Lara Fabian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lara Fabian
Lara Fabian.jpg
Informação geral
Nome completo Lara Sophie Katy Crokaert
Também conhecido(a) como Laroutcha
Nascimento 9 de Janeiro de 1970 (44 anos)
Origem Etterbeek
País Bélgica Bélgica
Gênero(s) pop
Instrumento(s) vocal, piano
Período em atividade 1986 - atualmente.
Gravadora(s) 9 Productions / Warner Music
Página oficial www.LaraFabian.com

Lara Fabian, nome artístico de Lara Sophie Katy Crokaert (Etterbeek, 9 de janeiro de 1970), é uma cantora, compositora e letrista ítalo-belga-canadense de língua francesa. É aclamada por muitos como uma das mais belas vozes femininas do mundo e apesar de ter o francês como língua da maioria de suas canções, já gravou e cantou em inglês, italiano, espanhol, grego, alemão, português, russo, hebraico, turco e latim.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Lara Crokaert, seu verdadeiro nome, nasceu no dia 9 de Janeiro de 1970 em Etterbeek (Bruxelas). Seu pai é da Bélgica e sua mãe da Sicília (Itália). Lara passou os cinco primeiros anos de sua vida na Sicília, próximo ao grande vulcão Etna, um local cheio de história. Em 1975, de volta à Bélgica, ela prosseguiu com seus estudos muito sériamente. No dia 6 de Dezembro de 1978, no dia de St-Nicolas, ela recebeu seu primeiro incentivo musical, quando seus pais lhe deram de presente um piano. Para esta jovem artista, um sonho se torna realidade. Um piano...

A partir deste momento, ela começou a compor suas primeiras melodias e, com sua voz mágica, ela já conseguia cantar as músicas que ouvia no rádio.

Nesta mesma época ela começou a ter aulas de canto. Seu pai a ajudava a se apresentar em pequenas salas em Bruxelas e nas redondezas. Ele também a incentivou a participar em concursos de amadores. Em 1986, após ganhar o concurso Le Tremplin de Bruxelles, ela teve a oportunidade de gravar seu primeiro single. A música, chamada L'Aziza est en pleurs (Aziza está em prantos) (com Il y avait no lado B), era dedicada a Daniel Balavoine. 500 cópias do disco foram feitas. O produtor Hubert Terheggen ouviu as duas canções e correu para ver quem era a jovem artista que, na ocasião, estava cantando no piano-bar The Black Bottom, com Marc Lerchs (o compositor das duas faixas).

Em 1988, Lara representou Luxemburgo no Festival Eurovisão da Canção 1988, em Dublin, com o tema Croire (que em português significa Acreditar) acabando em um respeitável quarto lugar,no mesmo ano que Céline Dion, ganharia e também teria um impulso em sua carreira. Este resultado impressivo,deu um impulso definitivo em sua carreira, fazendo-a abandonar definitivamente seus estudos de direito para dedicar-se a tempo integral à música. Após o Eurovision, Lara gravou seu segundo single, 'Je Sais' (em dueto com Franck Olivier), e pela primeira vez foi ao Québec (Canada) para promover a canção. Foi amor à primeira vista com o país. De volta à Bruxelas, ela só tinha uma coisa em mente: voar de volta, do outro lado do Atlântico, o mais rápido possível e seduzir o Québec assim como ela havia sido seduzida por ele. Conhecer Rick Allison foi muito importante para o desenrolar de sua carreira. Uma noite, com um amigo, Lara foi ao Crescendo, um piano-bar em Bruxelas. Rick tocava muito bem o piano. Lara se aproximou dele e começou a cantar quando ele tocava a canção 'Summertime'. A harmonia dos dois foi tanta que ambos decidiram abandonar tudo e suas vidas na Bélgica para tentar a sorte no Québec. Seu primeiro álbum foi lançado em 1991 (produzido por seu pai) e muito aclamado por todos 'Le Jour Où Tu Partiras' e 'Qui Pense à L'amour' foram duas canções importantes. A partir daí as coisas aconteceram muito rápido: ela foi nominada ao Felix (uma espécie de Victoires de la Musique ou Grammy, em Québec), gravou a canção 'Laisse-moi Rêver'( deixe-me sonhar) para a trilha do filme La Neige et Le Feu ( A Neve e o Fogo), de Claude Pinoteau, em 1991, e fez uma turnê por todo o Canada durante dois anos.

Já em 1994, é lançado seu segundo álbum, Carpe Diem, que é certificado três vezes como disco de platina. O disco trouxe sucessos como Tu t'en vas e Je suis malade, ganhando prêmios Félix e Junos no Canadá. Em 1° de julho de 1995 Lara Fabian adquire a nacionalidade canadense. Em 1996, alguns meses após se tornar cidadã canadense e um estrondoso sucesso de sua turnê Sentiments Acoustiques, ela foi escolhida pelos estúdios Walt Disney para emprestar sua voz à personagem Esmeralda na dublagem canadense do filme O Corcunda de Notre Dame, assim como gravação da trilha, com a canção 'Dieu Aide Les Exclus'( Deus ajuda os excluidos).

Depois de ter assinado contrato com a Polydor, é lançado em setembro de 1996 seu terceiro álbum intitulado Pure. Este foi certificado como disco de platina apenas duas semanas após seu lançamento e também trouxe recompensas nas premiações Félix (melhor álbum popular) e Junos (melhor álbum francófono). Na Europa, Pure foi lançado apenas em junho de 1997, mas não deixou de ser um fenômeno vendendo mais de dois milhões de cópias depois do sucesso de Tout, Je t’aime, Humana e La différence.Tout', 'Je T'aime', 'Humana' e 'La Différence' permitem que o disco alcance um grande fenômeno,o que lhe rende um World Music Awards.A jovem cantora apareceu em todo lugar nesse meio tempo: programas de TV, rádio, jornais, revistas e no palco do Le Stade de France com o cantor Johnny Hallyday, com a canção 'Requiem pour un fou'. Então ela partiu para uma turnê pelos países europeus francófonos.No dia 20 de Fevereiro, no palco do Olympia, ela recebe o Victoire de La Musique como Revelação do Ano de 1998. Lara definitivamente prova sua popularidade ao receber como homenagem uma réplica em cera no Museu de Cera Grévin. No início de 1999 um disco ao vivo, um testemunho em áudio dos concertos, alcança o primeiro lugar em vendas no dia do lançamento.

Intitulado simplesmente Lara Fabian, o seu primeiro álbum em inglês é lançado em 1999. A cantora, influenciada por Barbra Streisand, confirma seus dotes vocais excepcionais, mais particularmente com 'Adagio'(versão do famoso Adagio de Albinoni. Lara gravou um belíssimo especial de tv, o nunca oficialmente lançado From Lara With Love, onde apresentou canções do disco atual em inglês além de inesquecíveis interpretações para canções como Perdere l'amore, Caruso (Considerada por muitos a melhor versão feminina da canção) e a clássica Je suis malade, que é um dos vídeos mais acessados da Lara até os dias atuais. Com isso Lara Fabian conquista o mercado estadunidense, tendo a canção I will love again alcançado o número um nos charts da Billboard. Os outros singles: I am who I am, Love by grace e Quédate foram os responsáveis por confirmar sua popularidade em países como Brasil, Portugal e Espanha. A música Love by grace fez enorme sucesso no Brasil por ter sido tema da personagem Camila (Carolina Dieckmann) enquanto ela lutava contra a leucemia, na novela Laços de Família, exibida pela Rede Globo de 2000 a 2001.No fim de Março de 2001 Lara voa até o Brasil para conhecer o sucesso que a canção 'Love By Grace' alcança, e doa todos os direitos e arrecadações da canção para o Instituto Nacional do Câncer. Outra música que foi tema de novela O Clone foi Meu grande amor, versão que Lara gravou em português da música Si tu m'aimes que já tinha sua versão em inglês, To love again.

No ano seguinte ela gravou duas canções para filmes. A canção For always, dueto com Josh Groban, foi tema do filme AI – Inteligência Artificial, do renomado diretor Steven Spielberg. E para o filme Final Fantasy, Lara gravou The dream within.

No segundo semestre de 2001 é lançado o single 'J'y Crois Encore', do álbum Nue, e após os sucessos de 'Immortelle' e 'Aimer Déjà', é a vez de divulgar o dueto com Maurane 'Tu Es Mon Autre'. Graças à incrível reação positiva das pessoas com o disco Nue, Lara volta aos palcos (após massivas críticas da imprensa sobre sua voz e suas intenções como artista, ao lançar seu disco em inglês e tentar 'o sonho americano').

Mas Lara também aprecia atmosferas mais íntimas. Em 2003 o CD e DVD ao vivo En Toute Intimité confirma este sentimento. Numa atmosfera aconchegante Lara apresenta seus maiores sucessos, assim com sucessos de outros. Originalidade em dobro: arranjos acústicos incríveis, que podemos chamar de neo-romanticos (píano e cordas), uma brilhante versão de 'Comme Ils Disent' (de Charles Aznavour), uma performance estremecedora de 'Addio del Passato' (La Traviata) e uma homenagem à Michel Berger e ao time de Luc Plamondon, com um medley do musical 'Starmania'.

Após algum tempo sem lançar discos gravados em estúdio, no ano de 2004, depois de dois discos ao vivo, Lara Fabian volta a lançar um álbum em inglês. A wonderful life traz algumas versões em inglês de canções lançadas em 2001 no disco Nue, como Silence (inglês) versão da música de mesmo nome Silence (francês) e I've cried enough versão de J'y crois encore. Mais uma vez Lara tem suas músicas em novelas brasileiras. The Last Goodbye, que era o tema da personagem Moa (Alinne Moraes) na novela Da Cor do Pecado e I Guess I Loved You, que era o tema do romance de Viriato (Marcello Antony) e Maria Eduarda (Débora Falabella) na novela Senhora do Destino, ambas da Rede Globo.Neste mesmo ano ela grava outro dueto: The Alchemist, com o tenor inglês Russel Watson. Ainda em 2004 Lara participa, ao lado outros renomados cantores (Kevin Kline, Ashley Judd, Jonathan Pryce, Alanis Morissette, Natalie Cole, Sheryl Crow, Robbie Williams e Mario Frangoulis), de um filme, Delovely, de Irwin Winkler, uma comédia musical que retrata a vida do compositor Cole Porter. Para o filme Lara gravou a música So in love.

Em Março de 2005, lança o álbum '9' (inteiramente co-escrito por Lara). Adorado por uns e odiado por outros, o álbum mostrou uma evolução efetiva na música que ela costuma oferecer. De Setembro de 2005 à Junho de 2006 Lara esteve em turnê por toda a França e países ao redor. Seu show Un Regard 9, posteriormente lançado em CD e DVD foi um grande sucesso, como de costume com belíssimas interpretações, destacando-se o registro de um medley em homenagem à Barbra Streisand (Papa, can you hear me e A piece of a sky) e o registro ao vivo de I guess I loved you, do álbum A wonderful Life, onde Lara canta sentada no piano. E após a turnê Lara partiu em divulgação em novos países, como Rússia e outros no Leste Europeu.


Após uma pequena pausa em sua carreira, com o nascimento de sua primeira filha com seu ex-companheiro Gérard Pullicino, Lou, nascida em novembro de 2007, e no primeiro semestre de 2008 faz uma pequena turnê de poucos dias no leste europeu, na Rússia, Grécia e Ucrânia. Neste ano, também participou, em Paris, do 60º aniversário da independência de Israel, cantando a tradicional canção hebraica Hurshat ha Eucalyptus (חורשת האקליפטוס), um clássico do repertório israelense, que desde então passou a interpretar em inúmeros de seus espetáculos, inclusive em shows seus em Tel Aviv e Jerusalem, nos quais foi muito bem recebida pelo público. (Fonte: http://www.lastfm.com.br/event/1386603+Lara+Fabian+en+Israel)

Nesse ano de 2009 Lara lançou seu novo cd Toutes Les Femmes en Moi, um cd de regravações de canções de todas as cantoras que influenciaram sua vida. O cd inclui músicas de Edith Piaf e Celine Dion. Todas em Francês.

Em setembro de 2009 inicia a turnê Toutes Les Femmes en Moi Font Leur Show. Um show inovador na carreira da Lara, com efeitos em hologramas e 21 canções, dentre elas um medley de desenhos animados, Alléluia, a maior parte das canções do TLFM, uma versão acústica de La Difference, um cover de Ginette Reno da canção J'ai Besoin de Parler, Adagio e algumas canções de seu disco seguinte, Every Woman in Me. Juntamente com a turnê "Toutes Les Femmes en Moi Font Leur Show", ela lança seu disco seguinte, chamado EWIM - Every Woman in Me, a "versão" em inglês do TLFM, desta vez com as cantoras que a influenciaram no idioma Inglês, como Diana Ross, Joni Mitchell, Annie Lennox, Bette Midler, Sarah McLachlan, entre outras. O disco, um "presente para os fãs", de acordo com ela, foi vendido entre os itens de merchandising dos shows e, mais tarde, em algumas lojas devido ao enorme sucesso de críticas que o disco recebeu. Hoje em dia o mesmo só se encontra disponível à venda apenas no site da cantora.

Lara em 2010 lançou mais um álbum, o Mademoiselle Zhivago , uma mega-produção em parceria com Igor Krutoi (Um produtor russo bem-sucedido e famoso no país). O álbum tem canções em Francês, italiano , inglês, espanhol e russo. Foi lançado em 25 de Outubro de 2010, na Ucrânia e na Rússia e em 2012 na Europa. A versão Europeia do Mademoiselle Zhivago trouxe um box exclusivo com a maioria das músicas do disco já lançadas na Rússia e Ucrânia, incluindo duas faixas bonus: Always e Je T'aime Encore, além do DVD com o Show que Lara deu no Kremlin de Moscou em Novembro de 2010. Demain N'existe pas (Francês) , Toccami (Italiano), Madeimoselle Hyde (Inglês), Mr. President (Inglês), Vocalize (instrumental), Llora (Espanhol) e Russian Fairy tale (Francês)são algumas músicas do cd que fez um sucesso enorme no leste europeu onde Lara se tornou uma super estrela da música nos últimos anos. Ainda em 2010 Lara iniciou a sua turnê do álbum apenas na Ucrânia e Russia, os shows foram acompanhados por uma orquestra e foi sucesso de crítica e público.

Ainda em 2010, Lara iniciou as gravações do Filme Musical Mademoiselle Zhivago, um projeto de Igor Krutoy que trazia as canções do álbum Mademoiselle Zhivago representadas em histórias interligadas entre si protagonizadas por Lara Fabian. Igor escolheu o diretor ucraniano Alan Badoev para dirigir o projeto. O projeto custou o equivalente a 2 milhões de dólares.

Ainda em novembro de 2010 foi lançada a primeira coletânea oficial de Lara Fabian, o Best of, inicialmente uma edição limitada saiu em versão tripla (2 cds e um dvd, além e um belíssimo livreto de fotos), trazendo os sucessos da carreira como Je t'aime, Si tu m'aimes, Tout, Je suis malade, La différence, Immortelle, I will love again, Adagio, I guess i loved you, e duas canções inéditas (On s'aimerait tout bas e Ensamble- esta última em dueto póstumo com Ray Charles). Logo em seguida o cd versão dupla também foi colocado à venda.

Em janeiro de 2011 foi lançado separadamente o show originado do cd TLFM, gravado na Bélgica. O show traz canções do cd TLFM e também do EWIM. Além de um medley dos maiores sucessos da carreira da Lara e fechando com Adagio. O show recebeu o nome de Toutes Les Femmes En Moi Font Leur Show. É o mesmo show lançado juntamente com o Best Of, de 2010.

Ainda em 2011, Alan Badoev o diretor do Musical Mademoiselle Zhivago que havia sido gravado em 2010 divulgou o primeiro trailer do projeto em que Lara acabou rejeitando o projeto final, afirmando que o filme concluído não correspondia a sua visão do projeto.

Também em 2011, porém apenas para a Rússia e Ucrânia foi lançado o show Lara Fabian Ao Vivo Em Kremilin, gravado em 2010, trazendo todas as canções do álbum Mademoiselle Zhivago, além de emocionadas interpretações para Adagio, Broken Vow e Je Suis Malade, aplaudida de pé pelo público presente.

Ainda em 2012, Lara iniciou a turnê Best Of no Leste Europeu passando por vários países e com datas de shows em várias cidades da Ucrânia e Rússia. Com o sucesso da turnê Best Of, a turnê foi estendida até março de 2013 que teve seu encerramento em um show na cidade de Saratov na Rússia.

No final de março de 2013, o diretor ucraniano Alan Badoev finalmente anuncia o lançamento do Musical Mademoiselle Zhivago que havia sido gravado em 2010 para o mês de abril de 2013. Lara Fabian e Alan Badoev finalmente chegaram a um acordo e resolveram lançar o filme em uma premiere em salas de cinema em Kiev na Ucrânia e Moscou na Rússia e no mesmo mês o Filme foi lançado na Internet através do canal ELLO no YouTube para o mundo inteiro. O filme foi dividido em 8 histórias diferentes protagonizadas por Lara com músicas do seu álbum Mademoiselle Zhivago.

No dia 15 de abril de 2013, Lara lança seu mais recente disco em francês intitulado Le Secret. O cd duplo traz 17 canções que se ligam entre elas com interludes musicais. São 16 canções em francês e 1 canção em inglês. O álbum é um sucesso de crítica na França, e conseguiu atingir a posição 1 entre os álbuns mais vendidos em sua primeira semana de lançamento. O álbum também conseguiu ótimas posições nos charts da Bélgica. Lara ainda recebeu alguns discos de ouro pelo sucesso de vendas do álbum na França e na Bélgica.

No final de junho de 2013, Lara Fabian anuncia em sua página oficial do Facebook que se casou com o mágico italiano Gabriel di Giorgio, postando uma foto em uma cerimônia discreta realizada na Sicília, uma grande surpresa para a mídia e seus fãs.

Lara deu início a sua nova turnê mundial "Le Secret" em setembro de 2013. Em outubro de 2013, o álbum "Le Secret" também é lançado no Canadá, trazendo no disco 2 uma faixa bônus da música "Deux ils, deux elles" remixada pela canadense Mistress Barbara. Devido o grande sucesso do álbum, o "Le Secret" ainda será lançado no dia 11 de novembro de 2013 em uma nova edição "Colecionador" onde traz além de uma nova capa e o cd duplo, um DVD inédito com vários bônus em áudio e vídeo, incluindo o áudio do dueto inédito feito com a cantora italiana Laura Pausini na música "Io Canto / Je Chante", com partes em italiano e francês. A música também entrou para o novo CD de Laura Pausini o famoso "20 - The Greatest Hits" lançado na mesma época do "Le Secret" edição Collector.

Em 2013 a turnê "Le Secret" passou por cidades da França, Bélgica, Rússia, fechando com o último show do ano em 27 de dezembro, com ingressos esgotados meses antes do dia do show no Carnegie Hall, uma das mais famosas casas de espetáculos de Nova York nos Estados Unidos, onde Lara foi muito bem recebida e aplaudida pelo público americano e fãs que vieram de outros países para prestigiá-la. Ainda em 2013 Lara foi forçada a cancelar e adiar algumas datas da turnê devido um problema que adquiriu no ouvido interno, um acidente havia ocorrido por volta de abril de 2013 durante uma gravação em um estúdio de TV em que um técnico de som, por acidente, enviou uma frequencia de som muito forte que fez com que Lara caísse no chão, o choque de som causou problemas no ouvido que foram agravados com o tempo. Daí surgiu a reformulação de datas da turnê que deu resultado a adiamentos e cancelamentos, pois a recuperação exigia repouso e evitar a exposição de sons altos por muito tempo.

Em janeiro de 2014, Lara recomeça a turnê e passa por algumas cidades do Canadá. Ainda é divulgado na mídia que Lara não estaria no júri da segunda temporada do reality show "The Best, le meilleur artiste" e que o convite teria sido recusado por ela mesma para poder se dedicar mais aos seus projetos musicais. O último show da turnê "Le Secret" foi realizado por Lara foi na cidade de Toronto no dia 13 de janeiro de 2014. No dia 17 de janeiro de 2014, Lara Fabian anuncia oficialmente em um vídeo gravado e postado em sua página oficial do Facebook o cancelamento definitivo da turnê, que deveria passa ainda por várias cidades e países até outubro de 2014 devido o agravamento do seu problema no ouvido interno que poderia se tornar irreverssível caso ela não viesse a se tratar rapidamente. Poucos dias depois é lançado mais um single, uma nova versão da música "La Vie Est Là" remixada com arranjos diferentes da versão original do CD e é colocada à venda digitalmente no iTunes em vários países.

Depois de curada do seu problema no ouvido interno, finalmente Lara retoma com sua carreira musical aos poucos. A primeira apresentação depois de seu afastamento foi em julho de 2014, no Festival New Wave em Jurmala, na Letônia, onde Lara apresentou duas músicas inéditas em francês "Running" e "Furious" (com os títulos em inglês), novamente em parceria com Igor Krutoy. Algumas datas de shows na Europa são anunciadas para outubro de 2014 na agenda de seu site oficial.

Em 3 de agosto de 2014 é lançado o EP com cinco faixas do novo single conjunto da Lara com o cantor turco Mustafa Ceceli, a música "Make Me Yours Tonight / Al Götür Beni" cantada em duas versões, turco e inglês. O EP do single foi lançado em versão física exclusivamente para a Turquia e disponibilizada digitalmente para o resto do mundo através do iTunes. No dia seguinte é lançado o clipe da canção, nas duas versões, turco e inglês na conta oficial da Lara Fabian no YouTube.

Lara anunciou em uma entrevista recente que atualmente está preparando dois álbuns paralelos. Um álbum em inglês com uma música em italiano e outro em francês também com uma música em ialiano, tudo previsto para a próxima primavera em 2015. Mas ainda há rumores do lançamento de um outro disco produzido pelo compositor e produtor russo Igor Krutoy, provavelmente voltado para a Rússia e o Leste Europeu, que já havia sido comentado, mas ainda sem data de lançamento prevista.

Voz[editar | editar código-fonte]

Lara possui um registro vocal de 4,2 oitavas sendo considerada um Soprano Lírico. Nas suas performances, Lara consegue emitir notas agudas e graves desde um D3 até um G#6, tendo então notas no Whistle register. E considerada por muitos artistas, como sendo uma das maiores cantoras do mundo.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles (Oficiais)[editar | editar código-fonte]

1986 :

  • L'Aziza est en Pleurs
  • Il y avait"

1988 :

  • Croire

1989 :

  • Je sais

1990 :

1991-1993 :

  • Qui pense à l'Amour
  • Je m'arrêterai pas de t'aimer
  • Réveille-toi brother

1994-1995 :

  • Je suis malade
  • Tu t'en vas
  • Si tu m'aimes
  • Leïla

1997-1998 :

  • Tout
  • Je t'aime
  • Si tu m'aimes
  • Humana
  • La Différence

1998 :

1999 :

1999-2001 :

  • Adagio
  • I Will Love Again
  • Otro amor vendrá (versão em espanhol de I Will Love Again)
  • I am who I am
  • Love by Grace
  • Meu Grande Amor (versão em português de Si tu m'aimes)
  • For Always (duo com Josh Groban)
  • The Dream Within
  • Quédate (single para o mercado sul-americano)

2001-2002 :

  • J'y crois encore
  • Immortelle
  • Aimer déjà
  • Tu es mon autre

2003 :

  • Bambina (versão violão/voz com Jean-Félix Lalanne)

2004 :

  • The Last Goodbye(unicamente às radios, não comercializado)
  • No Big Deal (unicamente às radios, não comercializado)

2005 :

  • La Lettre
  • Ne lui Parlez plus d'elle (unicamente às radios)
  • Un Ave Maria (unicamente às radios)
  • Il ne Manquait que Toi (unicamente às radios)
  • L'homme qui n'avait pas de maison

2006 :

  • Aime

2007 :

  • Un Cuore Malato (dueto com Gigi d'Alessio) (Itália)
  • Un Cuore Malato (Un Coeur Blessé) (França)

2009 :

2010 :

  • Toutes les femmes en moi (Remix by Dave Audé, Versão em francês)
  • Toutes les femmes en moi (Remix by Dave Audé, Versão em inglês)
  • On S'Aimerait Tout Bas
  • Ensemble (em dueto virtual com Ray Charles)

2012 :

  • Je T'aime Encore

2013 :

  • Deux Ils, Deux Elles
  • Danse

2014 :

  • La Vie Est Là (Remix)
  • Make Me Yours Tonight (em dueto com Mustafa Ceceli)
  • Make Me Yours Tonight (Al Götür Beni) [em dueto com Mustafa Ceceli]

Videografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 1995 : Félix de Melhor Intérprete do Ano
  • 1995 : Félix de Melhor Espetáculo
  • 1997 : Félix de Álbum Popular do Ano
  • 1998 : Victoire de la Musique de Revelação do Ano
  • 1999 : Artista com maior número de vendas no Benelux no World Music Awards
  • 2000 : Félix de Artista com maior sucesso em outro idioma que o francês
  • 2000 : Mulher sem Fronteiras no Femmes en Or
  • 2001 : Artista com maior número de vendas no Benelux no World Music Awards
  • 2005 : Étoile Chérie FM Melhor cantora do Ano

Autor-compositor[editar | editar código-fonte]

Lara Fabian escreveu e/ou compôs mais de 50 canções para seus próprios álbuns. Ela também escreveu para outros artistas, como por exemplo:

Ela também escreveu e compôs para Roland Karl, Mario Pelchat e alguns mais.

Diversos[editar | editar código-fonte]

Lara teve seu sonho de ser mãe realizado em 20 de Novembro de 2007, quando deu à luz sua filhinha Lou. O papai que hoje é ex-marido da Lara é o produtor Gérard Pullicino.

Lara fala fluentemente o francês, o inglês, o italiano e o espanhol, além de arriscar um pouco de flamenco.

Ela já gravou várias canções em espanhol e italiano e já cantou em alemão (Glaub - cujo título em francês é Croire), em português (Meu grande amor),latim (Ave maria de schubert) e Hurshat ha Eucalyptus em Hebraico.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]