Mickey's Once Upon a Christmas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mickey's Once Upon a Christmas
Mickey - Um Natal Mágico (PRT)
Aconteceu no Natal do Mickey (BRA)
 Estados Unidos
1999 •  cor •  65 min 
Direção Alex Mann
Jean-François Laguionie
Narração Kelsey Grammer
Elenco Wayne Allwine
Tony Anselmo
Tress MacNeille
Corey Burton
Diane Michelle
Russi Taylor
Jeff Bennett
Alan Young
Shaun Fleming
Jim Cummings
Frank Welker
Bill Farmer
Música J. Eric Schmidt
Edição Elen Orson
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Pictures
DisneyToon Studios
Lançamento Estados Unidos 9 de novembro de 1999
Brasil 10 de novembro de 1999
Portugal 2000
Hungria 7 de dezembro de 2004
Suécia 23 de dezembro de 2006
Idioma inglês
Cronologia
Mickey's Twice Upon a Christmas
(2004)

Mickey's Once Upon a Christmas (Brasil: Aconteceu no Natal do Mickey / Portugal: Mickey - Um Natal Mágico) é um filme de 1999 para vídeo directo animação tradicional filme de Natal filme antologia produzido por Walt Disney Home video e ganhou o prêmio de Melhor Filme de Animação no 5º Kecskemét Animation Film Festival em 1999. Os recursos de vídeo Mickey Mouse, Minnie Mouse, Tio Patinhas, Mortimer Mouse, Fígaro do gatinho e Tico e Teco com aparição Cameo por Corujão, Clarabela, Horácio, e Irmãos Metralha. O filme é composto por três segmentos distintos, com narração de Kelsey Grammer. A sequela, intitulada do Mickey's Twice Upon a Christmas , foi lançado em 2004.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Um Pedido de Natal[editar | editar código-fonte]

Huguinho, Zezinho e Luisinho acordam numa manhã de Natal e abrem os seus presentes, mesmo que eles deveriam esperar primeiro para a tia Margarida, Tio Patinhas e tia Gertie a chegar. Depois que os garotos levam seus trenós novos de seu tio Donald (não lendo o cartão de presente incluído) que andar de trenó e têm jantar de Natal. Enquanto Donald, Margarida, Tio Patinhas e tia Gertie cantam canções, os meninos brincam com seus brinquedos novos. Mais tarde, é tempo para os meninos para ir para a cama e tendo desfrutado o dia imensamente, os meninos, em seguida, desejam que seria o Natal todos os dias. Seu desejo é concedido e em primeiro lugar e os três estão alegres. Depois de alguns dias, no entanto, eles começam a ficar doentes de Natal e logo percebem que cada dia será exatamente o mesmo que o dia em que primeiro fez o seu desejo. Eles, então, decidem mudar o curso da ação do dia seguinte, jogando truques e brincadeiras, incluindo trocar o Peru cozido com um vivo para a mesa de jantar. O dia acaba por ser um Natal ruim para todos, especialmente Donald. Depois disso, os meninos finalmente lêem o cartão de presente que foi dado a eles que tinham ignorado anteriormente. O cartão é de Donald e Margarida, ele deseja-lhes amor e explica que o Natal não é apenas sobre presentes, trata-se de estar com a família. Os meninos tornam-se instantaneamente culpados por suas brincadeiras e decidem fazer as pazes, tornando o dia seguinte, o melhor Natal de sempre. No final do dia seguinte, os meninos finalmente percebem o verdadeiro significado do Natal e do laço do tempo chega ao fim, levando para o dia depois do Natal.

Papai Noel Existe[editar | editar código-fonte]

Pateta e Max estão enviando uma carta para Papai Noel. No entanto, assim que chegar em casa, João Bafo de Onça, o vizinho, diz ao garoto que o Papai Noel não existe, prevendo como ele não pode voar ao redor do mundo em uma noite. As coisas pioram quando Pateta aparece como Papai Noel para algumas crianças e Max descobre que ele enganou. Pateta está determinado a provar ao filho que o Papai Noel existe e ainda permanece acima toda a véspera de Natal para manter um olho para fora para ele. Mas, depois de cair do telhado, Pateta larga a esperança de que Papai Noel aparece. Agora, Max faz tudo o que Pateta fez para fazer seu pai feliz, incluindo aparecer como Papai Noel. No final, o verdadeiro Papai Noel, na verdade, vem e dá Max o presente que o menino pediu mais cedo (bem como atingir um pouco de neve sobre a casa de Bafo quando o vizinho astuto tenta embelezar a figura lendária). Este segmento do Mickey's Once Upon a Christmas cronologicamente antecede a série de desenhos animados, Goof Troop . Max é dublado por Shaun Fleming das bandas de rock indy Diane Coffee e Foxygen.

Um Presente Muito Especial[editar | editar código-fonte]

Baseado na história O Presente dos Magos por O. Henry. Mickey quer dar a Minnie uma corrente de ouro para ela como uma herança, o relógio, então ele trabalha no Lote de árvores do Bafo Maluco. Minnie quer dar Mickey algo especial para o Natal, bem como, de modo que ela trabalha duro para obter o seu presente especial. No entanto, Bafo (o chefe tenso e ganancioso de Mickey) rouba todo o dinheiro do camundongo e demitiu quando ele estraga sua chance de vender um homem uns 10 centavos para uma família pobre, Bafo coloca todo o dinheiro e o seu charuto no bolso e seu traseiro começa a esquentar e se atropela num monte de latas de cola, o fogo começa a lançar o Bafo pelo céu causando um incêndio nas árvores de dez metros, depois disso, o presente de Minnie prova ser nada além de um panetone. Depois de tocar a música para um brinquedo de Caridade com a banda de bombeiros, Mickey tem a idéia de que ele pode trocar sua gaita para a corrente. De volta à casa de Minnie, Mickey dá-lhe a corrente para o relógio e Minnie dá-lhe um estojo para sua gaita. É claro, a ironia é que Minnie não tem mais seu o seu relógio que Mickey já não tem a sua gaita de modo que os presentes são essencialmente inúteis. Como no clássico O Presente dos Magos sobre o qual esta adaptação-escrita por Richard Cray se baseia, o pensamento por trás de cada presente é o que conta. O filme termina com uma canção de várias canções, como "Bate O Sino", "O Natal é Um Lindo Dia" e "Natal é Tempo de Festa".