Margarida de Angoulême

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Margarida de Angoulême
Rainha de Navarra
Marguerite d'Angoulême by Jean Clouet.jpg
Margarida de Angoulême por Jean Clouet, 1527
Governo
Consorte Henrique II
Carlos IV de Valois, Duque de Alençon
Casa Real Valois-Angoulême
Títulos Duquesa de Alençon e Berry
Condessa de Armagnac
Vida
Nascimento 11 de abril de 1492
Angoulême, França
Morte 21 de dezembro de 1549 (57 anos)
Odos, França
Filhos Joana III
João
Pai Carlos de Valois-Angoulême
Mãe Luísa de Saboia

Margarida de Angoulême (11 de abril de 149221 de dezembro de 1549), ou Margarida de Navarra como é chamada, ou às vezes Margarida de Valois, irmã do rei Francisco I, nasceu em Angoulême e morreu no castelo d’Odos, estando sepultada em Pau.

Filha de Carlos I de Valois ou Carlos d´Orléans-Angoulême (1459-1496), Conde de Angoulême, de Beaumont, Conde de Luxemburgo, Conde de Soissons, Barão de Coucy, Conde do Perigord, Governador da Aquitânia, e de sua esposa Luísa de Saboia (1476-1531) Duquesa de Angoulême 1515 e de Anjou 1516, Duquesa de Bourbon 1523-27, Duquesa de Touraine 1528, filha de Filipe II de Bresse (1438-1497) o sem terra Conde de Bresse, Duque da Savóia em 1496 e de Margarida de Bourbon (1444-1483), filha de Carlos I, Duque de Bourbon e de Brou e de Inês de Borgonha.

Margarida de Valois foi Duquesa de Alençon e Berry em 1517, de Armagnac, condessa de Rodez, de Fézensac, de L'Isle-Joudain, de Pardiac, Viscondessa de Fézenzaguet e de Lomagne e de Brulhois e de Cressey e d'Auvillars; Baronesa de Castelnau e de Caussade e de Montmiral; senhora de La Flêche e Baugé. Foi ainda Rainha de Navarra em 1527. Era ainda condessa do Perche e de Porhët e Duquesa de Berry.

Escreveu L'Heptaméron, reunião de narrativas ao modelo do Decamerão, publicada postumamente[1] .

Casamentos e posteridade[editar | editar código-fonte]

Casou em 2 de dezembro de 1509 com Carlos IV d'Alençon (2 de setembro de 1489-11 de abril de 1525 Lyon), Duque de Alençon et de Berry, Conde do Perche, filho de René e Alençon, Duque de Alençon e de Margarida de Lorena.

Casou em Saint-Germain-en-Laye em 24 de janeiro de 1527 com o rei da Navarra Henrique II da Navarra ou Henrique d’Albret (18 de abril de 1503-29 de maio de 1555 Hagetmau), rei de Navarra como Henrique I, filho de João III d'Albret e de Catarina de Foix-Béarn.

Referências

  • Anderson Magalhães, Le Comédies bibliques di Margherita di Navarra, tra evangelismo e mistero medievale, in La mujer: de los bastidores al proscenio en el teatro del siglo XVI, ed. de I. Romera Pintor y J. L. Sirera, Valencia, Publicacions de la Universitat de València, 2011, pp. 171–201.
  • Anderson Magalhães, «Trouver une eaue vive et saine»: la cura del corpo e dell’anima nell’opera di Margherita di Navarra, in Le salut par les eaux et par les herbes: medicina e letteratura tra Italia e Francia nel Cinquecento e nel Seicento, a cura di R. Gorris Camos, Verona, Cierre Edizioni, 2012, pp. 227-262.


Precedida por:
João III
Rainha de Navarra
24 de janeiro de 152721 de dezembro de 1549
Sucedida por:
Antônio de Bourbon
Precedida por:
Carlos IV
Duquesa de Alençon
Condessa de Armagnac

152521 de dezembro de 1549
Sucedida por:
ao domínio real
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Margarida de Angoulême