Economia de Dourados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Na economia, Dourados exerce grande importância regional no estado, região e país. É um importante centro urbano sendo o principal do interior do estado. Muito próspera em arrecadação tributária do estado de Mato Grosso do Sul tendo como principais atividades econômicas a agricultura e a criação animal. É o maior produtor de milho do estado, e o segundo em produção de soja e feijão, em rebanho suíno e em criação de aves. Produz ainda ovos, mel de abelha, trigo, arroz, leite, e tem criações de bicho-da-seda, além da pecuária bovina. Apesar disso, a indústria desponta cada vez mais como alternativa ao município e à região e está em franco crescimento. Há várias indústrias de alimentos, além de frigoríficos.

A cidade possui também vários centros de compras entre galerias, supermercados e lojas de conveniências. Se destaca cada vez mas também no setor automotivo abastecendo a região com venda de veículos novos e usados. Dourados esta se inserindo cada vez mais no mundo chamando a atenção de novas empresas e recentemente instalou-se em Dourados vários centros de economia privada. Os cenários de desenvolvimento reservam para Dourados uma privilegiada posição geográfica que garante relevante papel central na economia regional frente aos países vizinhos e ao Brasil. Com razoável desenvolvimento comercial e de serviços, Dourados possui no total segundo o Empresômetro quase 20 mil estabelecimentos privados atacadistas, varejistas e também de serviços.[1]

PIB municipal[editar | editar código-fonte]

Composição econômica de Dourados[2]
Agropecuária R$ 457 805,750

6,28 %

Indústria R$ 1 104 039,860

15,16 %

Serviços privados R$ 3 784 679,790

51,96 %

Administração e serviços públicos R$ 1 079 141,780

14,81 %

Impostos e subsídios R$ 858 556,280

11,79 %

Com PIB de R$ 7.284.223.460,00 e PIB per capita de R$ 34.219,12 em 2015,[3] é um importante centro agropecuário, comercial, industrial e de serviços da região, possui a segunda maior arrecadação de ICMS do estado. Em PIB é o 3° maior do Estado de Mato Grosso do Sul e está entre os 140 maiores do Brasil. Já em PIB per capita é o 20° maior entre todos os municípios do Estado de Mato Grosso do Sul e está em 663º lugar no país.

Crescimento do Produto Interno Bruto (PIB)[3][4]
Ano PIB (R$) PIB per capita (R$)
1970 453.378.641,53 5.725,49
1980 1.328.629.094,98 12.477,38
1985 1.066.681.494,50 9.126,14
1990 1.002.115.682,41 7.560,62
1996 877.714.846,55 5.729,53
2000 936.045.000,00 5.611,24
2005 1.807.046.734,00 9.869,39
2008 2.871.802.490,00 15.309,43
2009 3.003.962.884,00 15.826,58
2010 3.765.442.000,00 19.204,78
2011 4.799.961.000,00 24.190,67
2012 5.468.723.000,00 27.244,31
2013 5.622.984.000,00 27.098,98
2014 6.958.573.000,00 33.101,70
2015 7.284.223.000,00 34.219,12

População economicamente ativa[editar | editar código-fonte]

A população economicamente ativa em Dourados é de 78.226 pessoas (47.452 homens e 30.775 mulheres). O maior empregador no município é o setor terciário (comércio e serviços).

Potencial de consumo[editar | editar código-fonte]

O índice de potencial de consumo (IPC Maps, divulgado divulgado pela IPC Marketing Editora) mapeia o potencial de consumo dos municípios brasileiros baseado em dados divulgados por várias instituições oficiais, sendo utilizado atualmente por mais de 700 empresas e elabora um ranking classificando os 500 maiores municípios relativo ao poder de consumo, contemplando o perfil de consumo urbano e rural dos 5.565 municípios brasileiros.[5]

O município de Dourados possui o segundo maior mercado de Mato Grosso do Sul e subiu oito posições no ranking do sistema IPC Maps, ficando assim com a posição 114 (0,12795) em 2014, ante a posição 122 (0,11950) em 2013 entre todas as cidades brasileiras. E seu potencial de consumo chegou a R$ 4,174 bilhões. O valor é 16,40% superior aos R$ 3,586 bilhões de 2013. São R$ 588 milhões a mais de movimentação previstos no comércio e serviços no ano de 2014. Sendo assim Dourados teve o maior crescimento do que os outros três municípios de MS com mais de 100 mil habitantes. O mercado douradense equivale ao de Três Lagoas, Corumbá e Ponta Porã somados e é provável que seu crescimento futuramente será a metade do crescimento do comércio de Campo Grande, que tem população quatro vezes maior a douradense.[5]

Importância regional e nacional[editar | editar código-fonte]

Dourados, com mais de 210 mil habitantes e 21 relacionamentos diretos, é uma capital regional C. Dourados é uma das duas cidades de MS (juntamente com Campo Grande) que, como as metrópoles, também se relacionam com o estrato superior da rede urbana. Com capacidade de gestão no nível imediatamente inferior ao das metrópoles, têm área de influência de âmbito regional, sendo referidas como destino, para um conjunto de atividades, por grande número de municípios. Dourados é uma das 39 cidades no Brasil com a classificação Capital Regional C[6]. As 21 cidades influenciadas por Dourados são as seguintes:

Setores[editar | editar código-fonte]

Região de baixa densidade na região oeste de Dourados, síntese de resquícios rurais ainda fortemente presentes no município. Ao fundo, no horizonte, vista geral do Centro da cidade.
Típica feira hortifrutigrangeira de Dourados

Setor primário[editar | editar código-fonte]

Os migrantes gaúchos, que chegaram em razão dos preços das terras serem baixos, introduziram na região uma cultura agrícola que consiste no tratamento do solo de alto nível e elevam a área plantada de 3.500 para 134 mil hectares nos anos 1970 e 80. Esses granjeiros ocuparam várias áreas por toda a região de Dourados. Também deram grande contribuição para a criação de empresas comerciais ligadas a atividades agrícola: comércio de cereais, implementos e máquinas agrícolas, assistência técnica, entre outros. Ainda hoje, a presença do migrante gaúcho é numerosa em todo o setor primário do município de Dourados. No total Dourados tem, segundo o Empresômetro, mais de 145 estabelecimentos agropecuários.[1]

Na agricultura destaca-se a produção de milho, soja e feijão. OBS: Maior produtor de milho, 2º produtor de arroz, 1º produtor de feijão, 3º produtor de soja, 4º produtor de trigo, 11º produtor de mandioca e 25º produtor de algodão herbáceo.

Na pecuária destaca-se a criação suína e de aves. Ainda tem criações de bicho-da-seda e da pecuária bovina. OBS: 2º rebanho suíno, 3º efetivo de aves (galinhas, galos, frangos), 3º produtor de ovos de galinha, 5º produtor de mel de abelhas (juntamente com os municípios de Itaquiraí e Três Lagoas) e 9º produtor de leite.

Setor secundário[editar | editar código-fonte]

Segundo o Empresômetro, Dourados tem um total mais de 1.800 estabelecimentos de indústrias de transformação e extrativas minerais.[1]

Os principais ramos industriais na cidade são: indústria extrativa, transporte, frigoríficos (abate de bovinos, suínos, aves, coelhos), fábrica de rações e incubatório de aves, suínocultura, avicultura, graxaria, charqueada, curtume (couros e seus derivados), usinas de beneficiamento de leite, indústria de trigo e outros cereais, indústria e acumulados para veículos e de baterias, indústria moveleira, esmagamentos de soja, Vila do Artesanato (Distrito de São Pedro),tempero de alho (distrito Vila Vargas), ração e degerminação de milho, erva mate, metalúrgica e equipamentos agrícolas, equipamentos hidráulicos, máquinas de lavar roupas, fabrica de massas e biscoitos, embalagens plásticas, madeireira, indústria química, minerais não metálicos, vestuário (roupas, calçados e artefatos de tecidos), editorial e gráfica e mecânica.

Setor terciário[editar | editar código-fonte]

Com razoável desenvolvimento comercial e de serviços, Dourados possui no total segundo o Empresômetro, quase 20 mil estabelecimentos no setor terciário, entre atacadistas, varejistas e de serviços.[1]

A cidade possui vários centros de compras, entre galerias, supermercados e lojas de conveniências. Se destaca cada vez mas também no setor automotivo abastecendo a região com venda de veículos novos e usados. Dourados esta se inserindo cade vez mais no mundo chamando a atenção de novas empresas recentemente se instalou em Dourados vários centros de compras, supermercados, hipermercados. Exemplos como a Havan,[7] Lojas Americanas[8] e outros. Segue abaixo alguns estabelecimentos comerciais de Dourados:

Centros comerciais multilojas[editar | editar código-fonte]

Esse tipo de comércio é composto por centros de compras que contém vários estabelecimentos comerciais como lojas, lanchonetes, restaurantes, salas de cinema e caracterizado por ter infraestrutura fechada em relação à cidade. Atualmente vários comerciantes aceitam pagamento via cartão de crédito ou débito para oferecer uma série de produtos, como eletrônicos e vestuários. Em Dourados há o Shopping Avenida Center (com três salas de cinema),[9] o Shopping Popular,[10] várias galerias (Dona Josefa,[11] Dourados Center,[12] Filadelfia,[13] Satie Fujinaka,[14] Vip[15] e Weimar Júnior[16]), entre outros. Há ainda um novo shopping center em construção na cidade.[17]

Centros de compras por atacado e varejo[editar | editar código-fonte]

Locais onde as pessoas compram variados produtos tais como alimentos e artigos variados no qual as pessoas fazem suas compras e não necessitam do auxílio de um vendedor, tendo contato com este somente no momento de passar as compras. Porém, no atendimento nas áreas de perecíveis (talho e padaria) é necessário um funcionário qualificado. Referencialmente está dividido em setores denominados: recebimento, estoque, retaguarda e frente de loja, podendo oferecer das mais diversas especiarias. Os principais centros em Dourados são o Abevê (com nove unidades na cidade),[18] Atacadão,[19] Extra Hipermercados[20] e Hiper Center[21]

Lojas de conveniências e departamentos[editar | editar código-fonte]

Conveniências são modalidades comerciais que muitas vezes funcionam em regime de franquia, muitas delas localizadas em postos de abastecimento, que representa uma forma de se criar uma receita adicional e também de atrair novos consumidores para estes lugares. Muitos dos quase cem postos de combustíveis de Dourados possuem lojas de conveniência. Normalmente as lojas de conveniência estão abertas 24 horas sem interrupção.[22] Além das lojas de conveniências, a cidade de Dourados também tem lojas de departamentos tais como Havan[7] e Lojas Americanas.[8]

Outros tipos de empreendimentos[editar | editar código-fonte]

Outros ramos comerciais em destaque são eletrodomésticos (Darom,[23] Gazin,[24] Romera,[25] Magazine Luiza,[26] e Casas Bahia[27]), vestuário (Riachuelo,[28] Gabriela Calçados,[29] e Lojas Avenida[30]), gastronômico (Chiquinho Sorvetes,[31] Bob's,[32] Brasil Cacau,[33] Cacau Show,[34] Delícias do Cerrado,[35] Giraffas[36] e Subway[37]), automotivo (Citroen,[38] Honda,[39] Hyundai,[40] Mitsubishi,[41] Nissan[42] Peugeot[43] Renault[44] e Toyota[45]), entre outros.

Referências

  1. a b c d «Empresas». www.forumpermanente.smpe.gov.br  – Forum Permanente
  2. «IBGE Cidades». Cidade Sat. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 6 de agosto de 2011 
  3. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2015». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 14 de dezembro de 2016 
  4. «daleth.cjf.jus.br». daleth.cjf.jus.br 
  5. a b «IPC Marketing - Brasil em foco - 500 maiores municipios brasileiros em consumo». Ptdocz. 2014. Consultado em 17 de maio de 2014 
  6. «Regiões de Influência das Cidades - 2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2008. Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  7. a b «Lojas». cliente.havan.com.br  - Havan
  8. a b «Loja mais próxima». www.americanas.com.br  – Lojas Americanas
  9. «Portal». www.avenidacenter.com  – Shopping Avenida Center
  10. «Informações». www.shoppingpopulardedourados.com.br  - Shopping Popular de Dourados
  11. «Galeria Dona Josefa». www.achecep.com.br  – Ache CEP
  12. «Galeria Dourados Center». pt.foursquare.com  – Foursquare
  13. «Galeria Filadélfia». www.sub100.com.br  – Sub100
  14. «Professor lança livro de Física Moderna». www.progresso.com.br  – Jornal O Progresso
  15. «Um exemplo de empresa da Galeria Vip». www.telelistas.net  - Telelistas
  16. «Galeria Weimar Júnior». www.achecep.com.br  – AcheCEP
  17. «Dourados deve ganhar novo shopping em breve». www.douradosnews.com.br  – Dourados News
  18. «Link». www.abeve.com.br  - Abevê
  19. «Lojas». www.atacadao.com.br  - Atacadão
  20. «Info». www.extra.com.br  - Extra
  21. «Em nova fase de desenvolvimento, Dourados cresce na geração de emprego». www.agorams.com.br  – AgoraMS
  22. «Sistema de consulta de postos revendedores». www.anp.gov.br  - ANP
  23. «Nossas lojas». www.darom.com.br  - Darom
  24. «Filiais». www.gazin.com.br  - Gazin
  25. «Nossas lojas». www.romera.com.br  – Romera
  26. «Nossas lojas». www.magazineluiza.com.br  – Magazine Luíza
  27. «Lojas». institucional.casasbahia.com.br  – Casas Bahia
  28. «Lojas». www.riachuelo.com.br  – Riachuelo
  29. «Nossas lojas». www.gabriela.com.br  – Gabriela Calçados
  30. «Rede de lojas». www.avenida.com.br  – Lojas Avenida
  31. «Nossas lojas». www.chiquinho.com.br  – Chiquinho Sorvetes
  32. «Onde tem Bob's». wwww.bobs.com.br  – Bob's
  33. «Nossas lojas». www.chocolatesbrasilcacau.com.br  – Brasil Cacau
  34. «Lojas». www.cacaushow.com.br  – Cacau Show
  35. «Delícias do Cerrado». www.tripadvisor.com.br  – Tripadvisor
  36. «Onde encontrar». www.giraffas.com.br  – Cacau Show
  37. «Perto de você». www.subway.com.br  – Subway
  38. «Concessionária Citroen». www.citroen.com.br  – Citroen
  39. «Concessionárias». www.honda.com.br  – Honda
  40. «Concessionárias». www.hyundai.com  – Hyundai
  41. «Concessionárias». mitsubishimotors.com.br  – Mitsubishi
  42. «Concessionárias». www.nissan.com.br  – Nissan
  43. «Localize uma concessionária». carros.peugeot.com.br  – Peugeot
  44. «Concessionárias». www.renault.com.br  – Renault
  45. «Concessionárias». www.toyota.com.br  – Toyota