Fabiano Soares Pessoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fabiano Soares
Informações pessoais
Nome completo Fabiano Soares Pessoa
Data de nasc. 10 de junho de 1966 (51 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro, Brasil
Altura 1,82 m
Informações profissionais
Equipa atual Atlético Paranaense
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1987
1988
1989
1989–1992
1992–2003
2001–2002
2003–2004
1987–2004
Botafogo
Cruzeiro
São José-SP
Celta de Vigo
Compostela
Botafogo
(emp.)
Racing de Ferrol
Total
0002 0000(0)
0000 0000(0)
0006 0000(0)
000101 0000(16)
000357 0000(46)
00024 0000(0)
00030 0000(2)
000520 0000(64)
Times/Equipas que treinou
2006–2007
2008–2009
2009–2010
2010–2011
2011–2015
2015–2016
2017–
Compostela
Bergantiños
Compostela
Estradense
Estoril (auxiliar-técnico)
Estoril
Atlético Paranaense





Fabiano Soares Pessoa (Rio de Janeiro, 10 de junho de 1966) é um ex-futebolista e treinador de futebol brasileiro. Atuava como meio-campista, e fez carreira no futebol espanhol. Atualmente, comanda o Atlético Paranaense.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no Botafogo em 1987, jogando ainda por Cruzeiro (1988) e São José (1989), antes de ir para a Espanha.

Entre 1989 e 1992, representou o Celta de Vigo em 101 jogos e marcou 16 gols. Porém, foi no Compostela que Fabiano obteve maior destaque: entre 1992 e 2003, atuou em 334 partidas e marcou 44 gols. O máximo que conseguiu pelos Picheleiros foi um terceiro lugar na Segunda División B de 2001-02.

Fabiano encerrou a carreira em 2003, aos 37 anos, quando defendia o Racing de Ferrol.

Carreira como técnico[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Fabiano (agora chamado de Fabiano Soares) inicia sua carreira fora dos gramados, como técnico do Compostela entre 2006 e 2007. Permaneceu o restante deste último ano em inatividade, regressando ao futebol no ano seguinte, treinando o Bergantiños. Voltaria novamente ao Compostela em 2009, para substituir Chus Baleato.[1] Ainda treinou o Estradense, time da Preferente Autonómica de Galiza.

Em 2011, assina com o Estoril, então na Segunda Divisão portuguesa, para trabalhar como auxiliar-técnico. Com a saída de José Couceiro, foi promovido a treinador em março de 2015, exercendo o cargo em parceria com o ex-meia Hugo Leal.[2] Foi o técnico do Estoril entre 2015 e 2016.

Em 11 de julho de 2017, foi anunciado como novo treinador do Atlético Paranaense.[3]


Referências

  1. «Fabiano será el capitán que dirigirá el barco del Compos». El Correo Gallego. 22 de outubro de 2009. Consultado em 22 de outubro de 2009 
  2. «Fabiano Soares e Hugo Leal na equipa técnica do Estoril». Diário de Notícias. 3 de março de 2015. Consultado em 3 de março de 2015 
  3. «Atlético-PR anuncia Fabiano Soares, ex-Estoril, como o novo técnico». Globoesporte.com. 11 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.