João Anzanello Carrascoza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

João Anzanello Carrascoza (Cravinhos, 1962) é um escritor, redator de propaganda e professor universitário brasileiro.

É graduado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de São Paulo (1983), com mestrado (1999) e doutorado (2003) em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP), onde é professor desde 1993. Em 2004, passou também a integrar o programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM. Em 2013, concluiu, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), sua pesquisa de pós-doutorado sobre a interface entre a publicidade e a literatura. No meio acadêmico, publica obras sobre criação publicitária e investiga os processos retóricos do discurso publicitário e suas relações com o consumo. No mercado publicitário, foi redator durante quase três décadas, em agências como JWT, Young & Rubicam e Adag. Como escritor, vem publicando livros de contos e romance, além de obras para crianças e jovens. Estreou na literatura em 1991, com o livro infantojuvenil As flores do lado de baixo. Em 1994, publicou seu primeiro livro de contos Hotel solidão, com o qual venceu o Concurso Nacional de Contos do Paraná. Atualmente, possui mais de vinte livros publicados, que lhe valeram alguns dos mais importantes prêmios literários do país: Jabuti, Guimarães Rosa/Radio France Internationale, Fundação Biblioteca Nacional, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil e APCA.

Obras[editar | editar código-fonte]

Romance[editar | editar código-fonte]

  • 2013 - Aos 7 e aos 40, Cosac Naify
  • 2014 - Caderno de um ausente, Cosac Naify

Contos[editar | editar código-fonte]

  • 1994 - Hotel solidão, Scritta
  • 1998 - O vaso azul, Ática
  • 2002 - Duas tardes, Boitempo
  • 2004 - Meu amigo João, Melhoramentos
  • 2004 - Dias raros, Planeta
  • 2006 - O volume do silêncio, Cosac Naify
  • 2010 - Espinhos e Alfinetes, Record
  • 2011 - Amores mínimos, Record
  • 2012 - Aquela água toda, Cosac Naify

Infantojuvenil[editar | editar código-fonte]

  • 1991 - As flores do lado de baixo, Melhoramentos
  • 1992 - De papo com a noite, Scipione
  • 1995 - A lua do futuro, Ática
  • 1997 - Zoomágicos, Formato
  • 2000 - O jogo secreto dos alquimistas, Atual
  • 2002 - Quadradinha e redondela, Melhoramentos
  • 2002 - Histórias para sonhar acordado, Scipione
  • 2003 - Ladrões de histórias, Atual
  • 2003 - Aprendiz de inventor, Ática
  • 2004 - Elas/ co-autora: Ivana Arruda, Callis
  • 2005 - O menino que furou o céu, Scipione
  • 2007 - O homem que lia as pessoas, SM
  • 2008 - Meu avô espanhol, Panda Books
  • 2010 - Prendedor de sonhos, Scipione
  • 2010 - A terra do lá, Positivo
  • 2011- A vida naquela hora,scipione

Adaptações[editar | editar código-fonte]

  • 2002 - A ilha do tesouro (Robert Louis Stevenson), Scipione
  • 2003 - O médico e o monstro (Robert Louis Stevenson), Scipione
  • 2006 - Pollyanna (Eleanor Porter), Ática
  • 2009 - O livro da selva (Rudyard Kipling), Scipione

Não ficção - criação publicitária[editar | editar código-fonte]

  • 1999 - A evolução do texto publicitário: a associação de palavras como elemento de sedução na publicidade, Saraiva
  • 2002 - Redação publicitária: estudos sobre a retórica do consumo, Saraiva
  • 2005 - Razão e sensibilidade no texto publicitário: como são feitos os anúncios que contam histórias, Saraiva
  • 2008 - Do caos à criação publicitária: processo criativo, plágio e ready-made na publicidade, Saraiva
  • 2009 - Tramas publicitárias/ co-autora: Christiane Santarelli, Ática

Obras publicadas no exterior[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas - resenhas, artigos e entrevistas[editar | editar código-fonte]