Caiçara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Caiçaras em Paraty, no Rio de Janeiro

Denominam-se caiçaras os habitantes tradicionais do litoral das regiões Sudeste e Sul do Brasil, formados a partir da miscigenação entre índios, brancos e negros e que vivem da pesca artesanal, da agricultura, da caça, do extrativismo vegetal, do artesanato e, mais recentemente, do ecoturismo.[1]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Caiçara" provém do tupi antigo ka'aysá (ou ka'aysara), que designava uma cerca rústica feita de galhos de árvores.[2]

Estilo de vida ameaçado[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o estilo de vida tradicional dos caiçaras se encontra ameaçado pela especulação imobiliária e pela pesca predatória.[3]

Referências

  1. Turismo sociocultural: comunidades caiçaras. Disponível em http://www.ecoturismoaventura.com.br/brasil/caicaras.htm. Acesso em 3 de janeiro de 2015.
  2. NAVARRO, E. A. Dicionário de tupi antigo: a língua indígena clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 210.
  3. Turismo sociocultural: comunidades caiçaras. Disponível em http://www.ecoturismoaventura.com.br/brasil/caicaras.htm. Acesso em 3 de janeiro de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre o Brasil é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.