Melioidose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A melioidose é um nome dado a qualquer infecção causada por um bacilo gram-negativo chamado Burkholderia pseudomallei[1] . A doença possui uma alta taxa de letalidade e exige o diagnóstico e início de tratamento precoce como redutores desse risco.

É considerada endêmica de regiões do sudoeste da Ásia e nordeste da Austrália. Há relato de casos em outras regiões, embora com uma incidência bem menor, como América Central e do Sul, Oriente Médio, Pacífico e países da África.

No Brasil, a melioidose foi diagnosticada pela primeira vez no Ceará, em 2003[2] . Em 2005 houve uma nova incidência[3] , com a ocorrência de óbitos e novamente, em 2008 a doença apareceu causando a morte de um jovem de 17 anos[4] .

Ceará registra um novo caso de Melioidose no município de Granja, a 488 km de Fortaleza. O caso foi confirmado, em março de 2009 e continua sob investigação epidemiológica, de acordo com nota técnica da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

O interesse em torno da doença tem aumentado pois a bactéria causadora pode ser utilizada para desenvolver armas biológicas. A bactéria está classificada como agente da categoria B, segundo o Centro de controle e prevenção de doenças estado-unidense.

Infecção[editar | editar código-fonte]

Os homens e animais adquirem a infecção do Burkholderia pseudomallei, o bacilo causador da melioidose, por meio do solo ou da água contaminados, através da ingestão, inoculação cutânea ou inalação.

A doença pode se apresentar em uma variedade de formas clínicas, dentre as quais as mais freqüentes são a pneumonia e a septicemia.

Já foram descritos casos em bovinos, cabras, macacos, ovelhas, animais silvestres diversos e mesmo em golfinhos. Não há, porém, registros de transmissão de animais para o homem.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • INFORME AMBIENTAL MELIOIDOSE - Estado do Ceará Secretaria de Estado de Saúde Coordenação de Vigilância, Controle e Avaliação Núcleo de Vigilância Sanitária – CBVE, Fortaleza, 2003
  • INFORME AMBIENTAL MELIOIDOSE, Estado do Ceará, Secretaria da Saúde, Coordenação de Vigilância, Controle e Avaliação, Núcleo de Vigilância Sanitária, Junho 2005
  • SENTINEL LABORATORY GUIDELINES FOR SUSPECTED AGENTS OF BIOTERRORISM Burkholderia mallei and B. pseudomallei American Society for Microbiology, 2003

Referências

  1. 1. INGLIS,T.J.J.; ROLIM,D.B.; RODRIGUEZ,J.L.N; - Clinical guideline for diagnosis and management of Melioidosis. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo.,48(1):1-4,2006.
  2. O Povo Banho em locais visitados por jovem deve ser evitado. (09/04/2008)
  3. Portal Terra Bactéria rara causa doença e morte no Ceará. (25 de junho de 2005)
  4. Diário do Nordeste Adolescente morre vítima de melioidose. (8/4/2008)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.