Língua istriota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Istriota (Istriot)
Outros nomes: bumbaro, vallese, rovignese, sissanese, fasanese, gallesanese
Falado em: Croácia
Região: Europa
Total de falantes: 1000 - 2000
Família: Indo-europeia
 Itálica
  Românica
   Ítalo-ocidental
    Ítalo-dálmata
     Istriota
Regulado por: -
Códigos de língua
ISO 639-1: -
ISO 639-2: roa
Mapa etno-linguística austríaca pre 1918: o termo "Italienisch" inclui todos os idiomas românicos da região: italiano padrão, friulano, triestino, istro-vêneto e istriota, excluindo somente o istro-romeno

A língua istriota é uma língua românica falada na costa oeste da península de Ístria, especialmente nas cidades de Rovinj (it. Rovigno) e Vodnjan (Dignano), na parte superor do Mar Adriático, na Croácia.

Mapa do istriota (grigio= cinzento; rosso = vermelho)

Os seus falantes nunca empregam o nome "Istriota", senão que tem seis denominações, segundo a cidade de onde vem o falante (em Dignano chama-se "bumbaro", em Bale (it. Valle) "vallese", em Rovinj "rovignese", em Šišan "sissanese", em Fažana "fasanese" e em Galižana "gallesanese"). O nome Istriota foi proposto pelo lingüista de língua italiana, mas nascido no Império austro-húngaro, Graziadio Isaia Ascoli, do século XIX.

Atualmente conserva ainda cerca de 1000 falantes e por isto considera-se uma língua em perigo de extinção.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]