Grand Theft Auto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de GTA)
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Games.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde janeiro de 2010.

Grand Theft Auto (série)
Logótipo da série Grand Theft Auto.
Desenvolvedora(s) Rockstar North
Rockstar Leeds
Rockstar Toronto
Editora(s) Rockstar Games
Criador(es) David Jones, Sam Houser e Dan Houser
Gênero(s) Ação e mundo livre
Primeiro título Grand Theft Auto
Outubro de 1997
Último título Grand Theft Auto V
17 de setembro de 2013
Website Site oficial GrandTheftAuto
Portal Portal de jogos eletrônicos


Grand Theft Auto (abreviado GTA ou, estilisticamente, gta) é uma série de jogos de computador e videogames criada por David Jones, e Mike Dailly, e posteriormente pelos irmãos Dan e Sam Houser, Leslie Benzies e Aaron Garbut. A maioria dos jogos foi desenvolvida pela Rockstar North (antiga DMA Design) e publicada pela Rockstar Games. O nome da série é um termo policial da língua inglesa utilizado para identificar roubos de automóveis. Grand Theft refere-se a furtos de valor elevado (maior que US$ 40,00 nos Estados Unidos) e Auto designa os automóveis. O nome desse crime, no Brasil, é Roubo Qualificado de Automóveis e em Portugal designa-se por carjacking. A série GTA faz homenagens a diversas personalidades como Eazy-E (inspirou o personagem Ryder no game Grand Theft Auto: San Andreas) e outras.

A série é focada em cidades fictícias dominadas pelo crime e pelas gangues de rua, fortemente modeladas com base em grandes metrópoles, principalmente dos Estados Unidos, mas com passagens também pela Inglaterra. Os jogos da série são em mundo aberto e o personagem jogável (um criminoso, protagonista de um enredo repleto de atividades ilegais, como violência, tráfico de drogas, assassinato, prostituição etc.) pode cumprir missões para o progresso da história, bem como participar de ações não lineares, todas consistindo de ação, aventura, condução, RPG, corridas, entre outros.

O desenvolvedor de videogames DMA Design foi responsável pelo início da série em 1997, que atualmente conta com onze jogos autônomos e quatro pacotes de expansão. O terceiro jogo da cronologia, Grand Theft Auto III, foi muito elogiado, já que trouxe a série para um cenário 3D com muito mais experiência, e é considerado um título de referência para o jogo Grand Theft Auto clone. Títulos subsequentes, tais como Driver 2, tiveram seu desenvolvimento baseado no padrão introduzido em Grand Theft Auto III.

A franquia, assim como Call of Duty, é um dos produtos de entretenimento mais rentáveis na história, arrecadando com seu último lançamento quase um bilhão de dólares nas primeiras 24 horas de lançamento. Bateu também vários recordes no Guinness Book, inclusive como o jogo de ação de videogame a alcançar o maior valor em vendas em 24 horas[1] .

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

A jogabilidade consiste em uma mistura de ação, aventura e direção, com alguns elementos de RPG e stealth. O jogo é considerado exclusivamente dedicado a adultos, devido a temas como violência, assassinato, drogas, incitações e exposições sexuais, tortura, mutilação e etc. E também pela grande liberdade que o jogo dá em relação ao que o personagem pode fazer: este é capaz de agredir e matar pessoas, roubar veículos, propagar o caos, entre muitas outras coisas.

Este referido personagem é o protagonista, movido muitas vezes pelo seu desejo de vingança de algo e disponibilidade para fazer qualquer coisa para atingir seus objetivos. Dessa maneira, ele torna-se um criminoso associado a gangues de rua e ilegalidades. A maioria dos jogos da franquia possui uma só história com um protagonista, apesar de que o Grand Theft Auto original e suas expansões, bem como o último título da série, Grand Theft Auto V, são focados em vários protagonistas e, consequentemente, vários enredos.

Níveis de procurado[editar | editar código-fonte]

A polícia, que está presente em todos os jogos da série, é um dos elementos mais importantes. Quando o personagem comete delitos e é percebido pelas autoridades, fica sujeito a perseguição. A medida que o jogador consegue escapar e permanecer vivo, o nível de procurado aumenta, ou seja, o Estado usa forças mais poderosas contra o mesmo, tornando assim maiores as chances de captura ou morte.

O nível de procurado é medido por um mostrador com seis ícones paralelos no formato de estrelas, localizado no canto superior direito da tela, junto com outros dados. Quanto maior o número de ícones de estrela acesos, mais poderosos são os recursos utilizados pelo Estado para capturar o protagonista criminoso. A seguir uma breve definição do que acontece a cada número de estrelas acesas. Tais definições são genéricas, ou seja, não são válidas para todos os jogos da série.

  • Uma estrela - Os policiais perseguem o personagem a pé, com cassetete e pistolas, ou com carros à baixa velocidade e com somente um agente. Consegue-se uma estrela matando ou assaltando um pedestre, roubando carros ou assaltando lojas.
  • Duas estrelas - Os policiais usam pistolas ou metralhadoras de baixo poder de fogo na tentativa de deter o personagem. Há dois policiais por veículo, que são um pouco mais agressivos. O personagem também é perseguido por barcos policiais se for para o mar. Consegue-se duas estrelas não obedecendo aos policiais em descer do carro para ser preso ou roubando um carro-forte.
  • Três estrelas - Os policiais estão em grande número e atiram para matar; alguns usam até rifles. Dirigem em máxima velocidade, criam barreiras nas principais avenidas e começam a aparecer em helicópteros (que podem, inclusive, atirar) e carros da S.W.A.T.. Consegue-se três estrelas provocando uma chacina, destruindo veículos aéreos, invadindo uma delegacia (em Grand Theft Auto V), invadindo um aeroporto comercial ou matando um policial.
  • Quatro estrelas - A S.W.A.T. passa a usar metralhadoras de médio nível e veículos emergenciais grandes. Agora podem aparecer dois helicópteros, um da polícia, de onde podem descer policiais, e outro de notícias. Caças militares também começam a aparecer para deter o personagem se este estiver em algum veículo aéreo, disparando mísseis. Em Grand Theft Auto IV e Grand Theft Auto V, a polícia é acompanhada pelo F.B.I. e pela S.W.A.T. Consegue-se quatro estrelas invadindo uma base militar ou invadindo a base de segurança da N.O.O.S.E. (S.W.A.T.).
  • Cinco estrelas - O FBI substitui a polícia e a S.W.A.T., com carros mais potentes, com quatro agentes em cada um deles, armados com submetralhadoras (SMGs). Dois helicópteros da polícia aparecem para deter o personagem.
  • Seis estrelas - Os recursos mais poderosos de captura. O exército americano substitui o FBI e utiliza com fuzis de assalto (M4/M16) de altíssimo nível, além dos caminhões e tanques militares estarem por toda a parte. Nos jogos da era 3D HD (GTA IV), o exército não aparece; em vez disso o FBI usa recursos mais avançados. No caso do último GTA lançado (GTA V), não se foi colocado a 6ª estrela no game, devido à "extinção" do Exército não te caçar mais no GTA antecessor (GTA IV), e devido à inutilidade de certos quesitos também.

Jogos[editar | editar código-fonte]

A série possui atualmente quinze títulos, tendo o primeiro sido lançado em 1997. A seguir uma tabela com breves informações sobre cada um deles:

Ano de lançamento Tipo Desenvolvedora Título Ano em que se passa Local(is) onde se passa Protagonista(s) Plataforma(s) Era Nota média[carece de fontes?]
1997 Jogo DMA Design Grand Theft Auto 1997 Cidades de Liberty City, San Andreas e Vice City Vários PS1, Windows, MS-DOS, GBC 2D 78,50%
1999 Pacote de expansão DMA Design Grand Theft Auto: London, 1969 1969 Cidade de Londres Vários PS1, Windows, MS-DOS 2D 69%
1999 Pacote de expansão DMA Design Grand Theft Auto: London, 1961 1961 Cidades de Londres e Manchester Vários Windows 2D ?
1999 Jogo DMA Design Grand Theft Auto 2 2013 Cidade de Anywhere City Claude Speed PS1, Dreamcast, Windows, GBC 2D 69,92%
2001 Jogo Rockstar North Grand Theft Auto III 2001 Cidade de Liberty City Claude PS2, Xbox, Windows, Mac OS X, iOS, Android 3D 95,19%
2002 Jogo Rockstar North Grand Theft Auto: Vice City 1986 Cidade de Vice City Tommy Vercetti PS2, Xbox, Windows, Mac OS X, iOS, Android 3D 94,43%
2004 Jogo Rockstar North Grand Theft Auto: San Andreas 1992 Estado de San Andreas Carl "CJ" Johnson PS2, Xbox, Windows, Mac OS X, iOS, Android 3D 96,5%
2004 Jogo Digital Eclipse Grand Theft Auto Advance 2000 Cidade de Liberty City Mike GBA 3D (com gráficos 2D) 70,94%
2005 Jogo Rockstar Leeds Grand Theft Auto: Liberty City Stories 1998 Cidade de Liberty City Toni Cipriani PS2, PSP 3D 87,54%
2006 Jogo Rockstar Leeds Grand Theft Auto: Vice City Stories 1984 Cidade de Vice City Victor Vance PS2, PSP 3D 85,01%
2008 Jogo Rockstar North Grand Theft Auto IV 2008 Cidades de Liberty City e Alderney Niko Bellic PS3, Xbox 360, Windows HD 96,67%
2009 Pacote de expansão Rockstar North Grand Theft Auto IV: The Lost and Damned 2008 Cidades de Liberty City e Alderney Johnny Klebitz PS3, Xbox 360, Windows HD 94%
2009 Pacote de expansão Rockstar North Grand Theft Auto: The Ballad of Gay Tony 2008 Cidades de Liberty City e Alderney Luis Fernando Lopez PS3, Xbox 360, Windows HD 90%
2009 Jogo Rockstar Leeds Grand Theft Auto: Chinatown Wars 2009 Cidade de Liberty City Huang Lee PSP, Nintendo DS, iOS HD (com gráficos 3D) 92,71%
2013 Jogo Rockstar North Grand Theft Auto V 2013 Condados de Los Santos e Blaine Michael de Santa, Franklin Clinton, Trevor Philips PS3, Xbox 360, PS4¹, Xbox One¹ HD 97%

¹ - Lançamento no Outono de 2014.

Em decorrência das propriedades de jogabilidade, gráficos e ambientação comuns entre certos jogos de acordo com a época em que foram lançados, costuma-se dividir a franquia em três grandes eras: a era 2D, a era 3D e a era HD.

Série Grand Theft Auto
(Cronologia Fictícia)

Universo 2D

1961London, 1961
1969London, 1969
1997Grand Theft Auto
1999Grand Theft Auto 2


Universo 3D

1984Vice City Stories
1986Vice City
1992San Andreas
1998Liberty City Stories
2000Advance
2001Grand Theft Auto III


Universo HD

2008Grand Theft Auto IV

2009Chinatown Wars
2013Grand Theft Auto V

Era 2D[editar | editar código-fonte]

Os gráficos desta era inicial são predominantemente em duas dimensões, apesar de terem detalhes em três dimensões. A vista é aérea e as cidades são arquipélagos altamente urbanizados, inspirados em grandes metrópoles da vida real.

  • Grand Theft Auto 2 - O segundo jogo da série, lançado em 1999 para PlayStation, Dreamcast, Windows e Game Boy Color, possui gráficos um pouco mais avançados. O jogador controla o personagem Claude Speed na cidade futurística de Anywhere City (nome que, literalmente, é traduzido como Cidade Qualquer). O enredo de GTA 2 é centrado mais nas gangues de rua, diferente do anterior.

Era 3D[editar | editar código-fonte]

A partir de Grand Theft Auto III, os jogos começaram a ser ambientados em cidades (e mais tarde outras paisagens) totalmente 3D, o que causou uma grande revolução no mundo dos videogames e trouxe grande popularidade à série. A introdução das cutscenes e os enredos mais consistentes, também, tornaram a série Grand Theft Auto amplamente reconhecida.

Advance[editar | editar código-fonte]

  • Grand Theft Auto Advance - Uma edição da série Grand Theft Auto projetada para Game Boy Advance, tendo, portanto, gráficos predominantemente 2D, apesar de pertencer à era 3D. É ambientado em Liberty City, no ano 2000. O jogador controla o personagem Mike. Foi lançado em 2004.

Stories[editar | editar código-fonte]

Algumas das versões têm o título Stories, que significa em inglês, "histórias" ou "narrativas". Essas versões contam algum acontecimento nas cidades anos antes da versão a que se refere, com protagonistas diferentes.

  • Grand Theft Auto: Vice City Stories - O jogo se passa em Vice City, no ano de 1984, e o personagem jogável é Victor Vance. Foi lançado em 2006 para PlayStation Portable e, posteriormente, para PlayStation 2. O jogo sofreu algumas alterações em relação à Liberty City Stories, em uma tentativa de consertar os erros cometidos no mesmo. Agora, novamente, o jogo possui helicópteros e alguns aviões escondidos e o personagem pode nadar (apesar de que por um período curtíssimo). Seu gráfico foi totalmente refeito de modo que cidade ficou parecendo mais nova e mais detalhada, inferiorizando o gráfico de San Andreas. Contudo, ainda assim, não foi tão bem recebido como San Andreas, por causa de sua jogabilidade complicada.

Era HD[editar | editar código-fonte]

Esta era é aquela sob a qual os títulos da série estão sendo lançados atualmente. Introduzida em 2008 com Grand Theft Auto IV, trouxe gráficos realistas em alta definição, bem como cidades altamente detalhadas e muito mais similares àquelas nas quais se baseiam. O enredo também ficou bem mais consistente e realista, proporcionando a essa era popularidade similar à da anterior.

  • Grand Theft Auto V - É o décimo quinto título e o quinto jogo numerado da franquia. A história se passa em 2013, com um pequeno prólogo em 2004. A cidade da vez é Los Santos, com regiões desertas e pequenos vilarejos que formam o Condado de Blaine. O jogo apresenta muitas evoluções comparado aos seus predecessores, como a presença de três protagonistas jogáveis (cujos enredos se entrelaçam) e uma grande variedade de animais, por exemplo. Foi o jogo que estabeleceu todos os recordes do entretenimento, ganhando de Titanic e Star Wars, com uma renda estimada em US$ 800 milhões no dia de seu lançamento, ultrapassando Call of Duty: Black Ops 2, o qual rendeu esse mesmo montante em 3 dias. Foi lançado mundialmente no dia 17 de setembro de 2013 para Xbox 360 e PS3, exceto no Japão, onde foi lançado em outubro. O jogo contará com uma versão aprimorada para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One, prevista para o 2º semestre de 2014.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

A série sempre causou controvérsias mundialmente, devido a seus enredos cheios de violência, assassinato, uso de armas, drogas, forte apelo sexual, entre outros conteúdos considerados antiéticos. Além disso, o jogo faz referências ofensivas a diversas etnias, o que acabou muitas vezes por chamar a atenção de tais grupos. Em Grand Theft Auto: Vice City, por exemplo, são retratadas membros de gangues cubanas matando integrantes de gangues haitianas. A situação causou uma enorme controvérsia por parte dos habitantes dos dois países, que alegaram um enorme desrespeito à sua cultura. Jean-Robert Lafortune da Coligação Haitiana-Americana pronunciou-se negativamente sobre o caso, dizendo que o jogo fazia apologia à destruição humana entre grupos e etnias. Como resultado, a Rockstar Games retirou a palavra "haitianos" da legenda de uma das falas do jogo, em que um personagem dizia "Kill the Haitians dickheads".

O caso Hot Coffee foi um dos mais famosos escândalos relacionados a série. Tratava-se de um minigame de sexo supostamente descoberto por hackers em que o jogador pode ter relações sexuais com sua namorada e seu objetivo é chegar ao orgasmo. A empresa alegou que o minigame tratava-se de uma modificação, e não fazia parte do jogo original, mas mesmo assim, depois de muitos processos e multas, o jogo recebeu uma nova classificação da ESRB: passou de Mature, 17+ (para jogadores conscientes de 17 anos ou mais), para Adults Only, 18+ (somente para Adultos de 18 anos ou mais).

Modificações[editar | editar código-fonte]

As modificações (ou mods) são alterações do jogos feitas por fãs da série com auxílio de programas de computador para adicionar ou mudar coisas no jogo, como substituir as roupas originais, adicionar carros, aviões, e armas, missões, adicionar modo multiplayer e até mesmo mudar o jogador e o cenário.

As modificações são obtidas através de download via internet, e na maioria das vezes são exclusivas para versão para computador, pois as modificações nos jogos para consoles são muito mais difíceis de serem feitas e são consideradas pirataria pois é necessário copiar o jogo.

O ponto fraco de se adicionar modificações é que algumas delas podem afetar o desempenho do jogo, provocando diversos bugs, obrigando o jogador a perder o progresso no jogo e até mesmo tirando a sua integridade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências