Estação Cabo Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Estação Cabo Branco.

A Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, localizada no bairro do Altiplano em João Pessoa, capital do estado brasileiro da Paraíba, foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer e inaugurada no dia 3 de julho de 2008 pelo ex prefeito Ricardo Vieira Coutinho.[1]

A Estação tem a missão de levar cultura, arte, ciência e tecnologia à população de forma gratuita. Além da proposta cultural, a Estação se apresenta como ponto turístico e cartão-postal da cidade.[2]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Vista panorâmica do centro cultural.

O complexo possui 8.510m² de área construída[1] e é composto por um conjunto de cinco edifícios. Entre eles uma torre espelhada erguida em forma octogonal, com 43 metros de distância entre lados opostos e apoiada sobre uma parede cilíndrica com 15 metros de diâmetro. É a principal edificação entre as cinco que compõem o complexo:

Torre

Dotada de dois pavimentos, está situada em um espelho d'água. Nela encontram-se exposições permanentes e temporárias, salas audiovisuais, café e restaurante. Do terraço panorâmico o visitante desfruta de uma visão em 360º, podendo ver em seu entorno a Ponta do Seixas, extremo oriental do continente americano e o Farol do Cabo Branco, além de grande parte da faixa litorênea que banha a cidade.

Auditório

Abriga confortavelmente 500 pessoas. Conta ainda com duas salas com 200 lugares para a realização de eventos e um conjunto de salas especiais para a formação artístico-cultural dos alunos da rede pública.

Anfiteatro

Inteiramente integrado a paisagem, foi projetado para abrigar 300 pessoas.

Loja e lanchonete

Espaço de apoio aos visitantes, com loja de souvenir e lanches.

Bloco Administrativo

Abriga a área administrativa do complexo e situa-se na parte posterior do mesmo.

Estacionamento

Tem capacidade para quase 200 veículos, incluindo ônibus.

Ampliação[editar | editar código-fonte]

Em frente a atual Estação Cabo Branco está sendo construída a Unidade 2 da Estação Cabo Branco,com 4.500 metros quadrados,contará com espaços para divulgação cultural, instalados no prédio central, além de ser reservada uma área para estacionamento e construído um lago artificial. Foi inaugurada em Maio de 2012, a ampliação deve impulsionar a realização de grandes eventos na cidade, como congressos, palestras, exposições e business.

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b G1. «Sobre a Estação». Consultado em 29 de novembro de 2012. 
  2. Guia Cenário Cultural. «Estação Cabo Branco». Consultado em 29 de novembro de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]