Tempo de Melodia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Melody Time
Tempo de Melodia (PT/BR)
 Estados Unidos
1948 •  cor •  75 min 
Direção Jack Kinney
Clyde Geronimi
Hamilton Luske
Wilfred Jackson
Produção Walt Disney
Roteiro Winston Hibler
Harry Reeves
Ken Anderson
Erdman Penner
Homer Brightman
Ted Sears
Joe Rinaldi
William Cottrell
Jesse Marsh
Art Scott
Bob Moore
John Walbridge
Elenco Roy Rogers
Dennis Day
Andrews Sisters
Fred Waring
Freddy Martin
Ethel Smith
Frances Langford
Buddy Clark
Bob Nolan
Bobby Driscoll
Luana Patten
Género Animação
Edição Donald Halliday
Thomas Scott
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Pictures
Distribuição RKO Pictures
Lançamento Estados Unidos 27 de maio de 1948
Brasil 2 de julho de 1948
Portugal 12 de abril de 1952
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Tempo de Melodia (Melody Time, no original) é um filme estadunidense do gênero animação produzido pela Disney em 1948. É o sexto filme do estúdio composto únicamente por segmentos.

É o décimo longa metragem de animação dos estúdios Disney e foi lançado nos cinemas em 27 de maio de 1948. O filme foi produzido por Walt Disney e dirigido por quatro diretores: Jack Kinney, Clyde Geronimi, Hamilton Luske e Wilfred Jackson.

Segmentos do filme[editar | editar código-fonte]

Era uma vez no inverno[editar | editar código-fonte]

Um rapaz e sua namorada patinam sobre o gelo numa noite de inverno. Mas, após um desentendimento, o gelo acaba se partindo, a ponto de quase provocar uma tragédia menina. O rapaz parte para um resgate dramático, auxiliado pelos bichos da mata e os cavalos da charrete. Este curta também foi usado pela Disney em vídeo com a canção Jingle Bells.

A Dança do Zangão[editar | editar código-fonte]

Esse segmento trata de um pesadelo surrealista vivido por uma abelha solitaria, que tenta desesperadamente escapar de imagens materializadas pela música frenética.

Johnny Semente-de-Maçã[editar | editar código-fonte]

Esse segmento reconta a história de John Chapman, que passou a maior parte de sua vida vagando pelos Estados Unidos (principalmente Illinois e Indiana) e plantando macieiras, ganhando assim seu apelido. Dennis Day narrou e dublou todas as vozes exceto o anjo, que foi dublado por Dallas McKennon.

Este segmento foi re-lançado independentemente em 25 de Dezembro de 1955 como Johnny Appleseed.[1]

O Rebocador Apitinho[editar | editar código-fonte]

Esse segmento é adaptado de um poema de Hardie Gramatky e mostra um pequeno rebocador que procura ser igual ao seu pai mas, sem querer, provoca uma série de acidentes e é banido do porto. Durante uma forte tempestade, porém, tem a chance de demonstrar sua bravura e de reabilitar-se.

Árvores[editar | editar código-fonte]

Esse segmento recita um famoso poema do autor americano Joyce Kilmer, uma visão lírica das estações do ano.

A Culpa é do Samba[editar | editar código-fonte]

Esse segmento traz o Pato Donald e Zé Carioca às voltas com uma ave maluca dos trópicos, o Aracuã, que os introduz nos segredos do samba.

Pecos Bill[editar | editar código-fonte]

É o segmento final, onde este famoso herói do Texas, o maior vaqueiro que já houve na face da terra, junto ao seu fiel cavalo Widowmaker, mostram a grandiosidade exageradamente grande do Texas e dos texanos. Pecos apaixona-se pela beldade Slue-Foot Sue, e o desenho é na verdade a história narrada pelo cowboy Roy Rogers às crianças Bobby Driscoll e Luana Patten. Este segmento foi posteriormente editado digitalmente, apagando-se o cigarro que Pecos Bill fumava nalgumas cenas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Roy Rogers como Ele mesmo; narrador; cantor (Pecos Bill)
  • Trigger como Ele mesmo
  • Dennis Day como Narrador; cantor; personagens (Johnny Semente-de-Maçã)
  • Andrews Sisters como Cantoras (O Rebocador Apitinho)
  • Fred Waring and the Pennsylvanians como Cantores (Árvores)
  • Freddy Martin como Compositor (A Dança do Zangão)
  • Ethel Smith como Organista (A Culpa é do Samba)
  • Frances Langford como Cantora (Era uma vez no inverno)
  • Buddy Clark como Cantor; narrador
  • Bob Nolan como Ele mesmo; cantor; narrador (Pecos Bill)
  • Sons of the Pioneers como Eles mesmos; cantores; narradores (Pecos Bill)
  • The Dinning Sisters como Cantoras (A Culpa é do Samba)
  • Bobby Driscoll como Ele mesmo (Pecos Bill)
  • Luana Patten como Ela mesma (Pecos Bill)
  • Mel Blanc como Rebocador Apitinho (efeitos sonoros e assobios) (O Rebocador Apitinho)
  • Thurl Ravenscroft como Rebocador Apito (efeitos sonoros e assobios) (O Rebocador Apitinho); cantor
  • Bill Lee como Cantor

Produção[editar | editar código-fonte]

Feito sobre vários segmentos baseados na música popular e folclórica norte-americana, Tempo de Melodia, assim como Música, Maestro!, uma versão contemporânea de Fantasia, foi um filme ambicioso mas que se revelou um fracasso comercial após seu lançamento.

Melody Time, embora não tenha tido o cuidado artístico de Fantasia, fez um relativo sucesso.

Música[editar | editar código-fonte]

  • No segmento Árvores, The Dinning Sisters fazem o vocal, acompanhadas pelo organista Ethel Smith.
  • Frances Langford canta a música título no segmento Era uma vez no inverno.
  • A canção do segmento A Dança do Zangão foi uma cortesia de Freddy Martin e sua orquestra (com a participação do pianista Jack Fina), interpretando uma versão jazzística de Flight of the Bumble Bee, de Rimsky-Korsakov, que foi uma das músicas planejadas para integrar Fantasia até ser descartada.
  • The Andrews Sisters são as cantoras do segmento O Rebocador Apitinho.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

  • Tempo de Melodia foi lançado primeiro no Japão em laserdisc no dia 25 de Janeiro de 1987 e em VHS dia 2 de Junho de 1998 na coleção Walt Disney Masterpiece Collection. O laserdisc japonês não é cortado no segmento Pecos Bill.
  • Seu último lançamento em home-video foi em VHS e DVD no dia 6 de Junho de 2000.
  • No Brasil, o filme foi lançado nos cinemas em 2 de julho de 1948 e em Portugal no dia 12 de Abril de 1952.

Referências

  1. «Johnny Appleseed» (em francês). Consultado em 3 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Fun and Fancy Free
Lista de filmes de animação da Disney
1940
Sucedido por
As Aventuras de Ichabod e Sr. Sapo