Império Ricardense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Império Ricardense
Bandeira do GRES Império Ricardense.png
Fundação 19 de abril de 2015 (5 anos)
Cores
Símbolo Coroa
Bairro Ricardo de Albuquerque
Presidente Jatir Costa[1]
Desfile de 2020
Enredo De Carlota Joaquina a Bacurau, nosso Cinema deu Show e virou Carnaval!

Grêmio Recreativo Escola de Samba Império Ricardense é uma escola de samba do Rio de Janeiro, fundada a 19 de abril de 2015.[2]. A escola de samba está sediada no bairro de Ricardo de Albuquerque, em frente à estação de trem deste bairro, onde foi a sede do tradicional Ricardo Country Club, na Avenida Nazaré 640 - Ricardo de Albuquerque.

História[editar | editar código-fonte]

A escola surgiu como uma dissidência do Arame de Ricardo, após em 2015 a ala de passistas daquela escola ter sido dispensada pela diretoria, mesmo vencendo o Prêmio Elite do Samba de 2015. Nino Smith, intérprete revelação da escola no ano anterior, foi um dos dissidentes do Arame, fundador da nova entidade.

Em seu primeiro ano, foi a última escola a desfilar, e embora bastante luxuosa, teve um problema no carro alegórico, que a fez perder o título. Após o carnaval, Nino Smith, presidente do Conselho Deliberativo da escola, fez pesadas críticas à LIESB, liga então responsável pela organização da terceira divisão, e que portanto, não tinha à época, gerência sobre o certame disputado pela escola. Na ocasião, Nino chamou a LIESB de "câncer do Carnaval".[3] No ano seguinte, já sob a gerência desta liga, a agremiação foi a campeã do Grupo E.[3]

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes e Vice Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Jatir Costa Fundação-? [4][1]
Sandro Moraes ? - Atualidade [5]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2016 Serginho Aguiar Giba Andolinni Mariano [4]
2017 Serginho Aguiar e Janor Ronaldo Careca [1]
2018 Serginho Aguiar Janor Ronaldo Careca e Alexandre
2019 Thiago Moraes Janor Mariano
2020 Renato Álvaro Gerson Mariano [5]


Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Período Intérprete oficial Referência
2016 Andinho Samara e Dudu Vianna [6][1]
2017 Andinho Samara
2018 Edinho Gomes e Rixxah
2019 Dalilah e Nazário
2020 Nélio Martins [5]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2016 Juninho Mix [4]
2017 Juninho MIx
2018 Juninho Mix
2019 Jefferson Costa
2020 Jefferson Costa [5]

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2016 Douglas Valle e Fernanda Araújo [4]
2017 Willian Miranda e Fernanda Araújo
2018 Willian Miranda e Fernanda Araujo
2019 Igor e Kauana
2020 Ruan Vitor e Kauanna Oliveira "Kakau" [5]

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha Ref.
2016 Nathália Machado [4]
2017 Nathalia Machado
2018 Aninha Absurda
2019 Larissa
2020 Ranya Mayan Cantora [5]

Carnavais[editar | editar código-fonte]

IMPÉRIO RICARDENSE
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref.
2016 3.º Lugar Série E
(sexta divisão)
Meu lugar... Arilton Smith e Fabio Giampietro [6]
2017 Campeã Série E
(sexta divisão)
La ultima noche de carnaval Arilton Smith e Fabio Giampietro [1]
2018 8º Lugar Série D
(quinta divisão)
Awré Bambá Lázaro: O Mensageiro do Oriki de Olodum Arilton Smith, Gabriel Mello, Alicinha Smith e Eliane Boldrini [7]
2019 9º Lugar Série D
(quinta divisão)
"AMA" O brado das amazonas Fabio Giampietro [8]
2020 9º Lugar Acesso da Intendente
(quarta divisão)
De Carlota Joaquina a Bacurau, nosso Cinema deu Show e virou Carnaval!
(Compositores:Alexandre Valle, Tiago Moraes, Paulo Bispo, Rodrigo Sarmento, Edinho Gomes, Carlos Valerio, Cris Oliveira, Márcio França e Carlinhos Ousadia. Participações: Ronaldo Carvalho e Jacaré, Mailton do Cavaco e JC Saraiva
Orlando Júnior [9][5]
2021 Acesso da Intendente Orlando Júnior


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Referências

  1. a b c d e SRZD (14 de abril de 2016). «Conheça a sinopse do enredo de 2017 da Império Ricardense». 21h27 
  2. http://www.galeriadosamba.com.br/noticia/associacao-cultural-samba-e-nosso-define/13765/1/
  3. a b Revista Explosão in Samba (6 de março de 2017). «O amor venceu o câncer - Império Ricardense é campeão do grupo E». Cópia arquivada em 8 de março de 2017 
  4. a b c d e «Cópia arquivada». Consultado em 22 de março de 2016. Arquivado do original em 22 de março de 2016 
  5. a b c d e f g «Império Ricardense / Carnaval 2020 / Acesso». Samba na Intendente. Consultado em 21 de maio de 2020. Cópia arquivada em 21 de maio de 2020 
  6. a b http://www.sidneyrezende.com/noticia/260198+carnaval+2016+nacao+insulana+e+campea+da+serie+e?platform=hootsuite
  7. «Império Ricardense divulga sinopse para o Carnaval 2018». Rádio Arquibancada. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  8. «Império Ricardense 2019». Apoteose.com. Consultado em 19 de janeiro de 2019 
  9. «Império Ricardense 2020». Galeria do Samba. Consultado em 13 de fevereiro de 2020