Pimpolhos da Grande Rio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pimpolhos da Grande Rio
Bandeira do GRCESM Pimpolhos da Grande Rio.png
Fundação 10 de agosto de 2002 (16 anos) [1]
Escola-mãe Acadêmicos do Grande Rio [1]
Cores

Bairro Centro [1]
Site oficial
http://pimpolhos.org.br/

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mirim Pimpolhos da Grande Rio é uma escola de samba mirim e organização não governamental, do município de Duque de Caxias, que participa dos desfiles das escolas de samba mirins, organizado pela AESM-RIO (Associação das Escolas de Samba Mirins). Sua sede fica localizada na Rua Conde de Porto Alegre, no centro de Caxias.

A escola também investe em eventos esportivos, tendo seu time de futebol infantil participado da Copa Danone.[2]. a agremiação Conseguiu levar dois nomes para escola-mãe, como o Mestre Fafá e a porta-bandeira Taciana Couto[3].

História[editar | editar código-fonte]

A Pimpolhos da Grande Rio foi fundada em 2002 visando à participação nos desfiles das escolas de samba mirins, tendo realizado seu primeiro desfile no ano de 2003, levando para a Avenida Marquês de Sapucaí aproximadamente 1300 crianças.

No ano seguinte, 2004, a escola realizou uma grande transformação, passando a ser uma ONG com o objetivo de desenvolver trabalhos voltados para a comunidade caxiense. Desta forma, adotou sua própria Missão, Visão, Valores e Objetivos, diferentes dos da Acadêmicos do Grande Rio, passando a ser uma instituição independente.

Para a realização dos desfiles nos anos posteriores, a escola criou um Programa de Aprimoramento em Artes Carnavalescas - Arte Folia, com apoio do Fundo Nacional de Cultura (MinC), visando a produção carnavalesca, o aprendizado de técnicas artísticas voltadas para a produção de carnaval pelas mãos de jovens aprendizes.

Os desfiles da Pimpolhos da Grande Rio trazem sempre em sua temática assuntos educativos, utilizando o carnaval e todo universo lúdico que o envolve como uma ferramenta de educação e que permita uma transformação social das crianças e adolescentes da região.

No ano de 2006, a escola criou o projeto Pimpolhos nas escolas, em parceria com a Secretária de Educação de Duque de Caxias, levando todo o encanto da produção de um carnaval para dentro das salas de aula.

Em 2007, foram criadas as oficinas do Carnaval Pedagógico, visando trabalhar com as crianças que participam do desfile os conceitos do enredo e das fantasias.

Mostrando estar sempre atenta com o desenvolvimento educacional das crianças e adolescentes envolvidas com os projetos da Pimpolhos, são oferecidas bolsas de estudos em instituições parceiras que também possuem o trabalho voltado para educação, arte e cultura dentro do município.[4]

Em 2011, seguindo os seus conceitos, a Pimpolhos foi a única entre as 17 escolas de samba mirins cariocas a levar para a avenida um samba-enredo inédito com o tema: ...nossos contos... Onde foram reunidas histórias de diversas pessoas envolvidas com a Pimpolhos.[5][6]

Em 2012, falando sobre a região onde ficava a Pequena África, a escola montou o seu samba-enredo por um processo de composição diferente, onde por fim, assinaram a composição Karen Soares, Yuri Reis de Oliveira, Gabriel Fabrício Ferreira e Caio Ferreira, e contou no desfile com a participação de diversos famosos.[7][8]

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Camila Soares ? - ?

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Período Nome Ref.
2011 Anderson Medina [5]
2012 Dodô do Vale [9]
2013-2014 Rafael Santos [10][11]
2015 Anderson Medina, Ruan Paiva, Chalana Saleiro, Davi Costa, Ramilla Silva [12]
2016-2017 Ruan Paiva [13][14]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2011-2018 Walter 59 e Rosângela Rosa Walter 59 e Rosângela Rosa Mestre Fafá e Ingrid Parrini

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2011 Fabrília Cruz
2015

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2011 Andrei e Elizabete Milena Ramos
2016-2018 Felipe Vianna e Taciana Couto


Carnavais[editar | editar código-fonte]

Pimpolhos da Grande Rio
Ano Enredo Compositores
do samba-enredo
Carnavalesco Ref.
2003 Comissão de carnaval [1]
2004 Comissão de carnaval [1]
2005 "Do fundo do coração" Leandro, Bruno Formigão, Guma do Cavaco Comissão de carnaval [1][15]
2006 "1,2,3 experiência" Douglas do Pulo, Flávio Ignez, Rafael Poesia e Gigi do Gato Marcos Cardoso e Edmilson Nunes [1][16]
2007 "Chega aí futuro!" Sandro Henrique, Léko Morais e Thiago Brito Marcos Cardoso e Edmilson Nunes [1][17]
2008 "Canto para o encanto" Leandro Lima, Wagner Rosa, Bruno Formigão e Robson Silva Comissão de carnaval
(Camila Soares, Marcos Cardoso e Edmilson Nunes)
[1][18]
2009 "Caminhando, brincando e seguindo a lição... 18 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente" Vitória, Anderson, Thompson e Junior Comissão de carnaval
(Camila Soares, Marcos Cardoso, Edmilson Nunes e Lívia Diniz)
[1][19]
2010 "Recicla vida! Conhecendo o passado e entendendo o presente para transformar o futuro!" Felipe Araújo, Tiago Souza, Johny, Guilherme Rizzo, Bruno Leonardo, Leozinho Nunes, Fernando do Repique, Claudio Vagareza, Alex Donozor (Pel) e Sandro Avelar Comissão de carnaval
(Lívia Diniz, Marcos Cardoso e Edmilson Nunes)
[1][20]
2011 "...nossos contos..." Alex Donozor (Pel), Luigui, Gustavo, Jhonny, Rafael Santos, Bruno Leonardo, Mariana Batista, Caio Júnior, Caio Mello, Pedrinho Barbosa e Antônio Júnior Comissão de carnaval [5][1][21]
2012 "As Maravilhas da Pequena África - O Samba está aqui!" Karen Soares, Yuri Reis de Oliveira, Gabriel Fabrício Ferreira e Caio Ferreira Comissão Artística
(Lívia Diniz, Otávio Avancinni, Joana Bueno, Marcos Cardoso e Edimilson Nunes)
[22][1][23]
2013 "As Maravilhas da Pequena África - Parte 2" Ala dos Compositores [11][24]
2014 "O povo, a bola e a terra de Recife à Caxias!" Rafael Santos, Lucas Donato e Davi Costa [10][25]
2015 "Meu guri – A imagem da criança do meu Brasil" Nathália Moratelli, Tiago Castelen, Fabricio Machado, Dandara Vianna, Leonardo Saleiro Gustavo Pessoa [12][26]
2016 "Todo mundo junto e misturado. Da terra das palmeiras à um país multicultural" Nathália Moratelli, Fabrício Machado e Thiago Castellen [13][27]
2017 "100 anos de samba! Pimpolhos de bamba" Fabrício Machado, Nathália Moratelli, Leonardo Saleiro, Ruan Paiva, Clewerson Ribeiro, Juliane Magalhães, Chalana Saleiro e Nathália Macedo [14][28]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m «Informações». Site Academia do Samba. Consultado em 9 de julho de 2017. Cópia arquivada em 9 de julho de 2017 
  2. http://www.academicosdogranderio.com.br/site/noticias/pimpolhos-da-grande-rio-participa-da-copa-danone/
  3. Extra. «Grande Rio investe em talentos da comunidade para principais quesitos». Consultado em 9 de março de 2018 
  4. «Apresentação». Consultado em 15 de abril de 2011 
  5. a b c Denise Carla, para o Papo de Samba. «Escolas Mirins abrem os desfiles na Marquês de Sapucaí». Consultado em 18 de março de 2011 
  6. TV Rio Samba (março de 2011). «AESM-RIO divulga notas das agremiações mirins». Consultado em 28 de maio de 2011. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2013 
  7. Vírgula (18 de fevereiro de 2012). «"Pimpolhos da Grande Rio" leva Ana Furtado, Cleo Pires e Franciely Freduzeski para Sapucaí, no Rio». Consultado em 19 de julho de 2012 
  8. GRES Acadêmicos do Grande Rio. http://www.academicosdogranderio.com.br/site/noticias/pimpolhos-da-grande-rio-lanca-samba-enredo-de-2012/. Consultado em 19 de julho de 2012  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  9. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome :0
  10. a b «2014». Site SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  11. a b «2013». Site SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  12. a b «Pimpolhos 2015». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  13. a b Samba Conexão News (5 de dezembro de 2015). «Confira os Sambas de Enredo - Escolas Mirins - carnaval 2016.». Consultado em 24 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2016 
  14. a b «2017». Site Rádio Arquibancada. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  15. «Pimpolhos 2005». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 10 de julho de 2016 
  16. «Pimpolhos 2006». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 10 de julho de 2016 
  17. «Pimpolhos 2007». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 10 de julho de 2016 
  18. «Pimpolhos 2008». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 10 de julho de 2016 
  19. «Pimpolhos 2009». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 10 de julho de 2016 
  20. «Pimpolhos 2010». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  21. «Pimpolhos 2011». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  22. http://www.sidneyrezende.com/noticia/154703+pimpolhos+da+grande+rio+ouca+o+samba+para+2012
  23. «Pimpolhos 2012». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  24. «Pimpolhos 2013». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  25. «Pimpolhos 2014». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  26. «2015 2». Site Agência Brasil. Consultado em 9 de julho de 2017. Cópia arquivada em 9 de julho de 2017 
  27. «Pimpolhos 2016». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  28. «Pimpolhos 2017». Site Pimpolhos da Grande Rio. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017