Igreja Apostólica Fonte da Vida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Igreja Apostólica Fonte da Vida
Orientação Neopentecostal Apostólica
Fundador César Augusto Machado de Sousa e Rúbia Pinheiro Fernandes de Sousa
Origem Goiânia, 1994
Sede Goiânia, Brasil
Número de membros aprox. 2.800.000
Número de igrejas aprox. 380
Países em que atua América, Europa, África e Oceania

A Igreja Apostólica Fonte da Vida é presidida pelo casal de apóstolos César Augusto e Rúbia de Sousa, e possui a Bíblia como base e a visão apostólica como parâmetro.

A Igreja possui vários departamentos com áreas específicas de atuação. Os principais são: ATITUDE (Ministério de Jovens), DOKMOS (Ministério de Adolescentes), Departamento da Família, além de manterem um abrigo para crianças moradoras de ruas, a Casa Juvenil Vida Nova, em Goiânia, em Brasília e em São Paulo.

A Casa Juvenil Vida Nova teve seu início muito antes da fundação da Igreja, por volta da década de 80, quando o apóstolo César Augusto recebeu autorização judicial para resgatar e tratar de alguns menores que viviam nas ruas de Goiânia, quando então foi iniciado o trabalho com um grupo de pouco mais de trinta, tendo por objetivo a ressocialização e reintegração familiar destes.

A Igreja Fonte da Vida possui mais de uma dezena de CDs e DVDs gravados, sendo referência sua atuação musical através do Ministério Fonte da Vida de Adoração, e outras bandas, tal como o ministério Pedras Vivas.[1]

Recentemente a pastora e cantora Ludmila Ferber oficializou sua integração à Igreja Fonte da Vida, local onde iniciou seu ministério.

A Igreja também conta com uma editora, a Editora Fonte da Vida,[2] que juntamente com a Produtora Fonte da Vida, edita, produz e comercializa material fonográfico e literário de vários autores da Igreja, tendo como destaque seus fundadores, os Apóstolos César Augusto e Rúbia de Sousa, os Bispos Paulo Sérgio e Cássia Helena e, - com o trabalho mais voltado para o público jovem - o Bispo Fábio Sousa.

História[editar | editar código-fonte]

A Igreja Apostólica Fonte da Vida foi fundada em 1994 pelo casal de apóstolos César Augusto Machado de Sousa e Rúbia Pinheiro Fernandes de Sousa na cidade de Goiânia. Onde foi construído seu primeiro templo, mas seu início foi na cidade de Franca SP, precisamente no porão da casa do hoje pastor Nicola e pastora Rosina.

Ali, onde ainda está situada sua sede, a Igreja Apostólica Fonte da Vida conta com 100 mil membros em mais de 60 templos espalhados pela cidade.

Além de abranger a grande maioria dos municípios do interior goiano, encontra-se também em todo o território nacional, chegando inclusive a outros países além do Brasil, tais como: EUA, Chile, Inglaterra, Espanha, Portugal, Bélgica, Austrália, Armênia, Austrália, Moçambique, Angola, Africa do Sul, Marrocos, Namíbia etc. Só nos Estados Unidos somam quase 30 Igrejas. Estima-se que a igreja possua hoje mais de 2 milhões de membros em todo o mundo.

Visão[editar | editar código-fonte]

A visão apostólica, em suma, crê na restauração do ministério apostólico, mistério bíblico, listado no Novo Testamento juntamente com mais quatro, totalizando em: apóstolos, profetas, evangelistas, pastores, e mestres (Efésios 4:11).

A visão apostólica tem como parâmetro a pessoa do apóstolo, enviado de Deus para fora das portas da Igreja, a fim de difundir e expandir a Palavra de Deus e o Conhecimento de Cristo.

Também o termo refere-se à toda igreja que crê na doutrina e a autoridade eclesiástica do apostolado e crê que ele não se extinguiu, assim como a prática dos dons do Espírito (línguas, profecia, etc) bem como a crença em curas e milagres.

Declaração de Fé[editar | editar código-fonte]

A Igreja Fonte da Vida é uma igreja que acredita no implantar do reino de Deus na face da Terra, com a restauração da Igreja em maturidade, no pleno conhecimento de Cristo. (Declaração dada pelo fundador, Ap. César Augusto)

De acordo com o próprio site da Igreja:

"Cremos que só há um Deus vivo e verdadeiro: criador do céu e da terra e tudo o que neles há; o Alfa e o Ômega; que sempre foi, é, e será pelos tempos sem fim, amém; que Ele é infinitamente santo, poderoso, terno, amoroso e glorioso; digno de todo amor possível e honra e obediência, majestade, domínio e poder, assim agora e para sempre.Cremos na Trindade Divina constituída pelo Pai,Filho e Espírito Santo, e que a unidade da Divindade se constitui em consonância com toda a perfeição divina, executando funções distintas mas harmoniosas, no grande trabalho da redenção."[3]

Hierarquia organizacional[editar | editar código-fonte]

A Igreja Apostólica Fonte da Vida, tal como outras igrejas apostólicas brasileiras, crê na investidura por Deus dos ministérios citados em Efésios 4:11, e na sua atuação dentro da estrutura da Igreja, contudo, aplica outros títulos também citados no Novo Testamento, como hierarquia.

Assim se mostra a hierarquia na Igreja Fonte da Vida:

  • Apóstolos (hoje ocupado unicamente pelo casal fundador) (I Coríntios 12:28)
    • Bispos (Atos 20:28)
      • Pastores (Efésios 4:11)
        • Presbíteros (I Timóteo 4:14)
          • Diáconos (I Timóteo 3:8)
            • Obreiros (no sentido literal de obrar/trabalhar)

Todas as referências bíblicas foram baseadas na Bíblia versão do Pe. João Ferreira de Almeida Atualizada, 2012

A Igreja Fonte da Vida não faz distinção de gênero, podendo tanto o homem quanto a mulher atuar ministerialmente, não importando seu estado civil, desde que suas obras e atitudes santos e sejam condizentes com os preceitos bíblicos, podem ambos galgar posições dentro da estrutura da Igreja.

Departamentos[editar | editar código-fonte]

Estes são os departamentos de atuação específica dentro da estrutura da Igreja[4]:

    • Aprisco
    • Atitude (Jovens)
    • Departamento da Família
    • Departamento de Ensino
    • Dokmos (Adolescentes)
    • Geração da Fonte
    • Melhor Idade

Preparação Ministerial[editar | editar código-fonte]

Hoje a Igreja Fonte da Vida conta com vários cursos de preparação ministerial em vários níveis de escolaridade, tendo inclusive a Faculdade de Teologia, como forma de aprimoramento de sua liderança, através de seu Departamento de Ensino.

O objetivo deste departamento é buscar a excelência de Deus na preparação ministerial, orientando, ensinando, mostrando éticas pastorais e formando obreiros e pastores capacitados a pastorearem. É oferecida uma formação àqueles que almejam trabalhar na obra da Igreja ou mesmo obter conhecimentos para si.[5]

Os principais cursos oferecidos são:

  • Escola de Ministérios – Tem como objetivo principal conhecer e estudar toda a visão da Igreja preparando os membros para serem obreiros e trabalhar na Obra do Senhor.
  • Médio Teológico – Nele o membro terá um estudo mais profundo da Bíblia.
  • SATE – Bacharel em Teologia por extensão (porém não reconhecido pelo MEC).

Todos os cursos são exclusivos para membros da Igreja Fonte da Vida.

Veículos de Comunicação[editar | editar código-fonte]

Hoje a Igreja possui duas rádios (Rádio Aliança AM 1090 Goiânia e a Rádio Fonte FM 103,7 MHz Goiânia, e 107,9 MHz Brasília) e um canal de televisão, a Fonte TV, todos ligados à Rede Fonte de Comunicação.[6]

Referências

  1. «オヤマ菊之助について». ministeriopedrasvivas.com. Consultado em 19 de março de 2018. 
  2. [1]
  3. [2]
  4. [3]
  5. [4]
  6. [5]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]