Roda a Roda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Roda a Roda Jequiti)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto.

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e dire(c)ta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

Roda a Roda
Informação geral
Formato Game show
Duração 30 minutos
País de origem EUA
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Silvia Abravanel
Produtor(es) Marcos Chaves Balbuena
Apresentador(es) Silvio Santos
Patrícia Abravanel
Luis Ricardo e Rebeca Abravanel
Narrador(es) Lombardi (2003–2009)
Patrícia Salvador (2010–2012)
Elenco Patrícia Salvador (2003–2012)
Liminha (2012)
Patrícia Abravanel
Luís Ricardo
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil SBT
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 13 de outubro de 2003
Cronologia
Programas relacionados Roletrando
Wheel of Fortune

Roda a Roda foi um game show exibido no Brasil pelo SBT. Era apresentado originalmente por Silvio Santos e Patrícia Salvador aos sábados, sob o patrocínio da Chevrolet na 1ª temporada em 2003, do Baú da Felicidade na 2ª temporada em 2005 e até abril de 2006, da Johnson & Johnson na 3ª temporada de maio a julho de 2006 e da Jequiti na 4ª temporada de 2008 a 2016.

O Início[editar | editar código-fonte]

O programa piloto foi exibido no dia 3 de outubro de 2003, e contou com a participação de Hebe Camargo,Ratinho e Hermano Henning.[1]

Chevrolet[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de outubro de 2003 a versão do programa patrocinado pela GM, onde todo dia eram sorteados carros. Para participar do programa, a pessoa deveria ir a um dos pontos de vendas Chevrolet, onde uma visita equivalia ao ganho de um cupom e um teste drive dava direito a dois cupons. Na compra de um carro, o número de cupons recebidos equivalia ao valor do veículo dividido por 100. O presidente da GM na época informou na edição de 04/01/2004, que foram recebidos mais de 10 milhões de cupons, superando todas as expectativas. [2]

Johnson & Johnson[editar | editar código-fonte]

Para comemorar 72 anos no Brasil, a empresa Johnson & Johnson fez uma parceria com o programa como estratégia para aumentar a distribuição e venda dos seus produtos. A cada produto comprado, os clientes ganhavam cupons de acordo com o preço. O primeiro programa com a parceria da marca foi ao ar entre 15 de maio e 11 de agosto de 2006.[3]

Edição de segunda à sexta[editar | editar código-fonte]

Patrícia Abravanel brinca com três participantes, da brincadeira das palavras. Seu assistente, Liminha, apresentava ao seu lado e os dois se revezam para dar dicas da palavra. Quem acertava, ganhava uma quantia em dinheiro. Quem ficava em primeiro lugar em reais ganhos, vai para a final, podendo ganhar o prêmio máximo. Os participantes eram, na primeira temporada, clientes da Chevrolet sorteados através de uma ação promocional da empresa em conjunto com o SBT. Na segunda temporada, os compradores de produtos da marca Johnson & Johnson participavam do programa.[4] Na terceira temporada, compradores do carnê do Baú da Felicidade eram os participantes. A Vimave, a Tele Sena, o PanAmericano e o Hotel Jequitimar Guarujá, todas empresas do Grupo Silvio Santos, também patrocinaram esta temporada. Na última temporada (2008-2012) os representantes da Jequiti levavam os seus clientes e podem ganhar até 1 milhão de reais para cada dupla. Foram dados 5 prêmios de R$1 milhão, fazendo do Roda a Roda o programa que mais deu prêmios em dinheiro na história da televisão brasileira.

No dia 9 de maio de 2012, o SBT anunciou que o Chaves voltaria a pedido do fã-clube do seriado, por causa da campanha Volta Chaves do Pânico na Band e também pela baixa audiência do horário.

Roda a Roda Jequiti[editar | editar código-fonte]

O SBT lançou, em 6 de setembro de 2008, o programa Roda a Roda Jequiti. O formato é o mesmo, tem os mesmos apresentadores, mas dessa vez os participantes são compradores e vendedores de produtos cosméticos da marca Jequiti, do Grupo Silvio Santos. Um dos principais objetivos desse programa é aumentar a popularidade da marca. O programa, na sua estreia, ia ao ar aos sábados, às 18h45, com duração de 60 minutos. Depois o programa passou para as 19h15. A partir do dia 10 de maio de 2009, passa a ser exibida a reprise, aos domingos às 13h15: o motivo da reprise é o fim do programa Tentação, além de uma promoção onde os espectadores entram no site da emissora e escolhem se querem ver o programa aos sábados ou aos domingos. Depois são sorteados 10 kits Jequiti para quem votou. Em 28 de junho passou a ser aos sábados às 19h15 e aos domingos às 16h00. A partir de 30 de agosto, com a reestreia de "Eliana" na emissora, o programa de domingo passa a ser exibido às 19h00, e a reprise aos sábados muda para as 21h15: nos dias úteis, no horário de sábado, é exibida a faixa de séries do SBT. Depois a edição de sábado passa para as 18h15, e aos domingos continua às 19h. Em junho de 2010, a edição de sábado sai do ar, continuando a ser exibido aos domingos, e os apresentadores sorteiam prêmios para o auditório. No ano de 2014 o programa começou a ser exibido também as quartas-feiras a partir das 22h15. Esta versão do programa teve sua última exibição na quarta dia 27 de janeiro de 2016.[5] Com o fim da edição as quartas o programa,desde 7 de fevereiro de 2016,permanece apenas aos domingos mesmo com a estreia do Pra Ganhar é só Rodar[carece de fontes?]

Ex-Apresentadores e Assistentes[editar | editar código-fonte]

  • Patrícia Salvador(Assistente e Apresentadora/2003-2012)
  • Dayanna Amendôla (Assistente/ 2012-2014)
  • Larissa Dias (Assistente /2012-2013)
  • Helen Ganzarolli (2012/durante licença maternidade da Salvador)

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Tipos de Rodada[editar | editar código-fonte]

No Roda a Roda há os seguintes tipos de rodada:

  • Rodada Normal: Tipo comum de rodada. Inclui somente os valores de cinquenta a mil reais, as casas Passa a Vez e Perde Tudo. O objetivo é acertar a palavra no painel. Ao acertar a palavra o participante leva todo o valor acumulado da rodada.
  • Rodada da Bolsa (extinta): Era uma rodada similar à normal, mas com a diferença de haver uma bolsa (Veja abaixo para saber sobre ela).
  • Rodada Surpresa (extinta): Consistia em seis casas com seis surpresas, que estavam no lugar dos Passa a Vez e Perde Tudo. Ao parar nessas casas resultava que o participante teria sorte ou azar de levar o valor da surpresa.
  • Rodada Aperte e Ganhe (extinta): Era a primeira palavra do jogo. Consistia em uma palavra, para a qual não eram ditas nem letras, nem pistas, e os jogadores não podiam rodar a roleta. Patrícia ia abrindo as letras continuamente. Eles tinham um botão, e o jogador que soubesse a palavra podia apertar o dispositivo. Depois de 5 segundos ele deveria dizer a palavra, e se não soubesse ou errasse ficaria fora da rodada. Ao saber e acertar, levaria mil reais. Era sempre a primeira rodada do Roda a Roda. Em 2010 havia uma variante, na qual Patrícia diz a dica, e Silvio manda quais letras ela deve abrir.
  • Rodada Final: O(s) participante(s) deve(m) dizer cinco letras (sendo 4 consoantes e uma vogal). A cada letra que o(s) participante(s) acertar(em), acrescentam mil reais, para ele(s) ou para quem está em casa. Depois de todas as letras ditas e abertas os jogadores tem 10 segundos para tentar um palpite. Ele pode acertar, errar ou admitir não saber. Se ele acertar leva 100 mil reais, além do que já ganhou nas outras rodadas, e o que está em casa leva apenas as letras acertadas e o bônus. Se errar ou não souber, o participante que está em casa ganha os 100 mil reais.
  • Rodada Rápida: Essa é a primeira rodada do jogo. Consiste em uma palavra. A roleta não roda e aquele que acerta a palavra ganha 5 mil reais. Se chamar vogais e consoantes aleatoriamente, e se o participante errar ou não souber a palavra, ele passa a vez para o jogador da direita. Ganha o direito de resposta por primeiro aquele que revelar a primeira consoante no painel.
  • Rodada do Vale Brinde (extinta): Rodada com os valores normais + a placa do vale brinde (Ver "Valores Extintos")
  • Rodada Salve-se Quem Puder (extinta): Rodada com os valores normais + o espaço de 1/3 de R$5 mil (Ver "Valores Extintos")

Valores da Roleta[editar | editar código-fonte]

A roleta do Roda a Roda possui os seguintes valores atualmente:

  • R$ 50 a 1000: Os dez valores diferentes da roleta. Ao parar num deles, o participante deve dizer uma letra. Se ele acertar a letra, leva o valor. Se tiver mais de uma letra, o valor é multiplicado pela quantidade de letras (x2; x3...). Nos primeiros anos, somente as consoantes multiplicavam os valores na roleta.
  • Passa a Vez: Passa a vez para o participante da direita.
  • Perde tudo: Perde todo o valor ganho na rodada (mas não o que já ganhou nas outras rodadas, porque este ele não perde mais), além de passar a vez para o jogador da direita.

Valores extintos[editar | editar código-fonte]

Além desses, havia outros valores que já apareceram nos programas anteriores, porém não aparecem mais hoje:

  • Bolsa: Ao cair num valor desses, o participante dizia uma letra. Se acertasse levava a bolsa com o valor, se errasse não levava. A bolsa ia acumulando valor. Se o participante cair no Perde Tudo, deve devolver a bolsa à roleta. A bolsa começava com 2 mil reais, e apareceu nos anos de 2005 e 2006.
  • Surpresa: O valor surpresa é um valor que já existiu no programa. Quando caía neste valor, o participante deveria dizer uma letra. Se acertasse levava a surpresa, que poderia ser sorte, como Ganha Metade ou Rapa Tudo, como também valores em dinheiro e os temidos Perde Metade, Passa a Vez ou Perde Tudo. Apareceu nos anos de 2005 e 2006
  • Vale Brinde: Era uma placa que valia 400 tele senas (custo de R$2 mil na época, R$3,2 mil nos dias de hoje). Com a roleta parando no vale, e o participante dizendo uma letra correta, ele pegava o vale da roleta e o ganhava se não parasse no Perde Tudo, mesmo que outro participante resolvesse o painel. Apareceu nos anos de 2005 e 2006
  • R$ 1 Milhão: Lançada em março de 2010. Quando o participante roda a roleta e a roleta para na placa de 1 Milhão, o participante leva a placa, para concorrer a R$ 1 Milhão no fim do programa. Caso o participante esteja com a placa e a roleta pare no Passa a Vez, ou no Perde Tudo, a placa é retirada do participante. Eram colocadas 3 placas de R$ 1 milhão na roleta.
  • R$ 5 Mil: Usado na rodada "Salve-se Quem Puder", o espaço era reduzido a 1/3 do normal, cercado por 2 espaços de 1/3 com Perde Tudo. Ex: PT/$5000/PT. O espaço era cumulativo somente com consoantes, como era regra com todos os valores na época.

Referências

  1. «SBT estréia Roda a Roda». SBTPédia. 5 de outubro de 2013. Consultado em 24 de junho de 2015. 
  2. «GM vai sortear 60 carros em programa próprio no SBT». Advillage. 10 de outubro de 2003. Consultado em 6 de julho de 2015. 
  3. «Johnson & Johnson investe R$ 25 milhões em ação de marketing». Propmark. 1 de maio de 2005. Consultado em 6 de julho de 2015. 
  4. «J&J entra no Roda a Roda do SBT». Portal da Propaganda. 1 de maio de 2006. Consultado em 6 de junho de 2012. 
  5. Jhone Sousa (02/12/2015). «Silvio Santos libera vendas dos carnês do Baú; programa estreia em janeiro». 180 Graus. Consultado em 30/01/2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]