Petizes da Penha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Petizes da Penha
Bandeira do GRCESM Petizes da Penha.png
Fundação 26 de junho de 2002 (15 anos) [1][2]
Cores

Verde

Branco
Bairro Penha [1][2]

GRCESM Petizes da Penha é uma escola de samba mirim da cidade do Rio de Janeiro, que participa todos os anos do desfile oficial de escolas de samba mirins, realizado na Marquês de Sapucaí.

História[editar | editar código-fonte]

A escola foi fundada no ano de 2002.

Em 2011, reeditou o samba-enredo da Flor da Mina de 2006.[3], sendo a décima terceira agremiação a desfilar.[1][4]

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Darcília Lima ? - ? [1]

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2011 Alexandre Júnior [1]
2012 Alexandre Júnior e Jean Oliveira [5]
2013 Jean Oliveira [6]
2014 Jean Oliveira e Rodrigo Santos [7]
2016 Nury e Jean [8]
2017 Jean Oliveira e Jean Alexandre [9]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2011 Bianca Sousa Sérgio Luis e Patrick Miller Anderson e Vitor Hugo [1]
2015

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2011 Adilson Lourenço [1]
2015

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2011 Matheus e Cristiane [1]
2015
2017 dudu Oliveira e Samara chistina

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Princesa Ref.
2011 Roberta Vieira Jenyfer
Victória
[1]
2015

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Petizes da Penha
Ano Enredo Compositores
do samba-enredo
Carnavalesco Ref.
2003 "Brasil seu canto, ginga e dança, lhe encanta" [2]
2004 "Planeta mãe d'água" [2]
2005 "Pelos trilhos de Barão de Mauá - 150 anos de ferrovia no Brasil" Agnaldo Torres [2]
2006 "Uma Aquarela da cor de Toquinho" [2]
2007 "Berço do samba de encantos mil, Petizes da Penha, carioca Brasil" Leozinho Nunes, Adalberto e Evaldo Júnior Luiz Carlos Guimarães e Comissão de Carnaval [2]
2008 "A Influência da Família Real com o Surgimento da Imprensa no Brasil" Luiz Carlos Guimarães, Bianca dos Santos, Washington César, Milleir e Quinho [2]
2009 "Deixou de ser, para ser... Só Brasil" Carlos Júnior Luiz Carlos Guimarães [2]
2010 "Um progresso verde! Nós queremos!" Carlos Júnior e William Ferreira Willian Ferreira [2]
2011 "O direito de ir e vir da Aldeia Andira Y, da cadeirinha ao metrô eu também vou"
(Reedição do enredo de 2006 da Flor da Mina do Andaraí)
Totonho, David, Carlinhos Aniceto, Evaristo e Márcio Silva Comissão de Carnaval [1][2]
2012 "Êta Nordeste da Peste, do xote, xaxado e baião, a Petizes vem mostrar as riquezas desse chão" Alexandre Júnior, Cadinho da Ilha e Nelsinho Lucas Ferreira [2]
2013 "Vamos brincar de ser criança"
(Reedição do enredo de 1978 da Imperatriz Leopoldinense)
Aranha, Guga, Tuninho Professor, Sereno e Zé Katimba [6]
2014 "Coré-etuba taki kéva! Na origem dessa gente, Petizes conta a história diferente" Rodrigo Santos, Diangelo Fernandes e Adalberto [7]
2015 "Penha: Um canto de amor à vida na voz da nossa petizada" [10]
2016 "Um canto de amor às águas" Alan Luís, Roberto Albuquerque, Aline Gabriel e Anderson Luís [8]
2017 "Sorria, você está sendo filmado" Leozinho Nunes, Fabão, Rodrigo Jacopeti e Jean Alexandre [9]

Referências

  1. a b c d e f g h i j Riotur. «G.R.C.E.S.M. Petizes da Penha - A décima terceira escola a desfilar defenderá o enredo "Da cadeirinha ao Metrô, eu também vou...".». Consultado em 21 de abril de 2011 
  2. a b c d e f g h i j k l «Informações». Site Academia do Samba. Consultado em 9 de julho de 2017. Cópia arquivada em 9 de julho de 2017 
  3. Extra (22 de junho de 2010). «Escolas de samba mirins apresentam enredos e lançam CD». Consultado em 17 de março de 2011 
  4. TV Rio Samba (março de 2011). «AESM-RIO divulga notas das agremiações mirins». Consultado em 28 de maio de 2011. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2013 
  5. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome :0
  6. a b «2013». Site SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  7. a b «2014». Site SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  8. a b Samba Conexão News (5 de dezembro de 2015). «Confira os Sambas de Enredo - Escolas Mirins - carnaval 2016.». Consultado em 24 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2016 
  9. a b «2017». Site Rádio Arquibancada. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  10. «2015 2». Site Agência Brasil. Consultado em 9 de julho de 2017. Cópia arquivada em 9 de julho de 2017