Leão de Nova Iguaçu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leão de Nova Iguaçu
Bandeira do GRES Leão de Nova Iguaçu.png
Fundação 15 de novembro de 1968 (51 anos)
Cores
Símbolo Leão[1]
Bairro Santa Eugênia[1]
Presidente de honra Paulo Tenente [2]

Grêmio Recreativo Escola de Samba Leão de Nova Iguaçu é uma escola de samba de Nova Iguaçu, que participa do carnaval da cidade do Rio de Janeiro desde 1986, quando resolveu transformar-se em escola de samba.

Já esteve sediada no Centro do município[carece de fontes?] e atualmente está no bairro de Santa Eugênia. Seu padroeiro é São Jerônimo.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Carro alegórico da escola em 2009.

A agremiação foi criada a partir de um time de futebol amador que existia na década de 1960, no bairro de Santa Eugênia, chamado Os Intocáveis. Integrantes do time inicialmente criaram o "Bloco dos Índios", onde cada um de seus integrantes saía vestido como um indígena, e alguns, caracterizados como animais. Após alguns anos, o bloco cresceu e seus integrantes criaram o Grêmio Recreativo União de Nova Iguaçu. Quando foram registrar, por um erro do agente cartorário, a palavra "união" acabou sendo registrada como "leão", e após tomarem conhecimento do erro, os integrantes da agremiação acabaram gostando da palavra e oficializaram.[3] No então bloco, Neguinho da Beija-Flor cantou antes de ir para a Beija-Flor. A Leão se transformou em escola de samba somente em 1986.[3]

Na sua primeira apresentação conseguiu um terceiro lugar no Grupo 4 e no ano seguinte tirou o primeiro lugar, com o enredo O Coração de Ganga-Zumba, subindo para o Grupo 3.

Na gestão do presidente Paulo dos Santos Oliveira, a Leão de Nova Iguaçu conseguiu chegar ao Grupo Especial em 1992, com enredo em homenagem a Janete Clair. Mas, apesar do bom desfile, a escola foi rebaixada.

O intérprete Nêgo, na concentração da escola em 2016.

Após o desfile de 1992, o então presidente saiu e a escola passou por momentos difíceis em sua travessia no carnaval.

A partir de 1999, com a entrada do presidente Jorge Marrote Correa, a escola conseguiu superar seus momentos difíceis e obteve o primeiro lugar do Grupo C.

Em 2000, foi campeã do Grupo B, subindo para o Grupo A, quando possuía maiores chances de voltar ao Grupo Especial. Depois com a entrada do presidente Célio Gouvêia, a escola sofre três rebaixamentos consecutivos, chegando a desfilar no então Grupo D, a quinta divisão.

Quadra da escola em 2013.

Em 2009, a escola iguaçuana homenageou a sua própria trajetória com o enredo Da pré-história ao carnaval, o Leão conta a sua história, que foi desenvolvido pelos carnavalescos Marco Aranha e Marcyo de Oliveira. Contudo, a agremiação ficou na 12ª colocação com 154,3 pontos, sendo uma das quatro rebaixadas para o Grupo Rio de Janeiro 4, em 2010.

Overdan Rodrigues da Silva, o Bira, foi eleito presidente da escola em 2009, sucedendo Emerson Mattos que assuniu interinamente após a renúncia de Chiquinho de Furnas. Depois do descenso no carnaval de 2009, a escola optou por homenagear Neguinho da Beija-Flor, contratando os novatos Léo Mídia para ser o carnavalesco, e Jones Dias, como intérprete oficial, além de montar uma comissão de harmonia e carnaval. Foi a primeira a se apresentar na estrada Intendente Magalhães, na terça-feira de Carnaval, sagrando-se campeã do Grupo Rio de Janeiro 4, e ascendendo, portanto, ao Grupo Rio de Janeiro 3 (quinta divisão).

Comissão de frente da escola, no carnaval de 2013.

Em 2013, teve como enredo, o ex-mestre de bateria e filho de Mestre André, (Andrezinho).[4] A pedido do homenageado, a escola encomendou um samba de Arlindo Cruz, Arlindo Neto e Babi - respectivamente cunhado, sobrinho e irmã do homenageado. Babi também desfilou como porta-bandeira da escola, ao lado da Toninho. Com um desfile qualificado pela imprensa especializada como um dos melhores da noite,[5], foi a vice-campeã do Grupo D.

No ano de 2014 a escola homenageou Babi, compositora do samba do ano anterior, e irmã do homenageado naquele samba, o próprio Andrezinho, e esposa de Arlindo Cruz, que é considerada uma das grandes porta-bandeiras do carnaval.[6] O samba foi novamente encomendado para a própria família, sendo uma parceria de Arlindo Cruz, Arlindo Neto e Flora - filha de Arlindo Cruz, irmã de Arlindo Neto.[7]

Em 2015 a escola apresentou Zumbi dos Palmares e Nelson Mandela como homenageados em seu enredo. Fazendo um desfile arrebatador, a agremiação levou o campeonato perdendo apenas dois décimos do total de pontos.

Com o enredo "Pas de Dance - Hoje tem festa no arraiá!" a escola iguaçuana conquistou a terceira colocação em 2016, ficando a décimos da primeira colocada, Acadêmicos do Sossego. Entre suas atrações, naquele ano, estiveram os consagrados Cid Carvalho e Nêgo.

Nomes históricos da escola[editar | editar código-fonte]

Nome Ref.
Dedé da Portela [8]
Darcy da Mangueira [9]
Jairo Bráulio [10]
Nêgo [10]
Neguinho da Beija-Flor [11]
Pixulé [10]

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Bira, o presidente da escola, após a conquista do título da Série C de 2015.
Nome Mandato Ref.
Paulo Tenente 1989-1993 [12]
Mario Maia 1994 [12]
Luiz Faria 1995-1998 [12]
Jorge Marrotte 1999-2003 [12]
Célio Gouveia 2004-2006 [12]
Chiquinho de Furnas 2007-2008 [12]
Emerson Mattos 2009-2010 [12]
Bira do Leão 2011-2019 [12]
Allan Negão 2020-atualidade [1]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Presidentes de honra[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Jorge Marotte ?-2012 [13]
Paulo Tenente 2013-atualidade [2]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Direção de Carnaval Direção de Harmonia Mestre de Bateria Ref.
2013 Canjica Feijão e Souzinha Renatinho [2]
2014 Tatiane Vasconcellos Mauro Tito Renatinho [14]
2015 Carlinho Família Mauro Tito Bolinha e Renatinho [15][16][17]
2016 Serginho Harmonia Mauro Tito Dó e Bolinha
2017-2018 Mauro Tito Sidinho Júnior Bolinha
2019 Marcelo Nogueira, Andressa Campos
Márcio Oliveira, Wilson Paladino
Marcelo Nogueira Bolinha
2020 Rubinho e Paulo Preto Sidinho Júnior Michel Silva [1]

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Período Intérprete oficial Referência
1987–1988 Jairo Bráulio [18]
1989 Dedé da Portela [19]
1990–1995 Jairo Bráulio [18]
1996 Jairo Bráulio e Pixulé [18]
1997–1999 Pixulé [20]
2000 Márcio Orelha, Emerson Mattos, Sandro, Paulinho Pontes e Serginho do Porto [21]
2001–2004 Pixulé [20]
2005–2007 Tiganá [22]
2008 Paulinho Pontes [23]
2009 Tiganá [22]
2010 Jones Dias [24]
2011 Bico Doce [25]
2012 Alexandre [26]
2013 Taroba e Arlindo Neto [27]
2014 Alexandre [28]
2015 Taroba e Tonho [29]
2016 Nêgo [30]
2017 Bico Doce [31]
2018 Taroba
2019-2020 Márcio Oliveira [1]
2021-atual Márcio Oliveira e Bakaninha

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Anos Nome Ref.
2013-2014 Paulinho [2]
2015-2017 Helder Sátiro [17]
2018-2020 Maicon Teixeira [1]

Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Anos Nome Ref.
2001-2003 Wanderli e Taninha
2004 Raphael Rodrigues e Bárbara Leir
2005 Denilson Marcolino e Eliane Santos
2006 André e Café
2007-2009 Alex Marcelino e Maura
2012 Marcinho e Thaisa
2013 Toninho e Babi Cruz [2]
2014 Toninho e Flora
2015 William Barbosa e Amandah Rodrigues [16]
2016-2017 Leonardo Thomé e Amandah Rodrigues [32][33]
2018 William Barbosa e Priscilla Costa [34]
2019 Jeferson Pereira e Gabby Oliveira
2020 Raphael Nascimento e Gabby Oliveira [1]

Rainhas de bateria[editar | editar código-fonte]

Rainha de bateria
Período Nome Ref.
2004 Silvana Alves
2005-2020 Luciane Soares [17][1]

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Leão de Nova Iguaçu
Ano Colocação Divisão Enredo Carnavalesco Ref.
1987 3.º Lugar Grupo 4 Oba, oba, Ziriguidum Skindô Ivan Carneiro [35][36]
1988 Campeã Grupo 4 Coroação de Ganga-Zumba Ivan Carneiro e Haroldo Cohen [37] [35]
1989 3.º Lugar Grupo 3 Alafim-Yo-Yó Ivan Carneiro [38][35]
1990 Campeã Grupo B O Leão falou, abre o jogo, doutor Lilian Rabello [35]
1991 Vice-campeã Grupo A
(segunda divisão)
Quem te viu quem TV Lilian Rabello [39][35]
1992 13.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo Especial
(primeira divisão)
O Leão na selva de ilusões de Janete Clair
(Samba-enredo composto por Carlinhos Pretinho, Tavinho Dafé e José Jorge)
Comissão de Carnaval
(Fábio Borges, Adalmir Braga e Paulo Sottero)
[35]
1993 5.º Lugar Grupo A
(segunda divisão)
O que é que a Baixada tem Fábio Borges [35]
1994 6.º Lugar Grupo A
(segunda divisão)
Da França tropical a Orfeu do carnaval Fábio Borges [35]
1995 12.º Lugar Grupo A
(segunda divisão)
Arautos do Brasil mulato Fábio Borges [35]
1996 9.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo B
(terceira divisão)
Tudo isto quer dizer Brasil Fábio Borges [35]
1997 5.º Lugar Grupo C
(quarta divisão)
O som nosso de cada dia Fábio Borges [35]
1998 8.º Lugar Grupo C
(quarta divisão)
A força da fé Fábio Borges [35]
1999 Campeã Grupo C
(quarta divisão)
O Leão ruge forte em Nova Iguaçu Jaime Cezário [35]
2000 Campeã Grupo B
(terceira divisão)
O Leão nos caminhos do ouro Jaime Cezário [40]
2001 8.º Lugar Grupo A
(segunda divisão)
Allah-la-ô, um carnaval das Arábias Alex de Souza [41][42]
2002 5.º Lugar Grupo A
(segunda divisão)
Do esplendor diamantino, aos sonhos dourados de Juscelino Alex de Souza [43]
2003 8.º Lugar Grupo A
(segunda divisão)
Beleza: a busca eterna do ser Alex de Souza [44][45]
2004 11.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo A
(segunda divisão)
Insano Planeta Insone Mauro Quintaes e Gilberto Muniz [46][47]
2005 11.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo B
(terceira divisão)
Na magia do palco da vida - Emilinha Borba, a Rainha do Brasil!
(Samba-enredo composto por Luis Carlos D'Avenida, Don Mosquito, Carlinhos Ousadia e Tanir da Ponte)
Flávio Campello [48][49]
2006 5.º Lugar Grupo C
(quarta divisão)
Quem acredita sempre alcança
(Samba-enredo composto por Índio, Heitor Du Boné, Júnior e Zé do Pagode)
Flávio Campello [50][51]
2007 10.º Lugar Grupo C
(quarta divisão)
Bairro escola a luz da esperança para uma Nova Iguaçu
(Samba-enredo composto por Jadir Mendes, Emerson Mattos, Belinha, Ratinho e Jobel do Caiçara)
Soller Viana [52][53]
2008 13.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo C
(quarta divisão)
O que é que a Ciata tem?
(Samba-enredo composto por Paulinho Pontes, Paulinho TJ, Oracio)
Gilberto Muniz [23][54]
2009 13.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo RJ-3
(quinta divisão)
Da pré-história ao carnaval, o Leão conta a sua história Marco Aranha e Marcyo Oliveira [55]
2010 Campeã Grupo RJ-4
(sexta divisão)
De Neguinho da Vala, a Neguinho da Beija-Flor. Um príncipe negro na corte do Leão
(Samba-enredo composto por Claudio Agitação, Zé do Pagode, Deca e Juarez)
Léo Mídia [24]
2011 6.º Lugar Grupo D
(quinta divisão)
Nas garras do Leão? Os sentidos da emoção
(Samba-enredo composto por Roxinho, Adilson DR, Checa, Cacau e Renatinho)
Amauri Santos e Léo Mídia [25][56]
2012 9.º Lugar Grupo D
(quinta divisão)
De Maxabomba a Nova Iguaçu, Um caminho de glórias rumo ao futuro
(Samba-enredo composto por Roxinho, Adilson DR, Everaldo, Cacau, Marcos Lauriano e Vadinho BPP)
Amauri Santos e Léo Mídia [26]
2013 Vice-campeã Grupo D
(quinta divisão)
Filho de mestre... Mestre Andrezinho é a eterna estrela do samba
(Samba-enredo composto por Arlindo Cruz, Arlindo Neto, Babi e Flora)
Róbson Goulart [57][2]
2014 8.º Lugar Grupo C
(quarta divisão)
Quero ver quem não vai se embalar... Babi Cruz, a verdadeira majestade da passarela!
(Samba-enredo composto por Arlindo Cruz, Arlindo Neto, Andrezinho e Flora)
Amauri Santos e Carlos Calada [6][58]
2015 Campeã Série C
(quarta divisão)
Da força de Zumbi à raça de Mandela
(Samba-enredo composto por André Jr., Manga, Diego Nascimento, Serginho Castro e George Wagner)[nota 1]
Ivan Carneiro e Sílvio César Ribeiro [17][16]
2016 3.º Lugar Série B
(terceira divisão)
Pas de dance - Hoje tem festa no arraiá Cid Carvalho [59]
2017 10.º Lugar
(Rebaixada)
Série B
(terceira divisão)
llê Axé Opô Afonjá — O Rei está na terra Cid Carvalho [31]
2018 11º Lugar

(Rebaixada)

Série C
(quarta divisão)
Com vaidade à flor da pele, o Leão exalta a divina beleza humana! Amauri Santos [60]
2019 5º Lugar Série D
(quinta divisão)
Alma Cabocla - Magia, Fascínio e Preservação no Coração da Amazônia! Clébio de Freitas [61]
2020 2° Lugar
(Acesso)
Acesso da Intendente
(quarta divisão)
Madonas Negras do Brasil! Clébio de Freitas [62][1]
2021 Especial da Intendente
(terceira divisão)
Dedé da Portela - Fez da Vida Poesia e Cantou sua Alegria em Tempo de Carnaval Clébio de Freitas

Títulos[editar | editar código-fonte]

Títulos da Leão de Nova Iguaçu
Divisão Títulos Carnavais
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Terceira divisão 2 1990 e 2000
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Quarta divisão 2 1999 e 2015
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Quinta divisão 2 1988 e 2010

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmios recebidos pelo GRES Leão de Nova Iguaçu.

Ano Prêmio Categoria / premiados Divisão Ref.
2001 S@mba-Net Intérprete (Pixulé) Grupo A [63]
2003 S@mba-Net Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira (Vanderli e Taninha) Grupo A [64]
Ala ("Inquisição")
Ala das baianas
2004 S@mba-Net Ala mirim Grupo A [65]
Troféu Jorge Lafond Velha guarda [66]
Personalidade (Célio de Souza Gouveia)
2010 Troféu Jorge Lafond Campeã do Grupo RJ-4 Grupo RJ-4 [67]
2012 Elite do Samba Intérprete (Cremilson Silva) Grupo D [68]
2013 Elite do Samba Harmonia Grupo D [69]
Oscar do Samba Intérprete [70]
Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira (Tuninho e Babi)
Samba na veia Harmonia [71]
2014 Elite do Samba Velha guarda Grupo C [72]
2015 Elite do Samba Melhor escola Grupo C [73]
Harmonia
Ala das baianas
Troféu Jorge Lafond Campeã do Grupo C [74]
Plumas & Paetês Compositores (André Junior, Manga, Diego Nascimento, Serginho Castro e George Wagner) [75]
Pesquisador (Oberdan Rodrigues da Silva)
2016 S@mba-Net Melhor escola Grupo B [76][77]
Troféu Sambista Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira (Leonardo Thomé e Amandah Rodrigues) [78][79]
Intérprete (Nêgo)

Referências

  1. a b c d e f g h i j «Leão de Nova Iguaçu / Carnaval 2020 / Série B». Samba na Intendente. 8 de dezembro de 2019. Consultado em 23 de maio de 2020. Cópia arquivada em 23 de maio de 2020 
  2. a b c d e f Tititi do Samba. «Grupo D - Grêmio Recreativo Escola de Samba Leão de Nova Iguaçu». Consultado em 19 de maio de 2014. Cópia arquivada em 19 de maio de 2014 
  3. a b Portal Baixada. «Leão de Nova Iguaçu: A Escola Iguaçuana». Cópia arquivada em 11 de maio de 2016 
  4. OBatuque (15 de setembro de 2012). «Leão de Nova Iguaçu libera sinopse». Consultado em 17 de setembro de 2012 [ligação inativa]
  5. Mirian Santos - Esquina do Samba (14 de fevereiro de 2013). «Desfile Leão de Nova Iguaçu 2013». 17:00. Consultado em 14 de março de 2013 
  6. a b Rodrigo Burgos, para o SRZD-Carnaval (4 de março de 2014). «Leão de Nova Iguaçu: homenagem à Babi Cruz». 04h20. Consultado em 9 de abril de 2014 
  7. Extra (23 de janeiro de 2014). «Arlindo Cruz faz samba para escola do quarto grupo». 10:48. Consultado em 25 de janeiro de 2014 
  8. Caminhos do Rio. «Homenagem a Dedé da Portela, em Nova Iguaçú». Consultado em 16 de julho de 2013. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  9. DMPB. «Leão de Nova Iguaçu». Consultado em 16 de julho de 2013 
  10. a b c DMPB. «Perfil - Jairo Bráulio». Consultado em 16 de julho de 2013 
  11. Galeria do Samba (21 de julho de 2009). «Neguinho da Beija-Flor será enredo da Leão de Nova Iguaçu». 15:44. Consultado em 16 de julho de 2013 
  12. a b c d e f g h Academia do Samba. «Diretoria». Consultado em 15 de maio de 2014 
  13. [1]
  14. Galeria do Samba. «Quero ver quem não vai se embalar... Babi Cruz, a verdadeira majestade da passarela! Carnaval de 2014». Consultado em 19 de maio de 2014. Cópia arquivada em 19 de maio de 2014 
  15. O Dia (17 de maio de 2014). «Leão apresenta novo carnavalesco e diretor». Consultado em 15 de maio de 2014 
  16. a b c [2]
  17. a b c d [3]
  18. a b c «Jairo Braulio». Sambario Carnaval. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  19. «Dedé da Portela». Sambario Carnaval. Consultado em 19 de fevereiro de 2017 
  20. a b «Pixulé». Sambario Carnaval. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  21. «2000». Galeria do Samba. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  22. a b «Tiganá». Sambario Carnaval. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  23. a b Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2008». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  24. a b Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2010». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  25. a b Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2011». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  26. a b Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2012». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  27. «2013». Galeria do Samba. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  28. «2014». Galeria do Samba. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  29. «2015». Galeria do Samba. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  30. «Nêgo». Galeria do Samba. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  31. a b Carnavalesco (12 de abril de 2016). «Leão de Nova Iguaçu contrata Bico Doce para assumir microfone principal da escola». Consultado em 23 de abril de 2016 
  32. SRZD-Carnaval (11 de julho de 2015). «Leonardo Thomé é o novo mestre-sala do Leão de Nova Iguaçu». Consultado em 14 de julho de 2015 
  33. MARQUÊS DA FOLIA (11 de julho de 2015). «LEÃO DE NOVA IGUAÇU TEM NOVO MESTRE-SALA». Consultado em 14 de julho de 2015 
  34. Carnaval Carioca (21 de setembro de 2017). «Leão de Nova Iguaçu apresentou seu novo casal: William e Priscila». Consultado em 11 de novembro de 2018 
  35. a b c d e f g h i j k l m Academia do Samba. «GRES Leão de Nova Iguaçu». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  36. Academia do Samba. «1987». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  37. Academia do Samba. «1988». Consultado em 25 de maio de 2013 
  38. Academia do Samba. «1989». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  39. Academia do Samba. «1991». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  40. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2000». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  41. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2001». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  42. Academia do Samba. «2001». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  43. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2002». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  44. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2003». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  45. «Desfile das Escolas de Samba do Grupo de Acesso A». OBatuque. Consultado em 18 de novembro de 2013. Arquivado do original em 6 de fevereiro de 2009 
  46. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2004». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  47. «Acesso A - Equilíbrio e bom nível marcam desfile». OBatuque. Consultado em 18 de novembro de 2013. Arquivado do original em 14 de junho de 2004 
  48. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2005». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  49. «Leão de Nova Iguaçu - CARNAVAL 2005». AESCRJ. Consultado em 16 de novembro de 2013. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2009 
  50. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2006». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  51. «Leão de Nova Iguaçu - CARNAVAL 2006». AESCRJ. Consultado em 16 de novembro de 2013. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2009 
  52. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2007». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  53. «Leão de Nova Iguaçu - CARNAVAL 2007». AESCRJ. Consultado em 16 de novembro de 2013. Arquivado do original em 20 de novembro de 2008 
  54. «Leão de Nova Iguaçu - CARNAVAL 2008». AESCRJ. Consultado em 16 de novembro de 2013. Arquivado do original em 20 de agosto de 2008 
  55. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2009». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  56. Esquina do Samba (10 de março de 2011). «DESFILE DA LEÃO DE NOVA IGUAÇU 2011». 12:11. Consultado em 16 de novembro de 2013 
  57. Academia do Samba. «Leão de Nova Iguaçu 2013». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  58. Prefeitura do Rio de Janeiro. «Rio Guia Oficial - Carnaval 2014» (PDF). p. 56. Consultado em 25 de abril de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 25 de abril de 2014 
  59. http://www.radioarquibancada.com.br/site/apuracao-do-grupo-b-ao-vivo/
  60. «Leão». Apoteose.com. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  61. «Leão 2019». Apoteose.com. Consultado em 19 de janeiro de 2019 
  62. «Leão 2020». Galeria do Samba. Consultado em 13 de fevereiro de 2020 
  63. Academia do Samba. «S@mba-Net 2001». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  64. Academia do Samba. «S@mba-Net 2003». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  65. Academia do Samba. «S@mba-Net 2004». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  66. «Troféu Jorge Lafond 2004». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 14 de junho de 2016 
  67. «Troféu Jorge Lafond 2010». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 27 de junho de 2016 
  68. Rota do Samba (12 de maio de 2012). «Prêmio Elite do Samba Carnaval 2012, confira a nova data da entrega!». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  69. Papo de Samba (5 de maio de 2013). «Entrega do Prêmio Elite do Samba será no dia 5 de maio». Consultado em 16 de novembro de 2013 [ligação inativa]
  70. Oscar do Samba. «Relação dos premiados do Oscar do Samba 2013:». Consultado em 16 de julho de 2013. Arquivado do original em 16 de julho de 2013 
  71. Oscar do Samba (16 de abril de 2013). «Prêmio Samba na Veia realiza sua 1ª edição dia 30 de abril». Consultado em 16 de julho de 2013 [ligação inativa]
  72. Rodney Figueiredo (9 de março de 2014). «Elite do Samba divulga a relação de premiados da 5ª edição – Carnaval 2014». Consultado em 10 de março de 2014 
  73. «Prêmio Elite do Samba chega a sua sexta edição com festa neste domingo». SRZD | Sidney Rezende. Consultado em 10 de abril de 2016 
  74. «Cubango promeve 12ª edição do Troféu Jorge Lafond dia 25 de abril. Confira os premiados». Carnavalesco. Consultado em 28 de junho de 2016 
  75. «Prêmio Plumas & Paetês Cultural será entregue sábado na Cidade do Samba». Carnavalesco. Consultado em 13 de junho de 2016 
  76. «Festa de entrega do S@mba-Net será em 21 de maio na quadra da Unidos da Tijuca». Carnavalesco. Consultado em 20 de maio de 2016 
  77. «SÁBADO: SambaSul transmite AO VIVO a entrega do 18º Prêmio S@mba-Net». www.sambasul.com. Consultado em 20 de maio de 2016 
  78. «Primeira edição do 'Troféu Sambista' agita a Zona Norte com entrega de 34 prêmios». SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 8 de junho de 2016 
  79. «1ª edição do Troféu Sambista será neste sábado no River Futebol Clube». CARNAVAL CARIOCA - O melhor carnaval do mundo - Ano 7. Consultado em 8 de junho de 2016 

Notas

  1. A fonte Galeria do Samba aponta os compositores como sendo Marcelo Henrique e André Júnior