Dênis Marques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Denis Marques do Nascimento)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dênis Marques
Informações pessoais
Nome completo Dênis Marques do Nascimento
Data de nasc. 22 de fevereiro de 1981 (38 anos)
Local de nasc. Maceió, AL,
Nacionalidade brasileira
Altura 1,83 m
Ambidestro
Apelido DM9
predador[1]
Informações profissionais
Período em atividade 20022014 (12 anos)
Clube atual Flag of None.svg Aposentado
Número
Posição Atacante
Clubes de juventude
2000–2001 Mogi Mirim
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2002–2003
2003–2004
2004–2007
2007–2008
2009–2010
2012–2013
2014
Mogi Mirim
Al-Kuwait (emp.)
Atlético Paranaense
Omiya Ardija
Flamengo (emp.)
Santa Cruz
ABC
000011 0000(8)
00000? 0000(?)
000165 000(59)
000043 000(12)
000019 0000(6)
000073 000(41)
000020 0000(6)

Denis Marques do Nascimento, conhecido como predador (Maceió, 22 de fevereiro de 1981), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Mogi Mirim[editar | editar código-fonte]

Dênis Marques iniciou sua carreira de jogador de futebol no Mogi Mirim, clube do interior de São Paulo. Entre categorias de base e time principal, foram pelo menos três anos no clube, com destaque durante o Campeonato Paulista de 2001.

Kuwait SC[editar | editar código-fonte]

Em 2004, fez uma rápida passagem pelo futebol árabe, quando foi contratado por empréstimo pelo Kuwait SC do país homônimo, entretanto, não se adaptou e ainda naquele ano voltou ao Brasil, desta vez para defender o Atlético Paranaense. Sua transferência custou aproximadamente U$$ 700 mil para o clube paranaense.

Atlético Paranaense[editar | editar código-fonte]

O atacante chegou ao clube paranaense na condição de reserva, uma vez que o clube contava com dois jogadores para a posição: Dagoberto e Washington, o Coração Valente. Contudo, uma contusão sofrida por Dagoberto promoveu Denis Marques a condição de titular e o jogador marcou seis gols na campanha do vice-campeonato brasileiro. Em 2005, sem Washington no elenco, o atleta sagrou-se artilheiro do Campeonato Paranaense e em 2007 artilheiro da Copa do Brasil.

Omiya Ardija[editar | editar código-fonte]

Em 2007, foi contratado pelo Omiya Ardija do Japão e no país asiático, não manteve a seqüência de boas partidas, não obtendo uma vaga no time titular.

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Em 2009, foi contratado pelo Flamengo. Nesse ano foi Campeão Brasileiro, marcando 6 gols.

Em 2010, após se envolver em um acidente com seu carro, teve o contrato rescindido e ficou por um ano e meio sem jogar por um clube profissional.

Santa Cruz[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2012, Dênis Marques assinou contrato com o Santa Cruz e sua estreia ocorreu no dia 8 de fevereiro no Campeonato Pernambucano pela 8ª rodada contra o Porto de Caruaru e marcou três gols.[2] Na 21ª rodada do Campeonato Pernambucano, foi destaque na goleada de 5x0 contra o América-PE marcando três gols na partida e empatando na artilharia do campeonato.[3] Ao final do campeonato, tornou-se campeão estadual e artilheiro com 15 gols em 17 jogos. Na Copa do Brasil de 2012 atuou em 2 jogos marcando 1 gol.

Jogando o Campeonato Brasileiro da Série C pelo Santa Cruz, foi artilheiro da competição marcando 11 gols em 18 jogos.[4]

Em 2013, com contrato renovado[5], completou 50 jogos com a camisa do clube no dia 14 de abril de 2013 e a marca de 34 gols. [6]

No segundo semestre de 2013, por desavenças com o então técnico do clube, Vica, não foi muito utilizado e no final do ano acabou não renovando o contrato com o Santinha.

ABC[editar | editar código-fonte]

Em 2014, a pedido do técnico Zé Teodoro (com quem trabalhou junto no Santa no ano de 2012), e depois de seis meses parado, assinou contrato com o ABC[7] e logo na estreia, marcou seu primeiro gol no empate por 1 a 1 contra seu ex-clube, o Santa Cruz.[8] Em sua atuação no Clássico Rei, contra o América de Natal, foi decisivo e marcou dois gols na vitória por 2 a 0, encerrando um tabu de 12 jogos sem vencer o rival em jogos oficiais.[9]

Voltou a marcar diante do Atlético Goianiense numa vitória de virada por 2 a 1, que classificou o ABC para a terceira fase da Copa do Brasil.[10]

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Após sua passagem pelo ABC, jogou pelo Campinense Clube e River Atlético Clube[11] até aposentar-se dos gramados.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético Paranaense
Flamengo
Santa Cruz

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Atlético Paranaense
Santa Cruz

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências