Império da Uva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Império da Uva
Bandeira do GRES Império da Uva.png
Fundação 15 de novembro de 1980 (38 anos)
Escola-madrinha Império Serrano
Cores
Verde
Roxo
Branco
Símbolo Uva
Bairro Carmary
Presidente Portuga
Presidente de honra Vicente de Paula (Natinho)
Desfile de 2019
Enredo " Rainha Nzinga - Símbolo de Resistência Africana "

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Império da Uva é uma escola de samba de Nova Iguaçu, que está situada na Rua Luci nº 54, no bairro Carmary.[1]

Em 2013, a escola, que mantém sua quadra em Carmary, comprou também um terreno na Avenida Roberto Silveira, bairro Moquetá, que será utilizado como centro cultural e social.

O local aonde está a quadra da escola fica aonde era o clube de futebol amador Botafoguinho de Carmari, que era mantido por um dos fundadores da agremiação, o sr. Vicente de Paula, conhecido como Natinho.

História[editar | editar código-fonte]

No ano de 1980, um grupo de pessoas reunidas em um bar, na Rua Luci, em Carmary, resolveu criar um bloco de sujo chamado Bloco da Uva. A palavra "uva" seria um acrônimo de "União dos Vagabundos Aposentados". Em novembro do mesmo ano foi fundado oficialmente o bloco de enredo, com o nome de Império da Uva, numa homenagem ao Império Serrano, escola da qual Seu Natinho era simpatizante.

Em 2007, foi a vice-campeã do Grupo A, equivalente à primeira divisão da cidade. Em 2008, foi a campeã. No ano de 2009, obteve novamente o vice-campeonato, sendo campeã outra vez no ano seguinte, com o enredo África: doces e costumes que influenciam o Brasil.[2][3] No carnaval seguinte, trouxe o enredo No Despertar dos Astros, o que Será o amanhã?. Em 2013, a escola desfilou sem competir, com uma homenagem a cidade de Arraial do Cabo, com o enredo: "Arraial do Cabo - O Paraíso é Aqui".

Em 2014, com o enredo em homenagem ao município de Paraíba do Sul,[4][5] terminando como vice-campeã.

Em 2015, não desfilou em Nova Iguaçu devido ao cancelamento do Carnaval da cidade, No sábado das Campeãs finalmente estreou no Carnaval carioca, sagrando-se campeã do Grupo E.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Vicente de Paula, o Natinho, presidente de honra da escola de samba.
Baianas da Império da Uva 2015.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Período Ref
Vicente de Paula "Seu Natinho" 1980-2011
Portuga 2012-atual [6]

Presidentes de honra[editar | editar código-fonte]

Nome Período Ref
Vicente de Paula "Seu Natinho" 2011-atualidade [6]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria
2014-2015 Claudinho Batera Mário Tinho [6]
2017-2018 Cássio Adriano Wilson Nicola
2019-atual Sérgio Jacintho Carlos Maximo

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Período Intérpretes oficiais Ref.
1990–2016 Antônio Nick [7]
2017 Antônio Nick e Taroba [8]
2018 Charles Silva
2019-atual Rogério Santos
Enredos da Império da Uva entre 1981 e 2008, com os respectivos compositores dos sambas

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref
2014-2018 Vinny Ramos [6]
2019-atual Comissão de Carnaval

Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref
2014 Chiquinho e Raquel Paiva [6]
2015-2017 Jefinho e Edna Ramos [9]
2018 Jefinho e Thayanne Loureiro
2019-atual Cristiano Foguinho e Edna Ramos

Corte de Bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha Ref
2010-2014 Mariangela Miranda [6]
2015-2016 Raquel Dolek
2017-2018 Verônica Lima
2019-atual Gisele Araújo

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Império da Uva
Ano Colocação Divisão Enredo Carnavalesco Ref.
1981 Campeã Belford Roxo "Cenário do país" [10]
1982 Mesquita "Lampião, Rei do Cangaço" [10]
1983 Campeã Mesquita "Professora suburbana" [10]
1984 Campeã Blocos-ABESNI "Mané alegria do povo" [10]
1985 2-ABESNI "Barão de Mauá - O gênio da 1ª ferrovia" [10]
1986 3.º Lugar 2-ABESNI "O passado e o presente de Nova Iguaçu" [10]
1987 2-ABESNI "Ilusão de um pescador" [10]
1988 3.º Lugar 2-ABESNI "O mundo colorido" [10]
1989 2-ABESNI "João Cândido - O herói que a história escondeu" [10]
1990 2-ABESNI "Mentira a brasileira" [10]
1991 Campeã 1-ABESNI "A Solimões está no ar" [10]
1992 Campeã 1-ABESNI "Cadê a lei Doutor" [10]
1993 Campeã 1-ABESNI "A vida é um jogo" [10]
1994 1-ABESNI "Do cangaço ao Zé Marmita" [10]
1995 3.º Lugar ÚNICO "É de dar Uva na boca" [11]
1996 1-ABESNI "O rei Chico Viola" [10][11]
1997 1–ABESNI "A luta continua" [10][11]
1998 Campeã 1–ABESNI "Monteiro Lobato" Gley Pelis [10][11]
1999 1–ABESNI "Aterrozando geral" [10][11]
2000 1–ABESNI "Farid Assed - O Rei dos reis" Clébio de freitas [10][11]
2001 1–ABESNI "Povo forte não se entrega" [10][11]
2002 Vice-campeã 1–ABESNI "O amor no carnaval" Sidney [10][11]
2003 1–ABESNI "Oswaldo Cruz" [10][11]
2004 Campeã 1–ABESNI "O show vai começar" Quinho [10][11]
2005 3.º Lugar 1–ABESNI "SOS Terra preservar para não acabar" [10][11]
2006 4.º Lugar 1–ABESNI "25 anos de Glória" Clébio de Freitas [10][11]
2007 Vice-campeã 1–ABESNI "A cidade perdida de Tinguá" Clébio de Freitas [10][11]
2008 Campeã 1–ABESNI "No mundo terrestre, o Império é show de bola" Clébio de Freitas [10][11]
2009 Vice-campeã 1–ABESNI "Do morro da Mangueira a Cidade do Samba - Célia Domingues a dama dos projetos sociais" Clébio de Freitas [12][10]
2010 Campeã 1–ABESNI "África: doces e costumes que influenciam o Brasil" Clébio de Freitas [13][10]
2011 Vice-campeã ÚNICO "No despertar dos astros o que será o amanhã?"
(Samba-enredo composto por Cícero Poeta, Silvio Romai, Paulinho Chapa, Marquinhos Beija-Flor, Riquinho, e Zezé Soares)
Sandro Muchacho [10]
2012 4.º Lugar Lebesni "De quatro em quatro, eu conto e faço história" Sandro Muchacho [10]
2013 Não houve competição "Arraial do Cabo - O paraíso é aqui!"
(Samba-enredo composto por Careca, Gabriel Coelho e Drummond)
Sílvio César [10]
2014 Vice-campeã ÚNICO "Paraíba do Sul - A rainha das águas minerais" Sílvio César [14][4][5][10]
2015 Hors concours Nova Iguaçu "Sou trabalhador, sou guerreiro, minha alma é feita de sonhos" Sílvio César [15]
Campeã Série E
2016 3.º Lugar Série D "Nova Iguaçu, porque te amo!" Miro Freitas [16]
2017 Campeã Série D "Brasil africano: o canto dos silenciados" Miro Freitas
2018 4º Lugar Série C Nos trilhos da História: Queimados na estação do futuro Miro Freitas [17]
2019 Campeã Série C Rainha Nzinga - Símbolo de Resistência Africana Marco Antônio Falleiros e Sílvio César [18]
2020 Série B

Títulos[editar | editar código-fonte]

Títulos da Império da Uva
Divisão Títulos Carnavais
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Série C 1 2019
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Série D 1 2017
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Série E 1 2015

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmios recebidos pelo GRES Império da Uva.

Ano Prêmio Categoria / premiados Divisão Ref.
2015 Samba na Veia Casal de Mestre-sala e Porta bandeira Grupo E [9]
2016 Plumas & Paetês Coreógrafo (Vinnhy Ramos) Série D [19]
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Império da Uva

Referências

  1. Luiz Carlos Rosa (fevereiro de 2009). «Carnaval Iguaçuano: a folia que cresce a cada ano.». Consultado em 27 de novembro de 2010 
  2. SitedaBaixada (18 de fevereiro de 2010). «Império da Uva é a campeã do Grupo 1 em Nova Iguaçu». Consultado em 27 de novembro de 2010 
  3. Prefeitura de Nova Iguaçu (19 de fevereiro de 2010). «Festa das Campeãs consagra o título da Império da Uva». 17:06. Consultado em 27 de janeiro de 2012 
  4. a b G1 (10 de janeiro de 2014). «Paraíba do Sul, no Sul do Rio, é tema de enredo do Carnaval 2014». 13h30. Consultado em 14 de abril de 2014 
  5. a b Prefeitura de Paraíba do Sul (13 de janeiro de 2014). «Paraíba do Sul é enredo de Escola de Samba do Grande Rio». Consultado em 30 de agosto de 2014 
  6. a b c d e f tititidosamba.com.br (2014). http://tititidosamba.com.br/site.php?modulo=escolas&codigo=212. Consultado em 3 de junho de 2015. Cópia arquivada em 3 de junho de 2015  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  7. «2015». Galeria do Samba. Consultado em 23 de março de 2017 
  8. «2017». Galeria do Samba. Consultado em 23 de março de 2017 
  9. a b «Timeline Photos - Premio Samba na Veia». archive.is. Consultado em 13 de junho de 2016 
  10. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag GRES Império da Uva. «História». Consultado em 12 de abril de 2014. Cópia arquivada em 10 de abril de 2014 
  11. a b c d e f g h i j k l m n Brasil Carnaval. «GRES Império da Uva». Consultado em 9 de abril de 2014. Cópia arquivada em 26 de fevereiro de 2009 
  12. Folha do Centro. «Império da Uva homenageia Célia Domingues». Consultado em 7 de julho de 2013 
  13. Site da Baixada (18 de fevereiro de 2010). «Império da Uva é a campeã do Grupo 1 em Nova Iguaçu». 14:00. Consultado em 7 de julho de 2013 
  14. Caminhos do Rio. «Carnaval 2014 - GRES Império da Uva». Consultado em 7 de abril de 2014 
  15. LIERJ. «Justificativas». Consultado em 6 de abril de 2015 
  16. http://www.radioarquibancada.com.br/?platform=hootsuite
  17. «Uva». Apoteose.com. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  18. «Império da Uva 2019». Apoteose.com. Consultado em 19 de janeiro de 2019 
  19. «Confira a relação dos agraciados com Prêmio Plumas & Paetês Carnaval 2016». Manchete Online na Folia. 15 de fevereiro de 2016. Consultado em 13 de junho de 2016