Polícia Militar do Estado do Piauí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Polícia Militar do Estado do Piauí
Brasão PMPI.PNG
Brasão da PMPI
País  Brasil
 Piauí
Estado Piauí
Subordinação Secretaria Estadual de Segurança
Missão Polícia Militar
Sigla PMPI
Criação 25 de junho de 1835
Marcha Canção da PMPI
Lema Guardiã da Sociedade
Logística
Efetivo 5.507 PMs (2014)
Comando
Comandante Cel PMPI Lídio Rodrigues de Sousa Filho (2014)
Subcomandante Cel PMPI José Fernandes de Albuquerque Filho (2014)
Sede
Guarnição Teresina
Bairro Ilhotas
Endereço Avenida Higino Cunha

A Polícia Militar do Estado do Piauí (PMPI) tem por função primordial o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública no Estado do Piauí. Ela é Força Auxiliar e reserva do Exército Brasileiro e integra o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social do Brasil. Seus integrantes são denominados militares dos Estados,[1] assim como os membros do Corpo de Bombeiros do Estado.

Quartel do Comando Geral - (QCG)[editar | editar código-fonte]

Quartel sede do Comando Geral da PMPI, localizado na Avenida Higino Cunha, nº 1750 Bairro Ilhotas Teresina-PI, para o melhor andamento das atividades administrativas, há no QCG várias Seções e Diretorias.

Órgãos de apoio:

  • 1ª Seção do Estado Maior Geral (PM/1)
  • 2ª Seção do Estado Maior Geral (PM/2)
  • 3ª Seção do Estado Maior Geral (PM/3)
  • 4ª Seção do Estado Maior Geral (PM/4)
  • 5ª Seção do Estado Maior Geral (PM/5)
  • 6ª Seção do Estado Maior Geral (PM/6), órgão de planejamento e orçamento, constituída através da Lei complementar n° 168 de 19 de maio de 2011.
  • Ajudância Geral

Os órgãos de direção:

  • DP - Diretoria de Pessoal;
  • DAL - Diretoria de Apoio Logístico;
  • DEIP - Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa;
  • DITEL - Diretoria de Telemática, constitui órgão de direção responsável, no âmbito da Policia Militar, pela qualidade, inovação, atualização tecnológica, suporte, treinamento, desenvolvimento e manutenção de sistemas, bem como pela manutenção do banco de dados, rede de rádio e de computadores da instituição, constituída através da Lei complementar n° 168 de 19 de maio de 2011.

A PMPI é dividida em 04 (quatro) grandes comandos, sediados no QCG:

  • CPC - Comando de Policiamento da Capital;
  • CPI - Comando de Policiamento do Interior;
  • CME - Comando de Missões Especiais;
  • CPCom - Comando de Policiamento Comunitário.

Unidades de Apoio[editar | editar código-fonte]

  • APMPI - Acadêmia de Policia Militar do Piauí - Unidade Escolar Subordinada à Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP).
  • CFAP - Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças - Unidade Escolar Subordinada à Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP).

Comando de Policiamento da Capital - (CPC)[editar | editar código-fonte]

Um dos grandes comandos da PMPI, responsável pelo policiamento ostensivo da capital do Piauí - Teresina. Dividido dentre os Batalhões de Polícia Militar (BPM), Companhias (Cia) e Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM):

  • 1º BPM - 1º Batalhão de Polícia Militar - responsável pelo Policiamento Ostensivo do Centro da Capital;
  • 5º BPM - 5º Batalhão de Polícia Militar;
  • 6º BPM - 6º Batalhão de Polícia Militar;
  • 8º BPM - 8º Batalhão de Polícia Militar;
  • 9º BPM - 9º Batalhão de Polícia Militar;
  • 13º BPM - 13º Batalhão de Polícia Militar;
  • BPRE - Batalhão de Polícia Rodoviária Estatual - responsável pelo Policiamento Ostensivo das rodovias Estaduais;
  • BPGDa - Batalhão de Policiamento de Guardas
  • CIPTran - Companhia Independente de Policiamento de Trânsito;
  • BPA - Batalhão de Policiamento Ambiental;
  • 2ª CIPM (Promorar) - Companhia Independente de Polícia Militar - responsável pelo Policiamento Ostensivo no Bairro do Promorar;

Comando de Policiamento do Interior - (CPI)[editar | editar código-fonte]

Um dos grandes comandos da PMPI, responsável pelo policiamento ostensivo do Interior do Piauí. Dividido dentre os Batalhões de Polícia Militar (BPM), Companhias (Cia) e Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM):

  • CIPTUR - Companhia Independente de Policiamento Turístico - Luis Correia;
  • 3º BPMFLORIANO;
    • 2ª CIA DE ÁGUA BRANCA
    • 3ª CIA DE CANTO DO BURITI
  • 4º BPM - PICOS;
    • 2ª CIA DE VALENÇA-PI
    • 3ªCIA DE JAÍCOS - PI
    • 4ªCIA DE FRONTEIRAS – PI
  • 5ª CIPM DE PALISTANA;
  • 7º BPM – CORRENTE;
    • 2ª CIA DE BOM JESUS-PI.
    • 4ª CIA DE AVELINO LOPES-PI.
  • 10º BPM - DE URUÇUÍ-PI;
    • 2ª CIA DE GUADALUPE-PI.
  • 11º BPM - SÃO RAIMUNDO NONATO-PI;
    • 2ª CIA DE SÃO JOÃO DO PIAUÍ
  • 12º BPM – PIRIPIRI;
    • 2ª CIA DE PEDRO II-PI
    • 3ª CIA DE LUZILÂNDIA
    • 4ª CIA DE ESPERANTINA
  • 14º BATALHÃO - OEIRAS-PI;
  • 15º BATALHÃO - CAMPO MAIOR-PI;
    • 2ª CIA DE SÃO MIGUEL DO TAPUIO
    • 3ª CIA DE BARRAS

Comando de Missões Especiais (CME)[editar | editar código-fonte]

Comando Criado através da Lei Complementar n° 6.199 de 27 de março de 2012, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) n° 59, com circunscrição em Todo Estado do Piauí, tem como estrutura básica organizacional;

I - Comando;

II - Subcomando e Chefe do Estado Maior, exercida pelo Comandante do BOPE;

III - Ajudância/Secretaria, exercida pelo Subcomandante do BOPE.

será responsável pela coordenação, gerenciamento, planejamento e fiscalização das atividades das unidades policiais militares especializadas em ocorrências de altíssimo risco atendidas pela PMPI (BOPE, BPRONE, GTAP e EIPMon);

  • BOPE - Batalhão de Operações Especiais
    • 1ª Cia - GATE - Grupo de Ações Táticas Especiais;
  • BPRONE - Batalhão de Polícia de Rondas Ostensivas de Natureza Especial
    • 1ª Companhia (RONE)
    • 2ª Companhia - Controle de Distúrbios Civis (CDC)
    • 3ª Companhia (CANIL)
  • GTAP - Grupamento Tático Aeropolicial;
  • EIPMon - Esquadrão Independente de Policiamento Montado.

Comando de Policiamento Comunitário (CPCom)[editar | editar código-fonte]

Comando Criado através da Lei Complementar n° 6.199 de 27 de março de 2012, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) n° 59, com circunscrição em Todo Estado do Piauí, tem como estrutura básica organizacional;

I - Comando;

II - Subcomando e Chefe do Estado Maior, exercida pelo Comandante do BPCom;

III - Ajudância/Secretaria, exercida pelo Subcomandante do BPCom.

será responsável pela coordenação, gerenciamento, planejamento e fiscalização das atividades das unidades de policiamento comunitário das Unidades de Policiamento Comunitário (BPCOM e CIPE);

  • BPCom - Batalhão de Polícia Comunitária - Ronda Cidadão
    • 1ª Cia/BPcom - CENTRO - Avenida Gil Martins, s/n – Bairro Redenção/Estádio Albertão – Teresina-PI
    • 5ª Cia/BPcom - ZONA LESTE - Avenida José Moura Santos s/nº Nova Teresina - Teresina-PI
    • 6ª Cia/BPcom - ZONA SUL - Avenida Gil Martins, s/n – Bairro Redenção/Estádio Albertão – Teresina -PI
    • 8ª Cia/BPcom - ZONA SUDESTE - Rua Santo Estevão s/nº Bairro: Novo Horizonte  CEP 64079-115 – Teresina-PI
    • 9ª Cia/BPcom - ZONA NORTE - Avenida Duque de Caxias - Buenos Aires – Teresina-PI
    • 1ª CDPCom - CIA DESTACADA - PICOS-PI
    • 2ª CDPCom - CIA DESTACADA - PARNAÍBA-PI
  • CIPE - Companhia Independente de Policiamento Escolar
    • 1º Pelotão;
    • 2º Pelotão.

Fontes[editar | editar código-fonte]

Policia Militar do Piauí,

Estudo próprio - Oscar Torres

Nota[editar | editar código-fonte]

  1. Artigo 42 da Constituição Federal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Polícia Militar do Estado do Piauí

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal
A Wikipédia possui o
Portal da Segurança do Brasil