Redenção do Gurgueia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Redenção do Gurgueia
"Raposa"

"Redenção"

Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 5 de dezembro
Fundação 5 de dezembro de 1962 (54 anos)
Gentílico redenção-gurgueiano(a) ou redencense
CEP 64.915-000
Prefeito(a) Dr. Macaxeira (Ângelo José Sena Santos) (PHS)
(2017–2020)
Localização
Localização de Redenção do Gurgueia
Localização de Redenção do Gurgueia no Piauí
Redenção do Gurgueia está localizado em: Brasil
Redenção do Gurgueia
Localização de Redenção do Gurgueia no Brasil
09° 29' 13" S 44° 35' 09" O09° 29' 13" S 44° 35' 09" O
Unidade federativa  Piauí
Mesorregião Sudoeste Piauiense IBGE/2008 [1]
Microrregião Alto Médio Gurgueia IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Bom Jesus (N), Curimatá (S), Bom Jesus e Morro Cabeça no Tempo (L), Bom Jesus, Monte Alegre do Piauí e Riacho Frio (O)
Distância até a capital 662 km
Características geográficas
Área 2 468,006 km² [2]
População 8 618 hab. IBGE/2016 (Estimativa)
Densidade 3,49 hab./km²
Altitude 292 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,589 baixo PNUD/2010
PIB R$ 25 879,937 mil IBGE/2008[3]
PIB per capita R$ 3 044,70 IBGE/2008[3]
Página oficial

Redenção do Gurgueia[nota 1] é um município brasileiro do Estado do Piauí, criado pela Lei Estadual n.º 2.354, de 5 de dezembro de 1962 (do Piauí), e instalado no dia 26 de dezembro do mesmo ano.

Localiza-se a uma latitude 09º29'12" sul e a uma longitude 44º35'11" oeste, estando a uma altitude de 292 metros. Sua população, de acordo com estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o ano de 2016, era de 8.618 habitantes. Possui uma área de 2.468 km². Sua vegetação é de Cerrado e Caatinga.

É um dos 87 (oitenta e sete) Municípios do Sul do Estado do Piauí que podem integrar o pretendido Estado do Gurgueia, proposta de novo ente federativo com base na emancipação da região Sul piauiense do restante do Piauí.

História[editar | editar código-fonte]

Redenção do Gurgueia recebeu status de Município pela Lei Estadual nº 2.354, de 5 de dezembro de 1962 (do Piauí), com território desmembrado de Bom Jesus[4] e de Monte Alegre do Piauí.

Bairros e Povoados[editar | editar código-fonte]

Bairros: Centro, Planaltina, Santo Antônio, Giocunda (popularmente chamado Queiroz), Raposa Velha, Nonato Borges.

Povoados: Angical, Almécegas, Altamira, Barro Branco, Barro Vermelho, Belo Ar, Barracão, Brejinho, Brejão, Estiva, Estreito, Palestina, Pedrinhas, Feirinha, Lourenço, São José, Volta, Pequi, Varzea, Alto, São Pedro, São Félix, São José, Brejão, etc.

Política[editar | editar código-fonte]

Lista de Prefeitos e Vice-Prefeitos[editar | editar código-fonte]

-Interventor Coronel Joaquim Ferreira (UDN) - Obs.: Não teve Vice em razão de ter sido Prefeito nomeado pelo Governador do Estado do Piauí, o Sr. Tibério Nunes (UDN). Ele administrou o município por um ano com o objetivo de promover as primeiras eleições municipais da história de Redenção;

- 1º: Zé Darí (José Dário dos Santos) - Prefeito (UDN) / Vice: Hamilton Nogueira (UDN) - Obs.: Foi o primeiro prefeito eleito de Redenção do Gurgueia;

- 2 º: Hamilton Nogueira - Prefeito (ARENA) / Vice: Cândido Lago (ARENA);

- 3 º: Zé Darí (José Dário dos Santos) - Prefeito (ARENA) / Vice: Luiz Fonseca (ARENA);

- 4º: Minzin (José Soares) - Prefeito (ARENA) / Vice: João Lemos (ARENA);

- 5º: Antístenes Fernandes - Prefeito (ARENA) / Vice: Manoel Soares (ARENA);

- 6º: Moaci da Rocha - Prefeito (PDS) / Vice: Valmir Nogueira (PDS) - Gestão 1983/1988;

- 7º: Joaquim Fonseca - Prefeito (PMDB) / Vice: Eunice Macedo (PMDB) - Gestão 1989/1992 (Obs.: O Prefeito administrou o Município entre 1º de janeiro de 1989 e 9 de abril de 1991, data do seu assassinato);

- 8º: Eunice Macedo (PMDB) - Gestão 1991/1992 (Obs.: Ex-Vice-Prefeita, tendo assumido o mandato de Prefeita em razão da morte do titular, o Sr. Joaquim Fonseca);

- 9º: Moaci da Rocha - Prefeito (PFL) / Vice: Paulino Pereira (PFL) - Gestão 1993/1996;

- 10º: Elita Tavares - Prefeita (PSDB) / Vice: José Filho de Sousa (PSDB) - Gestão 1997/2000;

- 11º: Onário Guimarães - Prefeito (PSDB/PTB) / Vice: Edivam Guerra (PPB) - Gestão 2001/2004;

- 12º: Moaci da Rocha - Prefeito (PFL) / Vice: Julimar Borges (PSB/PTB) - Gestão 2005/2008;

- 13º: Moaci da Rocha - Prefeito (DEM) / Vice: Julimar Borges (PTB) - Gestão 2009/2012;

- 14º: Delano Parente - Prefeito (PSB/PP) / Vice: José Carlos Ferreira (PV) - Gestão 2013/2016

- 15°: Junivaldo Pereira - Prefeito (PSB) - Gestão 2013/2016;

- 16°: José Carlos Ferreira - Prefeito (PV) - Gestão 2013/2016;

- 17°: Ângelo José Sena Santos - Prefeito (PHS) / Vice: Arlei Borges (PTB) - Gestão 2017/2020;

- Obs.: No dia 6 de outubro de 2014 houve a cassação dos mantados do prefeito Delano Parente (PSB) e do seu vice prefeito José Carlos (PV) por decisão (sentença) da Justiça Eleitoral no Piauí (via Juízo de Direito da 15ª Zona Eleitoral), fato que fez com que o então presidente da Câmara Municipal, o vereador Juca do Barracão (Junivaldo Pereira da Silva), do PSB, assumisse o cargo de prefeito municipal e a Prefeitura Municipal de Redenção do Gurgueia, como 15º prefeito, no dia 10 e outubro de 2014, até a realização de novo pleito eleitoral, dentro de um prazo de 40 a 60 dias, como determinou a Justiça Eleitoral, para a escolha de novos prefeito e vice prefeito de Redenção do Gurgueia.

Administrações Municipais[editar | editar código-fonte]

Nomeado:

- Coronel Joaquim Ferreira;

Eleitos pelo voto popular:

-José Dário dos Santos (Zé Darí) - primeiro prefeito eleito - Hamilton Nogueira; - José Dário dos Santos (Zé Darí); - José Soares (Minzin); - Antístenes Fernandes; - Moaci da Rocha; - Joaquim Fonseca; - Eunice de Castro (era Vice Prefeita e assumiu o mandato de Prefeita com a morte do titular Joaquim Fonseca); - Moaci da Rocha (2º mandato); - Elita Tavares; - Onário Guimarães; - Moaci da Rocha (3º mandato); - Moaci da Rocha (4º mandato); - Delano Parente; - Dr. Macaxeira...

Em razão de cassação dos mandatos do titular e do vice pela Justiça Eleitoral:

- Juca do Barracão (Junivaldo Pereira da Silva), então presidente da Câmara Municipal de Redenção do Gurgueia.

Em razão de prisão e afastamento do titular pela Justiça Estadual do Piauí:

- José Carlos Ferreira Folha, então vice-prefeito do Município de Redenção do Gurgueia.

Notas e referências

Notas

  1. Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo é grafado como "Redenção do Gurgueia", e não mais "Redenção do Gurguéia", como ocorria anteriormente.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Redenção do Gurguéia Piauí - PI Histórico». IBGE. Consultado em 9 de abril de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.