Igreja Evangélica Livre do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Julho de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Igreja Evangélica Livre no Mundo[editar | editar código-fonte]

A Igreja Evangélica Livre nasceu como fruto de um avivamento na Europa que causou um grande desconforto decorrente da celebração da Ceia do Senhor na Igreja Luterana estatal, na qual crentes e não crentes a celebravam conjuntamente. Pessoas viviam em pecado abertamente, mas participavam do corpo e do sangue de Cristo. Diante deste quadro, um grupo de 25 estudantes de teologia, liderado pelo comerciante Robert Haldene em Genebra (Suíça) em 1816, iniciou estudos bíblicos no livro de Romanos, o que culminou com a sua expulsão da Igreja Luterana Estatal. Portanto, separaram-se da Igreja oficial (Luterana) para que pudessem viver a sua fé de maneira mais bíblica, em torno do estudo da Palavra, oração, pregação da Palavra e celebração da ceia do Senhor e do batismo. Muitas pessoas se converteram. César Malan, Alexander Vinet, Ami Bost e muitos outras receberam um impacto e resultou numa vida com e para Cristo. Entre eles eram os franceses Adolpho e Fredric Monod.

- 1817 se formou a Église du Bourg-de-Fourem Genebra como protótipo de uma Igreja Evangélica Livre, uma igreja onde Jesus Cristo não somente era um fator histórico, mas o Senhor ressurreto, vivo e atuando. Mesmo não tendo a intenção de formar uma nova denominação, foi o que acabou acontecendo.

- 1832 Adolpho Monod estabeleceu a primeira Igreja Evangélica Livre em Lyon na França.

- 1854 Hermann Heinrich Grafe, que conheceu a Igreja de Lyon fundou a primeira Igreja Evangélica Livre da Alemanha.

No ano de 1874 já havia 22 comunidades similares que se reuniam para celebrar a Ceia do Senhor como crentes. Logo o movimento de igrejas evangélicas livres, espalhou-se pela Europa, América do Norte, sendo que para os EUA a IEL foi levada por imigrantes suecos, noruegueses e dinamarqueses entre 1860 e 1900. Para América Latina (Venezuela 1898, Peru 1975, Brasil 1960, México 1980, Colômbia 1991, Haiti 1993, Honduras 2002, República Dominicana 2000).

Onde Deus deu um avivamento espiritual se formaram igrejas livres.  A unidade das Igrejas Evangélicas Livres não é baseada na mesma origem, mas na mesma convicção sobre a igreja. A união não está baseada numa organização, mas na presença do Espírito Santo em cada membro. Para agradar o Senhor Jesus e fazer a sua vontade é importante colocar as diferenças pessoais ao lado e trabalhar para o bom êxito do Reino de Deus.  

A Igreja Evangélica Livre no Brasil[editar | editar código-fonte]

A Igreja Evangélica Livre está celebrando o aniversário de 58 anos em 2018. O que começou com um grupo de imigrantes alemães é hoje uma igreja brasileira. Os começos foram difíceis, mas Deus na sua misericórdia ajudou todo este tempo. A história da Igreja Evangélica Livre no Brasil é uma história da graça de Deus. Ele cuidou durante todo tempo o crescimento da sua igreja. Ele usou falhas humanas para que a sua glória fosse vista. Devemos louvores a Ele. O casal Erich e Herta Ostermoor realizavam atividade missionária entre os alemães e pessoas de fala alemã em São Paulo. Em 23 de abril de 1937, o Pastor Traugott Salzmann, da Suíça, veio para ajudar no trabalho missionário.

Após 2 anos se separa do casal Ostermoor. O trabalho foi organizado em grupos de estudo bíblico, principalmente na periferia da cidade. Foram organizados grupos nos bairros de Santa Terezinha, Pitangueiras, Santo Amaro, Vila Mariana, Campo Belo. O encontro destes grupos dava-se no culto dominical, que era realizado domingos à tarde na Igreja Metodista Central, na Avenida da Liberdade, e à noite, no subsolo da igreja, eram realizadas reuniões de testemunho, cânticos, discussão aberta sobre temas bíblicos.

Durante os anos da guerra (1942-1945), período no qual o Brasil fazia parte dos Aliados, as reuniões abertas do grupo foram suspensas, permanecendo apenas a reunião em secreto de pequenos grupos nos lares, devido à portaria da Superintendência de Segurança Política e Social de São Paulo, regulamentando as atividades dos estrangeiros naturais dos países do Eixo, proibindo o uso das línguas italiana, alemã e japonesa, viagens sem autorização e ajuntamento e viagens por via aérea sem licença especial concedida por esta Superintendência.

As reuniões abertas foram retomadas após a o fim da Segunda Guerra.

Em 1947, a Igreja Cristã Evangélica cede as suas instalações para que o grupo pudesse novamente realizar os seus encontros.

Em 1959, a igreja muda para a Rua Indiana, 1096, casa da família Johann Rempel, onde é oficialmente fundada em 16 de agosto de 1959, sendo sua ata de constituição, com a assinatura de seus 20 membros fundadores, assim, oficialmente a primeira Igreja Evangélica Livre no Brasil.

Em 1960, chegaram ao Brasil os primeiros missionários da Allianz-Mission da Alemanha na cidade de Xanxerê em Santa Catarina. A Allianz-Mission era a agência enviadora de missões além da Convenção das Igrejas Evangélicas Livres da Alemanha e enviaram os Missionários Uwe Greggersen e Dora Maria Greggersen e Emmy Huppert. No início dos anos 60, eles se deslocam para a nova fronteira do Brasil, o Oeste do Paraná, e iniciam na cidade de Toledo um trabalho de fundação de igrejas, que inicialmente chamam de Igrejas Evangélicas Independentes.

Há uma aproximação das igrejas nos anos 70, e em 1983, são tomados passos decisivos para a fundação da Convenção das Igrejas Evangélicas Livres.

As igrejas do Sul do país mudaram o nome de Igrejas Evangélicas Independentes para Igrejas Evangélicas Livres.  Em 21 de abril de 1984, é fundada a Convenção das Igrejas Evangélicas Livres no Brasil (CIELB), inicialmente com 7 igrejas.

Ligações Externas

Ícone de esboço Este artigo sobre protestantismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.