Won sul-coreano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Won
Dados
Código ISO 4217 KRW
Usado Coreia do Sul
Inflação 2.5%
UPI, 2008
(National Statistical Office, S. Korea)
Sub-Unidade
1/100

jeon (전/錢)
Símbolo
Plural Não Possui
Moedas ₩1, ₩5, ₩10, ₩50, ₩100, ₩500
Notas ₩1000, ₩5000, ₩10000, ₩50000
Banco Banco da Coreia
eng.bok.or.kr
Fabricante Korea Minting and Security Printing Corporation
english.komsco.com

O won sul-coreano (código: KRW), oficialmente apenas won ou, na sua forma aportuguesada, uone[1] (plural em português: wones[2] ou uones[1] ), é a moeda da Coreia do Sul desde 1962. É subdividida em 100 jeon ou chun, mas tais denominações não são mais utilizadas. O símbolo latinizado para o won é ₩, composto de uma letra W e dois traços horizontais.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Won" é um cognato de yuan (a moeda chinesa) e iene ("yen", a moeda japonesa). Todos esses nomes são derivados do carácter chinês 圓, que significa "forma redonda". O won era subdividido em 100 jeon, que significa "dinheiro".

Primeiro won sul-coreano[editar | editar código-fonte]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O won foi usado por milhares de anos. Antes do Tratado de Anexação Japão-Coreia, em 1910, e a subsequente ocupação, o won foi substituído pelo iene com cotação 1 para 1, permitindo uma inicial coexistência em circulação de moeda japonesa e coreana.

Em 1945, após a Segunda Guerra Mundial, a Coreia foi dividida, o que resultou em duas moedas separadas, ambas chamadas won. Ambos os países converteram a moeda anterior ao par. Os primeiros wons sul-coreanos foram divididos em 100 jeon. Apenas cédulas foram emitidas inicialmente e mais uma vez houve circulação conjunta de cédulas antigas e novas, assim como continuaram sendo usadas as moedas do período japonês.

Inicialmente o won sul-coreano foi vinculado ao dólar americano à taxa de 15 wones para cada dólar. Uma série de desvalorizações ocorreram durante a Guerra da Coreia.

Câmbio com o dólar do primeiro won
Data introdução Valor de 1 dólar (em wons)
Outubro de 1945 15
15 de Julho de 1947 50
1 de Outubro de 1948 450
14 de Junho de 1949 900 (Apenas para transações)
1 de Maio de 1950 1 800
1 de Novembro de 1950 2 500
1 de Abril de 1951 6 000

O primeiro won sul-coreano foi substituído pelo segundo hwan sul-coreano em 15 de Fevereiro de 1953 à taxa de 1 hwan = 100 wons.

Cédulas[editar | editar código-fonte]

Em 1946, o Banco de Joseon introduziu cédulas de 10 e 100 wones. Elas foram seguidas pelas cédulas de 5 e 1 000 wones em 1949. Os desenhos eram similares às cédulas de ienes coreanos emitidas durante a ocupação japonesa. Entanto tinham duas importantes diferenças. As notas novas substituíram a flor de Paulownia, símbolo do governo japonês na Coreia, pelo hibisco-da-Síria, de cínco pétalas, flor nacional da Coreia do Sul. A cláusula indicando a conversibilidade com a moeda japonesa também foi removida.

Um novo banco central, o Banco da Coreia, foi criado em 1950 e assumiu as emissões do Banco de Joseon. Cédulas foram emitidas (algumas com data de 1949) nos valores de 5, 10, 50, 100 e 1 000 wones. Cédulas de 500 wones foram introduzidas em 1952. Em 1953, uma série de notas com denominações em coreano e inglês foram emitidas.

Segundo won sul-coreano[editar | editar código-fonte]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O won foi reintroduzido em 9 de Junho de 1962 à taxa de 1 won = 10 hwans. Ele se tornou a única moeda local em 22 de Março de 1975 com a retirada definitiva das moedas antigas. Foi reintroduzido com o código ISO 4217 KRW e com o câmbio em relação ao dólar fixado em 1 dólar = 125 wones. Esta política de câmbio fixo se manteve entre 1962 e 1980.

Câmbio do segundo won
Data de introdução Valor de 1 dólar (em wones)
10 de Junho de 1962 125
3 de Maio de 1964 255
3 de Agosto de 1972 400
7 de Dezembro de 1974 480
12 de Janeiro de 1980 580

Em 27 de Fevereiro de 1980, foi adotada a política de taxa de câmbio flutuante. Apenas em 24 de dezembro de 1997 a flutuação do câmbio foi homologada em tratado com o Fundo Monetário Internacional. Pouco depois, durante a crise asiática o won perdeu cerca de 50% do valor.

Produção da moeda[editar | editar código-fonte]

O Banco da Coreia é a única instituição com direito de emitir cédulas e moedas na Coreia do Sul. Elas são impressas/cunhadas na KOMSCO, uma empresa estatal sob controle do Banco da Coreia, que também é responsável pelo armazenamento do dinheiro guardado em estoque.

Todo ano, próximo aos feriados de Seollal e Chuseok, os dois maiores da Coreia do Sul, o Banco da Coreia realiza a distribuição de grande quantidade de dinheiro para os principais bancos comerciais do país. Eles ficam responsáveis pela redistribuição aos parceiros e clientes.

Referências

  1. a b Henriques, Raul Pinheiro. Designação de unidades monetárias em português: Léxico e normalização linguística. Formato PDF. Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa — Departamento de Linguística Geral e Românica, 2013. Visitado em 1 de dezembro de 2014.
  2. Correia, Paulo; Gonçalves, Susana. (Primavera de 2013). "Do afegâni ao zlóti". A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41): 22. Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. ISSN 1830-7809. Visitado em 24 de maio de 2013.
Precedido por
Hwan sul-coreano
Won sul-coreano
1962
Sucedido por
(atual)
Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.