Romeno meglesita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Romeno Meglesita (vlaši, meglenoromân)
Falado em: Grécia, Macedônia
Total de falantes: 5.000
Família: Indo-europeia
 Itálico
  Romance
   Oriental
    Romeno Meglesita
Estatuto oficial
Língua oficial de: --
Regulado por: --
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: ruq

História[editar | editar código-fonte]

O megleno-romeno ou meglesítico (meglenoromân), mas autodenominado vlaši é um dialeto do romeno (considerado como uma língua separada por certos língüistas), falado em alguns povoados da Grécia setentrional e por algumas pequenas comunidades dos Bálcãs.

Seu nome se deve ao distrito de Meglen, ao norte do golfo de Salônica, nas proximidades da cidade de Nanta . É também falada por grupos emigrados em Dobruja na Ásia Menor.

Dados[editar | editar código-fonte]

Os valores relativos ao número de falantes se situava, a princípio, entre 12.000 e 26.000, mas uma recente revisão (Atanasov, 1989), fixou esse número em 5.000. Devido à atitude intolerante do estado grego em relação às minorias lingüísticas, até o ponto de negar a existência das mesmas, resulta impossível obter qualquer tipo de informação fidedigna.

Fontes[editar | editar código-fonte]