pentecostais. O nome escolhido para a denominação religiosa foi Igreja Pentecostal do Nazareno e Phineas Bresee e Hiram F. Reynolds foram eleitos os primeiros Superintendentes Gerais.

Segunda Assembleia Geral[editar | editar código-fonte]

A segunda Assembleia Geral teve lugar em Pilot Point, no Texas. A Holiness Church of Christ, fundada em 1894, se fundiu com a Igreja Pentecostal do Nazareno e organizaram a assembleia em 13 de outubro de 1908, formulando a atual igreja. A nova Igreja do Nazareno começou com 10.034 membros, 228 congregações, 11 distritos e 19 missionários.[1]

Crescimento internacional[editar | editar código-fonte]

Entrada da Igreja do Nazareno em Campinas, Brasil.

Mesmo antes da fusão em Outubro de 1908, as congregações ligadas à Igreja do Nazareno tiveram a ideia de expandir a igreja por todo o mundo. A primeira região a receber missionários da Igreja do Nazareno foi a Índia em 1898 com o apoio da Associação de Igrejas Pentecostais da América.[2] E em 1908 já havia templos na Suazilândia, Cabo Verde e Japão seguidos por templos na África Central, México e China. Também em 1915 foram criadas igrejas nazarenas na América Central e América do Sul.

O Superintendente Geral Reynolds defendeu "essa missão para o mundo" e apoiou a evangelização mundial, uma característica marcante da denominação. Com o emprego de novas tecnologias a Igreja começou os seus programas de rádio na década de 1940 como, por exemplo, "Showers of Blessing" nos Estados Unidos e "La Hora Nazarena" no mundo hispânico. Até 1980 alguns países continuaram a aderir à Igreja do Nazareno.

Em 1958 um total de 19% de membros nazarenos viviam fora dos Estados Unidos. Em 1981, 28% de membros estrangeiros e em 1991 os números já ultrapassavam 1 milhão de membros espalhados pelo mundo, dos quais 43% dos membros vivem fora dos EUA.

Em 2009, 64% dos membros da igreja e 80% das congregações nazarenas, ou seja, 429 distritos estão fora dos Estados Unidos.[3]

Doutrina[editar | editar código-fonte]

John Wesley, um dos influenciadores da Doutrina Nazarena.

As doutrinas oficiais da Igreja do Nazareno foram publicadas no livro Manual:Church of the Nazarene publicado 40 anos após a primeira Assembleia Geral, onde são eleitas as normas a entrar no Manual. Os Nazarenos estabeleceram os "16 Artigos da Fé" como sua orientação cristã, além da Bíblia. Os Artigos determinam:[4]

Números[editar | editar código-fonte]

Em 2008, o número de membros já ultrapassava a marca de 1.837.393 membros de 23 mil templos diferentes em 155 lugares do mundo.[5] Os países com maior número de congregações nazarenas são: Estados Unidos (658 igrejas), Haiti (107 igrejas) e Índia (59 Igrejas).[6]

A Igreja do Nazareno também controla 58 instituições de ensino superior em 40 países em cinco continentes do planeta.[7]

Membros conhecidos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Early Church of the Nazarene Stats
  2. Manual Church of the Nazarene 2005-2009:24.
  3. "Middendorf Delivers 'A Future of Hope' Quadrennial Address", http://www.nazarene.org/ministries/superintendents/news/middendorf_address/display.aspx, http://www.nazarenemedialibrary.org/MediaView.aspx?mediaId=9ab0e0e0-0888-44fa-8007-03edf0075c04
  4. Manual 2005-2009 page 30-38
  5. David Wilson, "2008 General Secretary/GMC Operations Officer Report" to the General Board, Church of the Nazarene (21-23 February 2009); http://www.nph.com/nphweb/html/ncn/article.jsp?id=10006886 (accessed 18 March 2009).
  6. India Stats
  7. Church of the Nazarene - Higher Education


Links externos http://www.casanazarena.com.br/