Campeonato Carioca de Futebol de 1988

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Carioca de Futebol de 1988
Times
Campeão Vasco da Gama
Vice-campeão Flamengo
Artilheiro Bebeto (Flamengo) - 17 gols
Vice-artilheiro Romário (Vasco da Gama) - 16 gols

O Campeonato Carioca de Futebol de 1988, também chamado de Copa Rio 88 foi vencido pelo Vasco da Gama e teve como vice campeão o Flamengo.

O personagem que se tornou folclórico neste campeonato foi o lateral-direito vascaíno Cocada. Durante a final do campeonato, onde o empate dava o título ao time de São Januário, Cocada (irmão do atacante Müller) entrou em campo aos 42 minutos do segundo tempo, quando estava 0x0. No minuto seguinte marcou o gol do título e ao comemorar o gol tirou a camisa, sendo expulso logo depois.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Finais[editar | editar código-fonte]

1º jogo[editar | editar código-fonte]

Flamengo 1 x 2 Vasco da Gama (Gols: Bebeto x Bismarck e Romário)

Decisão[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama 1 x 0 Flamengo

Data: 22 de junho de 1988

Estádio: Maracanã (público - 31.816)

Árbitro – Aloísio Viug

Gol: Cocada, aos 44 minutos do 2º tempo

Cartões vermelhos: Cocada, Romário, Renato Gaúcho, Paulo César Gusmão ( que era goleiro reserva do Vasco ) e Alcindo.

VascoAcácio; Paulo Roberto, Zé do Carmo, Fernando, Mazinho; Donato, Geovane, Henrique; Vivinho (Cocada), Romário e Bismarck. Técnico: Sebastião Lazaroni.

FlamengoZé Carlos; Jorginho, Aldair, Edinho, Leonardo; Andrade, Aílton (Júlio César Barbosa), Alcindo; Renato Gaúcho, Bebeto e Zinho. Técnico: Carlinhos.

Detalhes da decisão[editar | editar código-fonte]

  • O jogador vascaíno Cocada substituiu Vivinho aos 41 minutos do 2º tempo, marcou o gol da vitória aos 44 e foi expulso aos 45 por comemorar o gol tirando sua camisa.
  • Após o gol vascaíno, Renato Gaúcho iniciou uma briga com Romário e ambos foram expulsos, junto com outros jogadores que também participaram das agressões.
  • Foi o último título do Vasco conquistado em cima do Flamengo numa final de Campeonato Carioca em confronto direto (2 jogos).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]