Isabel Alçada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Isabel Alçada
Isabel Alçada
Ministro(a) de Portugal Portugal
Período XVIII Governo Constitucional
  • Ministra da Educação
Antecessor(a) Maria de Lurdes Rodrigues
Sucessor(a) Nuno Crato
(como ministro da Educação e Ciência)
Vida
Nascimento 29 de maio de 1950 (65 anos)
Lisboa
Dados pessoais
Partido Partido Socialista
Profissão Professora e escritora

Isabel Alçada, nome literário e profissional de Maria Isabel Girão de Melo Veiga Vilar (Lisboa, Alvalade, 29 de maio de 1950), é uma professora e escritora portuguesa.

Vida[editar | editar código-fonte]

Estudou no Lycée Français Charles Lepierre e licenciou-se em Filosofia, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em 1974. Ainda estudante entrou para o Centro de Psicologia e Formação Psicoforma, em 1973. No rescaldo do 25 de Abril é admitida no Ministério da Educação, primeiro como técnica da Direção-Geral Permanente de Educação, em 1975, depois no Secretariado de Reestruturação do Ensino Secundário, até 1976. Tornou-se professora do Ensino Básico em 1976.

Depois de ter sido colega de Ana Maria Magalhães, na Escola EB 2/3 Fernando Pessoa, formou com esta uma dupla na escrita infanto-juvenil, inaugurada com Uma aventura...na cidade, em 1982. A colecção Uma Aventura revelar-se-ia um sucesso entre as camadas jovens, alcançando mais de 50 títulos editados e adaptações para televisão e cinema.

Em 1984 Isabel Alçada obteve um mestrado em Análise Social da Educação na Universidade de Boston, homologado pela Universidade Nova de Lisboa. Em 1985 tornou-se professora-adjunta da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Lisboa.

Desempenhou os cargos de membro do Conselho Diretivo da Escola EB 2/3 Fernando Pessoa, vogal da Direcção do Sindicato dos Professores da Grande Lisboa, administradora da Fundação de Serralves, de 2000 a 2004, e de comissária do Plano Nacional de Leitura[1] , de 2006 a 2009. .

Em 2009 foi empossada como Ministra da Educação do XVIII Governo Constitucional.

A 17 de Janeiro de 2006 foi feita Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.[2]

Casou primeira vez em Lisboa a 30 de Maio de 1968 com Fernando António de Figueiredo Alçada, de quem tem uma filha, Vera Veiga Alçada, casada com Rui ... e com um filho natural de António Rodrigues Prazeres Falcão de Campos.

É casada segunda vez, desde 5 de Julho de 2002, com Rui Vilar.

Referências

  1. http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt
  2. Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2015-05-31. "Resultado da busca de "Isabel Alçada"."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedida por:
Maria de Lurdes Rodrigues
Ministra da Educação
XVIII Governo Constitucional
2009 – 2011
Sucedida por:
Nuno Crato
(como ministro da Educação e Ciência)