Afegane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O afegane,[1] afgane,[2] afegâni[1] ou afegani[1] (em pachto/dari: افغانۍ), de símbolo ؋, é a moeda que circula no Afeganistão, e é dividida em 100 pules.

Primeiros afeganes 1925-2003[editar | editar código-fonte]

O primeiro afegane (Código ISO 4217: AFA) foi introduzido em 1925, substituindo a rupia afegã. Além de ser subdividido em 100 pules, 20 afeganes tinham o mesmo valor do amani. A taxa de conversão da rupia para o afegane é em geral cotada como 1 afegane = 1,1 rupia[3] , baseada na quantidade de prata das últimas moedas da rupia e as primeiras moedas do afegane. O afegane inicialmente continha 9 gramas de prata.[4] Em 1936, o afegane foi afixado a 4 afegane = 1 rupia indiana. A partir de 1940, o afegane foi afixado em relação ao Dólar americano com as seguintes taxas [carece de fontes?]:

Valor afixado do primeiro afegane
Data de introdução Valor em doláres americanos
1940 13
1947 13,44
1948 14,17
1949 16,8
1956 20
1963 45
1982 50,6

Entre 1979 e 1982 e novamente a partir de 1992, o valor do Afegani sofreu flutuações.

Antes da invasão do Afeganistão pelos EUA, chefes militares, partidos políticos, potências estrangeiras e falsificadores fizeram suas próprias cédulas bancárias de afegane, sem se preocupar em padronizações ou mesmo honrar números de série. Em Dezembro de 1996, pouco após o Taleban tomar o controle das instituições do Afeganistão, Ehsanullah Ehsan, o chairman do Banco Central do Afeganistão, declarou que a maior parte das cédulas Afegane em circulação não tinham mais valor algum (aproximadamente 100 trilhões de afeganes) e cancelou o contrato com a firma russa que havia imprimido a moeda desde 1992. Ehsan acusou a firma de enviar novas impressões da moeda para o presidente deposto Burhanuddin Rabbani na província de Takhar, ao norte do país. A taxa de câmbio no momento da declaração de Ehsan foi de 21.000 afeganes para um dólar americano. A Aliança Norte então tinha cédulas bancárias produzidas na Rússia, que foram vendidas nos mercados de Cabul por metade de seu valor. A taxa de câmbio do afegane em abril de 2000 foi de 6400 afeganes (AFA) para um dólar americano (USD). Em 2002, a taxa foi avaliada em 43.000 AFA para cada 1 USD.

Moedas[editar | editar código-fonte]

Moeda 500 afeganes (1981) - frente.
Moeda de 500 afeganes (1981) - verso.

Em 1925, foram introduzidas as moedas de 2, 5 e 10 pules, cunhadas em bronze e latão. Também foram introduzidas a moeda de 20 pules, cunhada em amálgama, junto com ½ afegane (50 pules) e 1 afegane cunhadas em prata e 1 amani, cunhada em ouro. Em 1926 foram introduzidas as moedas de 2½ afeganes, cunhadas em prata, e 2½ amani, cunhadas em ouro. Em 1930, foram introduzidas as moedas de 1 e 25 pules, em bronze e latão, junto com a moeda 3 pules em bronze, e em 1937 as moedas de 10 e 20 pules em cuproníquel. Em 1952, foram introduzidas as moedas de 25 pules em alumínio, e 50 pules em níquel revestido a aço, seguidas em 1958 pelas moedas de 2 e 5 afeganes, em alumínio, e 1, 2 e 5 afeganes em 1963. Em 1973, a República do Afeganistão emitiu moedas de 25 pules cunhadas em latão revestido a aço, 50 pules em cobre revestido a aço e 5 afegane em cupro-níquel revestido a aço. Por último, a República Democrática do Afeganistão emitiu as moedas de 25 e 50 pules cunhadas em bronze-alumínio e 1, 2 e 5 afeganes em cuproníquel.

Cédulas[editar | editar código-fonte]

Entre 1925 e 1928, cédulas do Tesouro foram introduzidas em nos valores de 5, 10 e 50 afeganes. Em 1936, foram adicionadas cédulas de 2, 20 e 100 afeganes. O Banco do Afeganistão tomou o controle da produção de papel-moeda em 1939, emitindo cédulas de 2, 5, 10, 20, 50, 100, 500 e 1.000 afeganes. As cédulas de 2 e 5 afeganes foram substituídas por moedas em 1958. Em 1993, cédulas de 5.000 e 10.000 afeganes foram introduzidas.

Notas

  1. a b c Correia, Paulo; Gonçalves, Susana. (Primavera de 2013). "Do afegâni ao zlóti". A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41): 22. Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. ISSN 1830-7809. Visitado em 24 de maio de 2013.
  2. Formas vernáculas segundo os Dicionários Houaiss e Aurélio.
  3. Predefinição:Numis cite TMMH
  4. Predefinição:Numis cite SCWC
Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.