Manchus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Manchu)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manchu

ᠮᠠᠨᠵᡠ

Manchu celeb 1.jpg
Algumas figuras notáveis de origem manchu
População total

c. 10.430.000

Regiões com população significativa
China China continental 10.410.585[1]
Taiwan Taiwan 12.000[2]
Hong Kong Hong Kong 1.000[3](fonte obsoleta)
Línguas

Mandarim padrão

Língua manchu
Religiões
Xamanismo manchu, Budismo, Folclore chinês e Catolicismo
Grupos étnicos relacionados
Outros povos Tungúsicos

Os Manchu[4] ou Mandchu[4] (Manchu: ᠮᠠᠨᠵᡠ; Möllendorff: manju; Abkai: manju; chinês tradicional: 滿族, chinês simplificado: 满族, pinyin: MǎnzúWade-Giles: Man³-tsu²) são uma minoria étnica da China que teve origem no que hoje é o nordeste da Manchúria. Eles também são chamados de "Manchus de franjas vermelhas", uma referência aos ornamentos de seus tradicionais chapéus. São descendentes dos Jurchen, povo que estabeleceu a primeira Dinastia Jin (1115-1234). Em 1616 os Manchu restabelecem a dinastia Jin, conquistam a dinastia Ming (1368–1644) e fundam a dinastia Qing (1644–1912).

Os Manchu formam o maior braço dos povos Tungúsicos e estão distribuídos por toda a China, formando o quarto maior grupo étnico do país. Eles podem ser encontrados em 31 Províncias da China. Também formam a maior minoria na China sem uma região autônoma. A província de Liaoning é a que possui o maior número de indivíduos manchu, cerca de metade da população, e Hebei, Heilongjiang, Mongólia Interior e Pequim possuem mais de 100.000 residentes da etnia. Existem alguns condados autônomos da minoria na China, como Xinbin, Xiuyan, Qinglong, Fengning, Yitong, Qingyuan, Weichang, Kuancheng, Benxi, Kuandian, Huanren, Fengcheng, Beizhen e mais de 300 cidades e distritos.

Hoje, os manchus foram em grande parte assimilados pelos Han, e a língua manchu encontra-se praticamente extinta. Formam uma das 56 nacionalidades oficialmente reconhecidas pela República Popular da China.

Referências

  1. 《中国2010年人口普查资料(上中下)》 [Data of 2010 China Population Census]. China Statistics Press. 2012. ISBN 9787503765070
  2. 中華民國滿族協會. www.manchusoc.org
  3. "Research". Ethnicity Research (《民族研究》) (in Chinese) (1–12): 21. 1997.
  4. a b Paulo Correia; Direção-Geral da Tradução — Comissão Europeia (Outono de 2012). «Etnónimos, uma categoria gramatical à parte?» (PDF). Sítio Web da Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. a folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (N.º 40): 29. ISSN 1830-7809. Consultado em 13 de janeiro de 2013