Provençal (dialeto)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Provençal (Provençau, Prouvençau)
Falado em: França, Itália, Mônaco
Total falantes: 354.500
Posição: --
Genética
classificação:

Indo-européia
 Itálico
  Romance
   Ítalo-Ocidental
    Ocidental
     Galo-Ibérico
      Íbero-Romance
       Occitano
        Provençal

Estatuto oficial
Língua oficial de: --
Regulado por: --
Código de línguas
ISO /DIS 639-3: oci

O provençal (provençau) é uma das variedades da língua occitana falada minoritariamente em parte do sudeste da França.

Dados[editar | editar código-fonte]

Vindo de Itália em direção ao ocidente, seguindo a ribeira ligure, chegamos ao domínio do provençal. Neste local, a fronteira política actual entre a França e a Itália coincide, aproximadamente, com a fronteira linguística. Ventimiglia, posto fronteiriço italiano, fala um dialeto notadamente ligure; poucos quilómetros a oeste, em Nice, fala-se já um dialeto essencialmente provençal, mesmo não estando isento de influxos italianos; Menton, primeira estação francesa na linha Génova-Marselha, possui um dialeto de transição entre o provençal e o galo-itálico (pelo que possui de provençal, é melhor classificado no grupo alpino, como os dialetos provençais de Piemonte), enquanto Mónaco era uma antiga ilha ligure.

A correspondência entre fronteira política, fronteira geográfica e fronteira linguística desaparece se, abandonando a costa, se seguir na direção alpina. Entre provençal e ligure (e mais ao norte entre provençal e piemontês) como entre franco-provençal e piemontês mais a nordeste, os Alpes não representam uma fronteira linguística. Este é um dos exemplos citados pelos linguistas mais a fundo para mostrar como limites geográficos muito grandes (cadeias de montanhas e grandes rios), não correspondem, mais de uma vez, a fronteiras linguísticas. Aqui as condições linguísticas não se devem ao limite geográfico e sim a profundas razões históricas. Territórios cisalpinos e transalpinos pertenceram por séculos inteiros a uma só unidade política; sob a Casa de Saboia, originária de Chambéry, a língua da administração, dos tribunais, etc. era o francês, que se estendeu ao Piemonte, onde permaneceu até o século XIX, após que, posteriormente, o italiano reconquistou terreno.

Mapa cronológico mostrando o desenvolvimento das línguas do sudoeste da Europa entre as quais o provençal (occitano).

Fontes[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal: