Ninja Slayer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ni hon go2.png Este artigo contém texto em japonês.
Sem suporte multilingual apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de kanji ou kana.
Ninja Slayer
ニンジャスレイヤー
(Ninja Sureiyā)
Logótipo da série.
Gênero Ação, Drama, Cyberpunk
Light novel
Autor(es) Bradley Bond, Philip Ninj@ Morzez
Ilustrador(es) Warainaku
Editora(s) Japão Enterbrain
Data de publicação 29 de setembro de 2012 – presente
Volumes 16
Mangá
Escrito por Bradley Bond, Philip Ninj@ Morzez, Yoshiaki Tabata
Ilustrado por Yūki Yogo
Editora(s) Japão Kadokawa Shoten
Editora(s)
lusófona(s)
Brasil Panini Comics
Revista(s) Comp Ace
Público-alvo Seinen
Data de publicação 10 de julho de 2013 – presente
Volumes 8
Mangá
Ninja Slayer: Glamorous Killers
Escrito por Bradley Bond, Philip Ninj@ Morzez
Ilustrado por Ageha Saotome
Editora(s) Japão Enterbrain
Revista(s) B's-Log Comic
Público-alvo Shōjo
Data de publicação 1 de janeiro de 2013 – presente
Volumes 3
Mangá
Ninja Slayer Kills
Escrito por Bradley Bond, Philip Ninj@ Morzez
Ilustrado por Kōtarō Sekine
Editora(s) Japão Kodansha
Revista(s) Suiyoubi no Sirius
Público-alvo Shōnen
Data de publicação 22 de janeiro de 2014 – presente
Volumes 3
Anime
Ninja Slayer From Animation
Direção Akira Amemiya
Roteiro Akira Amemiya
Yu Sato
Música Kenji Fujisawa
Hiroshi Motofuji
Estúdio Trigger
Exibição original 16 de abril de 20158 de outubro de 2015
Episódios 26
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Ninja Slayer (ニンジャスレイヤー, Ninja Sureiyā?, lit. "Ninja Assassino") é uma série de light novel criada pelos autores americanos Bradley James Bond e Philip "NINJ @" Morzez. Depois que eles deram permissão para os tradutores japoneses publicarem no Twitter, a editora Enterbrain publicou o primeiro volume da novel traduzida em setembro de 2012, com ilustrações de Warainaku. Dezesseis volumes foram lançados até junho de 2016. Três adaptações em série de mangá da novel também foram publicadas. Uma adaptação em uma série de ONA produzido pelo estúdio Trigger e dirigido por Akira Amemiya foi ao ar de abril a outubro de 2015.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

A história se passa em uma metrópole cyberpunk de Neo-Saitama. Depois que sua esposa e filho são mortos em uma guerra territorial ninja, o assalariado Kenji Fujikido é possuído por uma alma ninja misteriosa conhecida como Naraku Ninja. O desejo de Naraku de massacrar o ninja do mal se sobrepõe a vingança de Fujikido, juntos eles são o Ninja Slayer – um ceifador aterrorizante de ninjas. Quanto maior a ligação mental e física, mais poderoso Ninja Slayer se torna. Quando Fujikido se entregar completamente a Naraku, ele será imparável.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Ninja Slayer (ニンジャスレイヤー, Ninja Sureiyā?) / Fujikido Kenji (フジキド・ケンジ, Fujikido Kenji?)

Dublado por: Toshiyuki Morikawa (japonês)[2]
Um homem que se torna ninja, a fim de matar todos os outros ninjas por vingança contra aqueles que mataram sua família. Sua alma ninja é Naraku, o Ninja.
Darkninja (ダークニンジャ, Dākuninja?) / Fujio Katakura (フジオ・カタクラ?)
Dublado por: Shō Hayami (japonês)[2]
Um ninja de alto nível que trabalha para Khan. Ele foi o responsável pelo assassinato da esposa e filho de Kenji.
Nancy Lee (ナンシー・リー, Nanshī Rī?)
Dublada por: Chiwa Saitō (japonês)[2]
Uma jornalista que procura a verdade ao e segue o Ninja Slayer. Ela tem habilidades especiais de hacker e também pode conectar-se diretamente e entrar no ciberespaço.
Yamoto Koki (ヤモト・コキ?)
Dublada por: Sora Amamiya (japonês)[2]
Uma adolescente que também é um ninja.
Dragon Yukano (ドラゴン・ユカノ, Doragon Yukano?) / Amnesia (アムニジア, Amunijia?)
Dublada por: Risa Taneda (japonês)[2]
Uma kunoichi experiente e neta de Gendoso e que ajuda o Ninja Slayer de vez em quando.
Dragon Gendoso (ドラゴン・ゲンドーソー, Doragon Gendōsō?)
Dublado por: Yōsuke Akimoto (japonês)[2]
O cabeça do Dojo Dragon e o último ninja real no Japão. Ele é o mestre do Ninja Slayer.
Laomoto Khan (ラオモト・カン, Raomoto Kan?)
Dublado por: Masane Tsukayama (japonês)[2]
Líder da organização Sokaiya.
Silver Karasu (シルバーカラス, Shirubākarasu?) / Kagi Tanaka (カギ・タナカ, Kagi Tanaka?)
Dublado por: Keiji Fujiwara (japonês)[2]
Um ninja que tem câncer e está à beira da morte.

Mídias[editar | editar código-fonte]

Light novel[editar | editar código-fonte]

Ninja Slayer foi originalmente publicado parte por parte no Twitter por "tradutores" japoneses Honda Yu e Sugi Leika, que diziam adaptar a história dos americanos Bradley James Bond e Philip "NINJ @" Morzez. Depois da série gerar uma certa popularidade, a editora Enterbrain publicou o primeiro volume traduzido em japonês, Ninja Slayer: Neo-Saitama in Flames, foi publicado em setembro de 2012.[3] Não há nenhuma evidência sobre a existência de uma cópia genuína do do original Ninja Slayer. Além disso, os criadores "Bradley Bond e Philip Ninj@ Morzez" parecem ser, na realidade, autores fictícios, inventados para criar a ilusão de uma história de fundo elaborada,[4] tanto que não é dada nenhuma biografia precisa sobre eles.

Mangá[editar | editar código-fonte]

Uma adaptação em uma série de mangá com arte de Yūki Yogo e roteiro de Yoshiaki Tabata está sendo serializada na revista Comp Ace com o lançado do primeiro capítulo em 10 de julho de 2013. Os capítulos individuais são compilados e publicados pela editora Kadokawa Shoten com 7 volumes tankōbon lançados atualmente.[5] Outra adaptação em série de mangá nomeada Ninja Slayer: Glamorous Killers (ニンジャスレイヤー グラマラス・キラーズ, Ninja Sureiyā: Guramarasu Kirāzu?) com arte de Ageha Saotome começou a ser serializada em 1 de janeiro de 2013, na revista de mangá shojo B's-Log Comic da editora Enterbrain. Três volumes tankōbon foram lançados atualmente.[6] Uma terceira adaptação em uma série de mangá nomeada Ninja Slayer Kills (ニンジャスレイヤー 殺(キルズ), Ninja Sureiyā Satsu (Kiruzu)?) é serializada na revista Suiyoubi no Sirius da Kodansha.

No Brasil, o primeiro mangá é licenciado e publicado pela editora Panini Comics desde maio de 2016.[7]

Anime[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2014, a editora Enterbrain anunciou que uma adaptação em uma série de anime da novel estaria em produção, depois foi revelado que estava sendo produzinda pelo estúdio Trigger,[8][1] Mais detalhes foram revelados durante a Anime Expo de 2014, em Los Angeles.[9] O anime, nomeado Ninja Slayer From Animation, foi dirigido por Akira Amamiya, e a música-tema foi "Back In Black" realizada pela banda Boom Boom Satellites.[10] O anime estreou na Niconico em 16 de abril de 2015, e uma transmissão na televisão foi exibida em abril de 2016.[11]

Referências

  1. a b «Inferno Cop's Amemiya to Direct Trigger's Ninja Slayer Anime» (em inglês). Anime News Network. 3 de julho de 2014. Consultado em 15 de julho de 2016. 
  2. a b c d e f g h «Ninja Slayer From Animation - Characters» (em inglês). MyAnimeList 
  3. «ニンジャスレイヤー ネオサイタマ炎上1» (em japonês). Enterbrain 
  4. «Ninja Slayer Sci-Fi Novels by U.S. Writers Get Anime» (em inglês). Anime News Network. 2 de abril de 2014. Consultado em 15 de julho de 2016. 
  5. «ニンジャスレイヤー (7) ~メナス・オブ・ダークニンジャ~» (em japonês). Kadokawa Shoten 
  6. «ニンジャスレイヤー グラマラス・キラーズ3» (em japonês). Enterbrain 
  7. «Ninja Slayer /Panini». Guia dos Quadrinhos 
  8. «Ninja Slayer Sci-Fi Novels by U.S. Writers Get Anime» (em inglês). Anime News Network. 2 de abril de 2014. Consultado em 15 de julho de 2016. 
  9. «Ninja Slayer Novels' Online English Release, English-Dubbed Trailer Unveiled» (em inglês). Anime News Network. 10 de abril de 2014. Consultado em 15 de julho de 2016. 
  10. «More details for Ninja Slayer anime revealed» (em inglês). Capsule Computers. 4 de julho de 2014. Consultado em 15 de julho.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. «Ninja Slayer from animation tv broadcast reveals April premiere key visuals» (em inglês). Anime News Network. 25 de fevereiro de 2016. Consultado em 15 de julho de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]