Dario II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Dario II (em persa: داريوش دوم) (Dārayavahuš em persa antigo) (? — 404 a.C.) foi rei da Pérsia de 424 a.C. a 404 a.C.,[1] sucessor e meio-irmão de Sogdiano. Também era chamado Dario II Nótus. Foi sucedido por seu filho Artaxerxes II.

Com a morte de Artaxerxes I, desencadearam-se lutas internas pelo poder na Pérsia. Saiu-se vencedor dessas disputas, Dario II, um filho ilegítimo do xá morto.

Em 413 a.C., Dario II aliou-se a Esparta e voltou a apoderar-se das cidades gregas na costa asiática. Além disso, tomou parte na Guerra do Peloponeso, vencendo sua última batalha em Egospótamos, no ano de 405 a.C.

Dario II manteve com o Egito os mesmos tratados feitos por seu antecessor. Ao mesmo tempo demonstrava favorecer a comunidade judaica de Elefantina, o que desagradava em muito aos egípcios; estes que se revoltaram, liderados por Amirteu, um príncipe saíta, que durante seis anos lutou pela independência de seu país.

Referências

  1. Brill's New Pauly, "Darius".
Precedido por:
Artaxerxes I
xá aquemênida
424 a.C.404 a.C.
Sucedido por:
Artaxerxes II
Faraó
(424 a.C.404 a.C.)
27ª Dinastia
Sucedido por:
Amirteu
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.