União da Ponte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
União da Ponte
Bandeira do GRBC União da Ponte.png
Fundação 23 de fevereiro de 1975 (45 anos)[1]
Cores
Símbolo Ponte
Bairro Campo Grande
UniaoDaPonte

O Grêmio Recreativo Bloco Carnavalesco União da Ponte é um bloco de enredo da cidade do Rio de Janeiro, sediada no bairro de Campo Grande.

História[editar | editar código-fonte]

A agremiação foi criada no ano de 1975.[1]

No ano 2000 chegou ao grupo 1 dos blocos, com o enredo "500 anos da raça Brasil". Em 2007 com um enredo em homenagem a tradicional escola de samba Império Serrano, chegou ao vice-campeonato. Em 2010, foi o quinto bloco a desfilar na Avenida Rio Branco com o enredo "Da mente de um louco, uma história genial assim se faz meu carnaval", de Isidro Cassilhas, sendo o oitavo colocado.[2]

No ano de 2011 com uma homenagem a Chico Mendes[3], terminou na 5ª colocação.

Em 2012, foi campeã do Grupo 1 após empatar com Tradição Barreirense e Coroado de Jacarepaguá. Naquele ano, como apenas um bloco poderia subir, foi realizado um sorteio que promoveu a Tradição Barreirense. Em 2013 a União da Ponte ficou novamente com o segundo lugar no grupo 1 dos Blocos.

Em Maio de 2017 foi cogitado de que a União da Ponte deixaria de ser bloco de enredo e viria a se tornar escola de samba. No entanto, a diretoria decidiu criar outra agremiação paralela, com o nome de União de Campo Grande.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidência[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Salvador Santos Filho 1975-atualidade [4][1]

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Nome Ano Ref
2006-2008 Taizinho da Ponte
2009-2012 Geovane da Ponte
2013-atualidade Walmir Raiz

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Direção de Carnaval Direção de harmonia Mestre de Bateria Ref.
2017 Jorge Rodolfo Dinho

Mestre-sala e Porta-estandarte[editar | editar código-fonte]

Ano Casal Ref
2020 Edilson Fortes e Carolina Dantas

Corte da Bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha de Bateria Princesa da Bateria Ref
2010-2012 Daniele Bueno
2013 Norminha
2014 Thaina Barreto Ruth Neta
2015 Thaina Barreto Vitória Araujo
2016 Norminha Vitória Araujo
2017- Vitória Araujo

Carnavais[editar | editar código-fonte]

União da Ponte
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref.
2006 7º lugar Grupo 1 A lenda do sol e da lua Isidro Cassilhas
2007 Vice-Campeã Grupo 1 Vitórias dum reinado chamado Império Isidro Cassilhas [5]
2008 3º lugar Grupo 1 O Berço da Civilização Brasileira Isidro Cassilhas [6]
2009 6º lugar Grupo 1 Campina Grande, O maior São João do Mundo Isidro Cassilhas [7]
2010 8º lugar Grupo 1 Da mente de um louco, uma história genial assim se faz meu carnaval Isidro Cassilhas [8]
2011 5º lugar Grupo 1 Chico Mendes: a voz da floresta
Compositores: Haroldo Costa e Jean Carlos
Isidro Cassilhas [9]
2012 Campeã Grupo 1 Feitiço
Compositores:Thiaguinho, Kaká e Paulo da Ponte
Isidro Cassilhas [10]
2013 Vice-Campeã Grupo 1 Ganga Zumba, Rei dos Palmares
Compositores: Edmar Fumaça, Walmir Raiz, Thiago, Kaká, Carlinhos Bombom e Paulo da Ponte.
Isidro Cassilhas [11]
2014 3º lugar Grupo 1 Clube do Terror, A História dos sustos na Sétima Arte! Isidro Cassilhas [12]
2015 3º lugar Grupo 1 Na terra do Império Serrano, tudo o que reluz e ouro Isidro Cassilhas
2016 3º lugar Grupo 1 Um Brasil, brega e chique Reinaldo Silveira [13][4]
2017 3º lugar Grupo 1 Xangô, o rei de Oyó Comissão de Carnaval
2018 4º lugar Grupo 1 Gangazumba — Rei dos Palmares Reinalto Silveira
2019 5º lugar Grupo A Canto das Três Raças Brasileiras Reinalto Silveira [1]
2020 Vice campeã Grupo A Elementais da Natureza - Os 4 elementos da vida Isidro Cassilhas [14]

Referências

  1. a b c d https://sambanaintendente.blog/2019/02/20/carnaval-2019-grupo-a-6a-uniao-da-ponte/
  2. «Classificação 2010». Federação dos Blocos do Estado do Rio de Janeiro. Consultado em 1 de agosto de 2010. Arquivado do original em 26 de fevereiro de 2011 
  3. «Blocos de Enredo da Zona Oeste marcam presença no carnaval Oficial». Folha da Terra. 26 de janeiro de 2011. Consultado em 16 de fevereiro de 2011 
  4. a b Federação dos Blocos Carnavalescos do Estado do Rio de Janeiro. «Ordem dos desfiles para o Carnaval 2016». Consultado em 9 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2016  Parâmetro desconhecido |Autor= ignorado (|autor=) sugerido (ajuda)
  5. «DESFILE 2007». Federação dos Blocos. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2018 
  6. «DESFILE 2008». Federação dos Blocos. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2018 
  7. «CARNAVAL 2009». Federação dos Blocos. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  8. «CARNAVAL 2010». Federação dos Blocos. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  9. «CARNAVAL 2011». Federação dos Blocos. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  10. «CARNAVAL 2012». Federação dos Blocos. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  11. «CARNAVAL 2013». Federação dos Blocos. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  12. «CARNAVAL 2014». Federação dos Blocos. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  13. http://www.federacaodosblocos.com/index_arquivos/Page7481.htm
  14. Samba na Intendente. «FBCERJ/GRUPO A – Confira a Sinopse da União da Ponte». Consultado em 7 de dezembro de 2020  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.