Alberto Martins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alberto Martins
Retrato oficial de Alberto Martins, 2009
Ministro(a) de Portugal Portugal
Período XIV Governo Constitucional
  • Ministro da Reforma do Estado
    e da Administração Pública
Período XVIII Governo Constitucional
  • Ministro da Justiça
Vida
Nascimento 25 de abril de 1945 (71 anos)
Guimarães
Dados pessoais
Partido Partido Socialista
Profissão advogado e político

Alberto de Sousa Martins GCL (Guimarães, 25 de abril de 1945), é um advogado e político português, tendo exercido o cargo Ministro da Justiça, de 2009 a 2011.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Alberto Martins nasceu a 25 de abril de 1945, em Guimarães, distrito de Braga.

Cresceu em Guimarães, numa família ligada ao sector têxtil, tendo o pai, Alberto da Silva Martins (1923—2002), chefiado os serviços do Sindicato Têxtil do Minho e Trás-os-Montes e Alto Douro.

Licenciou-se em Direito, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Enquanto estudante foi presidente da Direcção-Geral da Associação Académica de Coimbra, em 1969, desencadeando a "crise académica de 1969", o que lhe custou a prisão. Também em finais da década de 60, Alberto Martins foi repúblico na Real República dos Pyn-Guyns.

Depois do 25 de Abril de 1974 aderiu ao Partido Socialista, que o elegeu deputado à Assembleia da República nas V, VI, VII, VIII e IX Legislaturas. Foi líder da bancada parlamentar do PS, até 2009. Ocupou os cargos de Ministro da Reforma do Estado e da Administração Pública no XIV Governo Constitucional (1999-2002) e de Ministro da Justiça no XVIII Governo Constitucional (2009-2011).

Publicou os livros Novos direitos do cidadão (1994) e Direito à cidadania (2000).

Alberto Martins recebeu a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade a 9 de Junho de 1999.[1]

É comentador na SIC Notícias.

Funções governamentais exercidas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Cargo vago
Anterior incumbente:
José Menéres Pimentel
(como ministro da Justiça e da Reforma Administrativa)
(1981–83)
Ministro da Reforma do Estado
e da Administração Pública

XIV Governo Constitucional
1999 – 2002
Sucedido por
Cargo vago
Titular seguinte:
Rui Medeiros
(2015–presente)
(como ministro da Modernização Administrativa)
Precedido por
Alberto Costa
Ministro da Justiça[2]
XVIII Governo Constitucional
2009 – 2011
Sucedido por
Paula Teixeira da Cruz

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Alberto Martins". Presidência da República Portuguesa (Ordens Honoríficas Portuguesas). Consultado em 2014-05-19. 
  2. «Ministros da Justiça». Governo de Portugal / Ministério da Justiça. Consultado em 5 de Dezembro de 2013. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.