FloripaSat-2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
FloripaSat-2
Missão
Desenvolvimento Brasil UFSC
Operação Brasil UFSC
Tipo de missão Tecnológico
Massa kg
Transponders
Beacon 437 MHz
Downlink 450 MHz
Uplink 450 MHz
Payload 401,635 MHz

O FloripaSat-2 é um nanossatélite brasileiro, ou mais especificamente, um CubeSat 2U que está sendo desenvolvido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)[1] e com previsão de lançamento em 2022. Este satélite é uma continuidade do CubeSat 1U FloripaSat-1, desenvolvido pelo mesmo grupo de pesquisa e lançado em 2019 junto com o satélite CBERS-4A.

Objetivo[editar | editar código-fonte]

O FloripaSat-2 é uma iniciativa de estudantes e pesquisadores do Laboratório de Pesquisa em Tecnologias Espaciais (SpaceLab)[2] da Universidade Federal de Santa Catarina, tendo como objetivo principal validar o funcionamento do módulo EDC[3] (Environmental Data Collector), desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Esta carga útil foi desenvolvida para CubeSats de tamanho 1U ou superior, com a função de receber sinais transmitidos por plataformas pertencentes ao Global Open coLlecting Data System[4] (GOLDS).

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O nanossatélite tem previsão de lançamento para 2022, ainda sem local ou data definidos.

Referências

  1. «FloripaSat 2». spacelab.ufsc.br. Consultado em 22 de março de 2021 
  2. «SpaceLab UFSC – Space Technology Research Laboratory of Universidade Federal de Santa Catarina» (em inglês). Consultado em 22 de março de 2021 
  3. «Environmental Data Collector (EDC)». www.inpe.br. Consultado em 22 de março de 2021 
  4. «G.O.L.D.S – Global Open Collecting Data System». Consultado em 22 de março de 2021