Berserk (mangá)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.


Berserk (mangá)
ベルセルク
(Beruseruku)
Gênero Ação, Aventura, Fantasia, Terror, Tragédia
Mangá
Autor(es) Kentaro Miura
Editora(s) Japão Hakusensha
Editora(s)
lusófona(s)
Brasil Panini Comics
Revista(s) Young Animal
Público-alvo Seinen
Data de publicação 1989 – em publicação
Volumes 37 (Lista de Volumes)
Anime
Direção Naohito Takahashi
Estúdio OLM
Emissoras de TV Japão Nippon Television
Japão Vap
Exibição original 31 de março de 1998
Nº de episódios 25
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Berserk (ベルセルク, Beruseruku?) é o título de um mangá, que posteriormente foi adaptado como anime, criado em 1988 por Kentaro Miura. Trata-se da história de Guts (ガッツ, Gattsu?) (também grafado como Gatts em outras traduções), um personagem incomum em uma espécie de universo alternativo de aspectos medievais. O tema pretende evidenciar a natureza humana de forma crua e extremada. O anime retrata apenas a primeira metade do mangá. Apesar deste ser considerado violento, o mangá vai ainda mais fundo em situações não recomendadas para menores.

História[editar | editar código-fonte]

A história começa no futuro da vida de Guts, onde Guts combate monstros que controlam cidades, esses monstros são da entidade demoníaca "Mão de Deus". Após o fim do primeiro arco do mangá, o passado do protagonista começa a ser exibido. Guts é um homem que cresceu no campo de batalha. Sua vida foi cheia de desgraças desde seu nascimento, quando a mulher do comandante de uma tropa mercenária o encontrou ainda criança no chão, abaixo do cadáver de sua mãe enforcada. Tendo recentemente perdido um bebê e ainda carregando o trauma por tal fato, a mulher, chamada Shisu (シス, Shisu?), adota o menino, apesar da oposição dos homens da tropa, que acreditam tratar-se de mau agouro. Três anos depois, Shisu morre vítima da praga, e Guts passa a ser criado pelo líder dos mercenários, Gambino (ガンビーノ, Gambīno?). Este homem trata Guts de forma rigorosa e violenta. Ao mesmo tempo em que forja seu espírito e o prepara para a vida de agruras de um "soldado da fortuna", Gambino também extravasa seu ressentimento devido à morte da mulher. Nesta época ele desenvolve uma característica marcante: o uso de espadas enormes. Isto porque, não havendo armas menores para o menino, ele é obrigado a lutar usando espadas normais, mas que são pesadas para seu tamanho. À medida que cresce, o garoto irá aumentar gradativamente o tamanho da lâmina de suas armas, até chegar à devastadora Dragon Slayer, um maçico de ferro do tamanho de um homem adulto.

Entre os eventos da infância de Guts, o que mais o marca é o estupro que sofre por parte de um de seus companheiros, que o teria "alugado" de Gambino (Guts não fica sabendo deste detalhe por algum tempo). Alguns anos depois, após acidentalmente matar Gambino, Guts é perseguido por seus antigos companheiros e forçado a fugir. Tendo sobrevivido a uma batalha contra uma alcateia de lobos, onde demonstra um pouco do espírito berserker que o acompanhará por toda a vida, ele é aceito por outro grupo mercenário, e segue sua vida.

Anos depois, vemos Guts no lado perdedor de mais uma batalha na Guerra dos 100 Anos entre os reinos de Chuder (em algumas traduções Tudor, claramente inspirado na Inglaterra de nosso mundo) e Midland (aparentemente, baseado na França). Nesta, ele encontrará o segundo homem a marcá-lo para sempre: Griffith (グリフィス, Gurifisu?). O carismático líder do Bando do Falcão (鷹の団, Taka no Dan?), que é uma tropa mercenária que já se destaca entre ambas as forças em conflito. Cooptado pelo Bando após ter sido facilmente derrotado pelo Falcão Branco (alcunha pelo qual Griffith é conhecido). Está é uma época marcada pelo longo conflito entre duas poderosas nações: Midland e Tudor. Midland merece uma menção em particular, por ser o reino mais antigo do continente, com mais de mil anos de história e tendo sido na antiguidade o centro de um império que se espalhava por todo o mundo conhecido. É por este reino que o Bando do Falcão irá realizar suas maiores façanhas, sendo liderados pelo brilhante Griffith e seus principais auxiliares: Caska, uma bela guerreira; e... Guts, que ascende rapidamente de simples soldado para o cargo de comandante da Tropa de Ataque do Bando do Falcão.

Depois segue com as consecutivas vitórias do Bando do Falcão, até este deixar de ser mercenário e fazer parte das tropas reais de Midland. O gênio militar de Griffith sempre leva o grupo a vitórias inacreditáveis.

Porém Griffith guarda segredos obscuros, ele usa um amuleto (o behelit vermelho, "O Ovo do Conquistador") que o salva diversas vezes, inclusive do demônio Nosferatu Zodd (ou Zodd, o Imortal), que depois de derrotar Griffith e Guts se espanta ao ver o amuleto e faz uma profecia para Guts, no qual Guts terá de morrer para o sonho de Griffith se realizar.

Com uma vitória espetacular, tendo apenas 5000 homens, contra um exército de 30000, Griffith passa a ser o mais importante general de Midland, atraindo a inveja dos nobres que conspiram contra ele. O grupo conta com guerreiros habilidosos como Pippin, Judeau, Corkus, Rickert o mais novo do grupo e Casca, a única mulher do grupo que depois se torna o grande amor de Guts.

Quando Guts decide deixar o grupo, Griffith perde para ele em um duelo, a partir de então se inicia a decadência do líder do Bando do Falcão que então é preso por ter transado com a filha do rei de Midland. Ele foi torturado durante um ano em uma masmorra.

A Mão de Deus é constituída de cinco entidades (o quinto membro é Griffith que se transforma em Femto), a função dessas entidades é aplicar na terra dos mortais a vontade de Deus. Essas entidades interferem no plano dos homens a cada 100 (Apóstolos), 200 (Um novo membro da Mão de Deus) ou 1.000 anos (Em que um membro da Mão de Deus re-encarna) e então aquele que possuir um Behelit poderá escolher entre morrer ou se tornar um poderoso demônio (Se for um predestinado a ser um membro da Mão de Deus, terá o Ovo do Rei Conquistador, um Behelit vermelho. No último capítulo do anime, a entidade Void (que aparenta ser o líder) coloca em todos do Grupo do Falcão uma marca de sacrifício (com exceção de Rickert que não estava lá durante o eclipse), Guts tem essa marca no pescoço, ela sangra e dói quando demônios estão por perto, o mesmo acontece com Caska que possui a marca no peito. Mas quando alguém da Mão de Deus está perto o sangramento é muito pior, podendo levar um humano comum à morte. No mangá é mostrado que o "Skull Knight" entra na dimensão onde o Bando do Falcão está sendo sacrificado e resgata Guts e Caska.

Berserk tem várias qualidades: clima de guerras medievais, ótimas inclusões no passado dos protagonistas, traços dos desenhos de qualidade e detalhista e um clima sombrio, onde não há nenhuma esperança de um final feliz e convencional e várias outras qualidades.

Ao ler o mangá é necessário substituir o nome Bando do Falcão por Bando do Gavião já que o título de Falcão só é alcançado por Griffith posteriormente.O erro supracitado deve-se à tradução que foi equivocada, já que tanto o gavião quanto o falcão são da mesma família, causando confusão na leitura.

Berserk[editar | editar código-fonte]

A tradução para a palavra Berserk quer dizer "capataz", de "bera" (bear) urso e "serkr" capa. Depois passou a significar, com o comportamento desses guerreiros em campo de batalha, enfurecido e enlouquecido na linguagem escandinava antes da invasões romanas, denotando um guerreiro destemido que se joga contra os inimigos e luta alucinadamente com fúria causando medo. Também havia os ulfserks, de ulf (wolf) lobo e serkr capa. Esses guerreiros ao invés de usarem peles de urso usavam peles de lobo e tinham um comportamento semelhante em campo de batalha, porém a língua inglesa não salvou esse termo da mesma forma. Já foram mostrados no filme O 13º Guerreiro, teriam feito surgir lendas como a do lobisomem entre os cristãos que os enfrentaram, pois como escondiam os corpos de seus mortos e feridos do inimigo passavam a impressão de serem invulneráveis. Alguns historiadores afirmam que somente os ulfserks podem ser confirmados de maneira segura e que os berserks eram provavelmente líderes dos ulfserks, sendo raros, o que também explicaria sua preferência na citação linguística.

Berserk, dentro do contexto da série, é um estado de fúria incontrolada (no caso, controlada em certos momentos). Este estado é tanto físico quanto mental, visto que é necessário um motivo para que uma pessoa "entre" nele. Um ser em Berserk torna-se dotado de força e destreza sobre-humanas, além de adquirir uma maior resistência à dor, em certos casos sequer sentindo-a. Dentro deste estado, Guts não distingue amigos de inimigos quando entra em Berserk (vide o momento em que ele amputa seu próprio braço, para aniquilar Griffith que estupra Caska no ato do Eclipse), e mais tarde ao possuir a armadura Berserk ele fica possuído pelo poder destrutivo no qual a armadura faz o de possuir a pessoa que utiliza causando destruição e morte em todos a sua volta e assim por diversas vezes quase mata também um inocente.

No decorrer da série, vários motivos "ativam" a fúria de Guts. Porém, pode-se notar que o motivo principal são os sentimentos reprimidos que ele adquiriu durante os anos, e os tormentos que sofreu. A razão é variável: Guts luta tanto para se proteger quanto para proteger os outros, porém apenas adquire completamente as características de Berserk quando seus sentimentos transbordam. Raiva, ódio, medo e angústia são os principais sentimentos em que Guts se baseia para entrar no modo Berserk (o que é chamado na série de "besta interior"). Outros motivos também ativam seu poder, mais raramente, como situações de perigo, injustiças e etc. Desde o início podemos notar que Guts não se dá por vencido, e mesmo que não entre propriamente em Berserk, ele consegue chegar bem próximo, antes mesmo de perder o controle.

A personalidade de Guts não foge dessa denotação. Com uma espada gigantesca, a camisa cheia de adagas e uma besta de repetição no braço esquerdo, o qual ele cortou na hora do grande eclipse. Guts não está no modo Berserk o tempo todo, mas aos poucos começa a controlar e usar-se deste poder, desencadeando a "besta interior" sempre que preciso. Aí está a beleza de Berserk: Guts é um personagem que, desde o início, luta pela própria sobrevivência, e aos poucos vai desencadeando este poder, aprendendo a controlá-lo futuramente.

Mangá[editar | editar código-fonte]

O mangá Berserk é escrito e ilustrado por Kentaro Miura, e é publicado pela editora Hakusensha na revista Young Animal (desde o final de 2006, a publicação é irregular, sem periodicidade definida, que costumava ser mensal). A primeira publicação de Berserk foi em agosto de 1989, sem numeração a princípio, vindo a ter seu primeiro capítulo numerado depois dos 2 primeiros arcos, já tendo ultrapassado mais de 330 capítulos lançados atualmente. Nesta página, os capítulos estão listados por volume, com seus respectivos títulos originais (títulos originais na coluna secundária, os volumes de Berserk não são titulados). Alguns capítulos saíram apenas na Young Animal, não tendo sido lançados na forma de volumes, porém, eles também estarão listados aqui.

No Brasil, é licenciado e publicado em meio-tanko pela editora Panini desde maio de 2005. Atualmente, é relançado pela Panini desde agosto de 2014, em formato original e revisado.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Anime[editar | editar código-fonte]

Lançado no Japão em 1997, possui 25 episódios que mostram a saga que no mangá é chamada de "Era de Ouro", que corresponde à juventude de Guts e sua vida junto ao Bando do Falcão. O anime tem um nível de violência muito menor do que o mangá, além de que muitos personagens e eventos também não aparecem. Uma curiosidade que poucos sabem é que Berserk tem um 26º episódio que nada mais é do que um tipo de resumo do anime junto com os clipes das músicas de abertura e de fechamento, não se sabe ao certo o porque desse episódio mas existem boatos que dizem que fizeram esse episódio porque no contrato dizia que eles teriam que fazer 26 episódios, mas como a história termina no episódio 25, tiveram que fazer esse episódio extra.

Equipe de produção[editar | editar código-fonte]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Existem dois jogos de Berserk e ambos são baseados no mangá, "The Sword of Berserk: Guts' Rage", lançado para Dreamcast pela ASCII Entertainment em 1999, onde Guts deve encontrar uma mandrágora para acabar com uma maldição que faz com que todos os habitantes de uma pequena cidade se tornem monstros ferozes. Já o jogo "Berserk Millennium Falcon Arc ~Seimasenki no Sho~ (Berserk Millennium Falcon Arc: Chapter of the Record of the Holy Demon War)" lançado para Playstation 2 pela Sammy Studios em 2004, que segue a cronologia do mangá.

Filmes[editar | editar código-fonte]

Atualmente foram feitos 3 filmes de Berserk resumindo o Arco da Era de Ouro do mangá, após o lançamento do terceiro filme em 2013 ainda não se sabe se o anime terá uma nova série, ou se terá mais filmes.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2015 foi revelado que, o mangá já tinha vendido 27 milhões de volumes no Japão e 8 milhões no exterior. O mangá ganhou o Prêmio de Excelência na sexta edição do Prêmio Cultural Osamu Tezuka em 2002.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Berserk (mangá)