Leonel Tavares Miranda de Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o ciclista português, veja Leonel Miranda.
Leonel Tavares Miranda de Albuquerque
Nascimento 29 de julho de 1903
Morte 14 de abril de 1986 (82 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação psiquiatra

Leonel Tavares Miranda de Albuquerque (Pitimbu, 29 de julho de 1903Rio de Janeiro, 14 de abril de 1986) foi um médico psiquiatra e político brasileiro.

Filho de Manoel Miranda de Albuquerque Mello e Heloísa Tavares de Albuquerque Miranda. Formou-se em medicina em dezembro de 1927, na cidade do Rio de Janeiro, então capital do país. Foi casado com Mercedes Gross Miranda, com quem teve os filhos Maria Helena e Carlos.

Foi ministro da Saúde nos governos de Costa e Silva e da Junta Governativa Provisória de 1969, de 15 de março de 1967 a 30 de outubro de 1969.

Foi diretor-presidente da Casa de Saúde Dr. Eiras (Rio de Janeiro/RJ), criador do Instituto Clínico Madureira (Rio de Janeiro/RJ) e fundador da Comunidade Terapêutica de Paracambi (Rio de Janeiro/RJ).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Raimundo de Moura Britto
Ministro da Saúde do Brasil
1967 — 1969
Sucedido por
Francisco de Paula da Rocha Lagoa


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.