Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde dezembro de 2017).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Brasão do estado de São Paulo.svg
Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI)
Avenida Escola Politécnica, 82 - Jaguaré, São Paulo, SP - CEP 05350-000
[1]
Criação março de 1965 (52 anos)
Atual secretário Márcio França [2]

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo é uma Secretaria do Governo do Estado de São Paulo que tem como objetivo promover o crescimento econômico sustentável e a inovação tecnológica no Estado de São Paulo, com políticas públicas voltadas à geração de empregos e ao aumento da competitividade do setor produtivo.

Com foco na promoção de investimentos, a Secretaria busca atuar em parceria com o setor privado na criação de condições favoráveis ao aprimoramento da competitividade e na solução de gargalos para favorecer a economia, gerando emprego, riqueza e conhecimento.

A Secretaria é responsável pela criação de novos instrumentos de incentivo necessários para a promoção do desenvolvimento econômico sustentável de São Paulo. Para isso, também articula suas ações com outras secretarias, empresas e instituições dos governos federal, estadual e municipal.

A Pasta tem como seus principais eixos de atuação a atração de novos investimentos nacionais e internacionais para o Estado; ações em ciência, tecnologia e inovação; implantação de parques tecnológicos; instalação de incubadoras de empresas e centros de inovação; iniciativas de estímulo a Arranjos Produtivos Locais (APLs); além da expansão do acesso aos ensinos superior e profissional.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação surgiu pela primeira vez em 1965.[1] Em março de 1979, com o nome de Secretaria de Estado da Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, tinha como metas estabelecer a política econômica estadual para o desenvolvimento, além de promover, documentar e difundir a ciência e tecnologia e mobilizar e captar recursos públicos e privados, nacionais e internacionais com o objetivo de estimular as atividades produtivas nos setores básicos da economia paulista.

Após sua criação, a Pasta passou por diversas mudanças. Em 1987, foi criada a Secretaria da Indústria e Comércio. Porém, em 1988 a Secretaria foi extinta e foi renomeada para Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico.

Em maio de 2002, o turismo foi incorporado, se tornando Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico e Turismo. No mesmo ano, em junho, o Turismo saiu e passou a ter sua própria Secretaria.

No ano de 2007, a Pasta passou a ter novos objetivos, como a geração de trabalho e renda, redução das desigualdades regionais, aumento da competitividade, fortalecimento de Arranjos Produtivos Locais, Micro, pequenas e médias empresas, além do estímulo à inovação tecnológica.

Já no início de 2011, a Secretaria modificou novamente seu nome para Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. Em 2013, a nomenclatura da Pasta foi complementada com a palavra Inovação. 

Ex-secretários[editar | editar código-fonte]

  • Márcio Luis França Goes: 01 de janeiro de 2015 - atual
  • Nelson Baeta Neves Filho: 6 de abril de 2014 a 31 de dezembro de 2014
  • Rodrigo Garcia: 28 de maio de 2013 a 5 de abril de 2014
  • Luiz Carlos Quadrelli: junho de 2012 a maio de 2013
  • Paulo Alexandre Barbosa: 1 de maio de 2011 a junho de 2012
  • Guilherme Afif Domingos: 1 de janeiro de 2011 a 30 de abril de 2011
  • Luciano Almeida: 1 de maio de 2010 a 31 de dezembro de 2010
  • Geraldo Alckmin: 19 de janeiro de 2009 a 1 de maio de 2010
  • Alberto Goldman: 1 de janeiro de 2007 a 26 de janeiro de 2009
  • Maria Helena Guimarães de Castro: 1 de abril de 2006 a 31 de dezembro de 2006
  • João Carlos de Souza Meirelles: 1 de janeiro de 2003 a 31 de março de 2006
  • Ruy Martins Altenfelder Silva: 5 de junho de 2001 a 31 de dezembro de 2002
  • José Aníbal Peres de Pontes: 3 de fevereiro de 1999 a 4 de junho de 2001
  • Flávio Fava de Moraes: 7 de abril de 1998 a 3 de fevereiro de 1999
  • Emerson Kapaz: 1 de janeiro de 1995 a 2 de abril de 1996
  • Roberto Muller Filho: 12 de julho de 1993 a 2 de abril de 1994
  • Luiz Pécicles Muniz Michielin: 1 de abril de 1993 a 12 de julho de 1993
  • Luiz Carlos Delben Leite: 28 de junho de 1991 a 24 de março de 1993
  • Severo Fagundes Gomes: 15 de março de 1991 a 28 de junho de 1991
  • Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo: 14 de dezembro de 1988 a 15 de março de 1991
  • Jorge Nagle: 12 de agosto de 1988 a 14 de dezembro de 1988
  • Ralph Biasi: 28 de maio de 1987 a 14 de dezembro de 1988
  • Elizabeth Mendes de Oliveira: 29 de abril de 1987 a 28 de maio de 1987
  • Luiz Carlos Bresser Gonçalves Pereira: 15 de março de 1987 a 29 de abril de 1987
  • Einar Alberto Kok: 15 de março de 1983 a 15 de março de 1987

Referências

  1. «Secretaria de Desenvolvimento - A Secretaria». desenvolvimento.sp.gov.br. Consultado em 22 de novembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]